380 Move Metrópole | Sempre em movimento!: Dezembro 2014

Obras de modernização alteram circulação nas linhas da CPTM no próximo domingo (4)

Neste domingo, 4 de janeiro, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] prosseguirá com as obras de modernização em algumas das suas linhas. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Domingo: das 6h às 15h, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente no trecho entre as estações Jaraguá e Vila Aurora. O intervalo médio será de 12 minutos entre as estações Luz e Pirituba, e de 24 minutos entre as estações Pirituba e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Domingo: das 4h até a meia-noite, os trabalhos serão realizados no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. Das 9h às 19h, também ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações entre Osasco e Comandante Sampaio. O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú]

Domingo: das 9h às 19h, estão programados serviços nos equipamentos de via permanente, entre as estações Osasco e Presidente Altino. Para prosseguir viagem, os usuários deverão fazer transferência para a Linha 8-Diamante, nas estações Presidente Altino ou Osasco.

Linha 10-Turquesa [Brás - Rio Grande da Serra]

Domingo: das 8h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente na região da Estação Mauá. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral/Extensão [Guaianazes - Estudantes]

Domingo: das 4h até a meia-noite, haverá obras no sistema de rede aérea no trecho entre Jundiapeba e Mogi das Cruzes. O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Guaianazes e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás - Calmon Viana]

Domingo: das 4h às 16h, a circulação ficará interrompida em toda a linha. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão. A opção para os usuários no trecho entre as estações Brás e Tatuapé serão os trens do Expresso Leste. Haverá ônibus de conexão, nas seguintes estações:

Tatuapé a Itaim Paulista: ônibus com paradas para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista.

Itaim Paulista a Poá: ônibus com paradas para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré.

As senhas para utilização dos ônibus de conexão deverão ser retiradas nas estações. 

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Movimento Passe Livre faz protesto contra aumento da tarifa


Após o anúncio do aumento da tarifa de ônibus para R$ 3,50, o Movimento Passe Livre organiza um novo protesto no dia 9 de janeiro em frente ao Teatro Municipal. O "1º Grande Ato contra a tarifa" já tem evento no Facebook.

"Cada vez que a tarifa sobe, aumenta o número de pessoas excluídas do transporte coletivo. Com menos gente circulando, novos aumentos serão necessários, numa espiral que diminui cada vez mais o direito à cidade da população" diz o comunicado do movimento na página da rede social.

A tarifa de ônibus em São Paulo estava congelada desde 2011, e em 2013 após a prefeitura aumentar o valor em 20 centavos, uma série de protestos tomaram as ruas da cidade, que acabaram por desencadear uma onda de manifestações por diversos motivos. Na época, Estado e Prefeitura revogaram o aumento.

A administração do prefeito Fernando Haddad por sua vez diz que não tem como manter a tarifa congelada, e que já subsidia parte do valor. Em 2015 será na ordem de R$ 1,4 bilhão.




Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM promete obras da Estação União de Vila Nova em 2015

A gerência da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, a CPTM, promete iniciar as obras em 2015 na nova estação na Linha 12-Safira: A União de Vila Nova. A abertura da parada já teve o prazo postergado algumas vezes, e fica entre as estações Comendador Ermelino e São Miguel Paulista.

A informação foi passada pela assessoria da empresa em reportagem do jornal “O Estado de São Paulo“, que tratava da entrega de estações do sistema metroferroviário para 2015.

De acordo com o texto, as duas paradas em funcionamento da Linha 15-Prata (Vila Prudente e Oratório) passarão a funcionar integralmente no ano que vem. Também em 2015 começam as perfurações da Linha 6-Laranja (entre a Vila Brasilândia, na zona norte, e São Joaquim, na região central) e a obra da extensão da Linha 2-Verde, entre a Vila Prudente e a Dutra, em Guarulhos.

Também é prometido o início das obras do monotrilho da Linha 18-Bronze, entre São Paulo e São Bernardo do Campo

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Haddad crê que não irá entregar os 150 km de corredores até 2016

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo publicada nesta quarta, 25, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, já admite a possibilidade de não entregar os 150 km de corredores prometidos durante sua campanha eleitoral até o fim de sua gestão.

“O que posso assegurar é que vamos estar com 150 km de corredores em obras no ano que vem. Mas quantos quilômetros estarão 100% entregues? Essa é uma pergunta que o ritmo da obra vai ditar”, disse o prefeito, ao ser questionado sobre a estimativa de que essas obras devam demorar dois anos e meio. Até agora, só 36 km dos 150 km previstos foram iniciados.

Haddad credita as dificuldades ao não aumento da tarifa do ônibus em 2013 e ao não reajuste do IPTU este ano, o que dificultou as finanças da Prefeitura.

“Tivemos que suspender obras do PAC porque não tínhamos contrapartida. As desapropriações de terrenos nós tivemos que segurar, porque não tinha recurso para pagar as desapropriações para vários equipamentos públicos”, afirmou.

Sobre a tarifa do ônibus, Haddad diz: “Estamos processando o manancial de informações que nos foram entregues [pela auditoria contratada], discutindo cenários, considerando hipóteses, estudando a questão do estudante pormenorizadamente [há possibilidade de tarifa zero para alunos de baixa renda]”.

Já no quesito trânsito, Hadadd diz que não está proibindo ninguém de comprar carro, mas o que ele quer é oferecer uma alternativa para que a cidade funcione melhor, como as faixas exclusivas.

Ciclovias e Faixas de ônibus: “O que a administração não pode fazer é não oferecer uma alternativa para quem não quer ficar no trânsito. Então, as faixas de ônibus e as ciclovias são dever da administração, segundo legislação federal. Quantos vão migrar? Isso é uma questão relevante, mas, do ponto de vista jurídico e conceitual, o que se impõe é que tenho que oferecer alternativa. Nós gastávamos bilhões para fazer faixas de rolamento, viaduto e túnel na cidade. Será que foi uma boa opção de investimento?”.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Haddad anuncia passe livre para estudantes e tarifa de ônibus a R$ 3,50

Câmara municipal teria sido comunicada da mudança nesta sexta-feira. Tarifa de ônibus vai ser reajustada a partir de 6 de janeiro, diz Prefeitura.

Atualizado 27/12/14, as 15h14

A Prefeitura de São Paulo informou, por meio de nota à imprensa, nesta sexta-feira (26), que vai instituir o passe livre para estudantes de escolas públicas e para universitários do Prouni, Fies e cotistas e que a tarifa de ônibus vai ser reajustada de R$ 3,00 para R$ 3,50 a partir de 6 de janeiro.

Já as tarifas do bilhete único nas modalidades mensal, semanal e diário (validade de 24 horas) permanecerão congeladas. O valor do bilhete único integrado com o Metrô e os trens da CPTM será de R$ 5,45. Com os subsídios, incluindo o passe livre para os estudantes, o reajuste médio de tarifas ficou em 7,92%.

O prefeito Fernando Haddad (PT) anunciou, por meio de sua conta no twitter, que a tarifa zero foi comunicada na tarde desta sexta-feira à Câmara Municipal, como determina a Lei Orgânica do Município. A íntegra do comunicado de Haddad é a seguinte: "Acabo de comunicar à Câmara Municipal instituição do Passe Livre para estudante de escola pública e universitários do Prouni, Fies e cotas".

Segundo levantamento feito pela Prefeitura, apenas 8% dos usuários de ônibus na cidade pagariam a tarifa reajustada para R$ 3,50. Estudantes de escolas privadas do ciclo básico ou superiores que não sejam atendidos por programas sociais do governo federal continuam tendo 50% de desconto na tarifa, como estaebelece legislação federal. Idosos com mais de 60 anos estão isentos, informou o comunicado da Prefeitura.

Ao menos 505 mil estudantes, sendo aproximadamente 360 mil da rede pública e 145 mil na rede particular de ensino, mas de baixa renda, incluindo os que fazem cursos no nível superior, serão beneficiados pela tarifa zero, estima a Prefeitura.

Os valores das tarifas de ônibus estão congeladas há 4 anos. Em 2013, os governos estadual e municipal anunciaram um reajuste conjunto das passagens de ônibus, trem e Metrô para R$ 3,20. O aumento das tarifas foi o estopim para uma série de manifestações de estudantes e outros movimentos sociais pedindo a instituição do passe livre na capital. Várias destas manifestações terminaram em depredações dos patrimônios público e privado e em confrontos com policiais militares.

No comunicado à Câmara, a Secretaria Municipal de Transportes informou "ainda que o Governo do Estado se compromete a aplicar os mesmos reajustes nos trens do Metrô e da CPTM, além de manter a mesma tarifa nos bilhetes únicos temporais de integração".

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmou durante evento na manhã desta sexta-feira que haverá aumento no valor das tarifas de trens e metrô em 2015. Ele, no entanto, não divulgou quanto irá custar a tarifa para o próximo ano.

Na sexta-feira passada (19), a Câmara Municipal de São Paulo já havia aprovado o projeto de lei que autoriza a isenção da tarifa para estudantes carentes nos ônibus municipais.

O projeto da tarifa zero, de autoria do prefeito Fernando Haddad ainda não tem data para entrar em vigor. E as regras serão definidas pelo Executivo na regulamentação da lei.

A tarifa zero entrou na pauta das reivindicações dos protestos de junho do ano passado, assim que foi anunciado o aumento das passagens para R$ 3,20. Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas. Os atos pararam avenidas e registraram vandalismo e prisões.

O texto foi aprovado por 36 votos favoráveis, 1 contrário e três abstenções. O projeto também autoriza outras medidas para o transporte público, como que as empresas de ônibus dispensem os cobradores.
Segundo o líder do governo, Arselino Tatto (PT), os cobradores não serão demitidos, serão realocados e requalificados para outros cargos.

“Não haverá desemprego com relação aos cobradores, porque este projeto permite que as empresas requalifiquem estes trabalhadores e que eles sejam reaproveitados em outras funções. Outro objetivo do prefeito é rever a questão da tarifa no transporte para estudantes de baixa renda. É uma injustiça que estes estudantes tenham que pagar para ir à escola ou à faculdade”, disse Arselino Tatto.

O único parlamentar a votar contra o projeto, o vereador Abou Anni (PV), acredita que a medida acarretará na demissão em massa dos cobradores de ônibus na cidade. “Quase meia-noite e foi apresentado aqui um substitutivo eliminando quase 24 mil cobradores do transporte coletivo da cidade. É um absurdo que a Câmara faça uma votação dessa forma, autorizar a demissão destes profissionais”, disse o parlamentar.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras alteram circulação nas linhas da CPTM neste fim de semana

Neste final de semana, 27 e 28 de dezembro, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Sábado: das 21h00 às 23h59, os trens circulam com maior intervalo, entre as Estações Pirituba e Francisco Morato para a realização de serviços programados de manutenção.

Domingo: das 04h00 às 06h00, os trens circulam com maior intervalo, entre as Estações Pirituba e Francisco Morato para a realização de serviços programados de manutenção.
 
Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Sábado: das 23h30 às 23h59, os trens circulam com maior intervalo, entre as Estações Júlio Prestes e Itapevi para a realização de serviços programados de manutenção.
 
Linha 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú]

Domingo: das 04h00 às 23h59, a circulação fica interrompida, entre as Estações Osasco e Presidente Altino da para a realização de serviços programados de manutenção.

Linha 10-Turquesa [Brás-Rio Grande da Serra]

Domingo: das 08h00 às 17h00, os trens circulam com maior intervalo, entre as Estações Mauá e Rio Grande para a realização de serviços programados de manutenção.

Linha 12-Safira [Brás - Calmon Viana]

Domingo: das 04h00 às 23h59, a circulação fica interrompida, entre as Estações Brás e Calmon Viana para a realização de serviços programados de obras de modernização. Haverá conexão com ônibus PAESE, nos seguintes trechos:

Itaim Paulista - São Miguel Paulista - Tatuapé: Para prosseguir viagem, utilize a Linha 11 - Coral ou a Linha 3 - Vermelha do Metrô.
Itaim Paulista - Itaquaquecetuba - Poá: Para prosseguir viagem, utilize a Linha 11 - Coral.

As senhas deverão ser retiradas nos mezaninos das estações citadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800- 0550121.

Fonte: CPTM
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin anuncia Clodoaldo Pelissioni como novo secretário de Transportes Metropolitanos

O governador Geraldo Alckmin anuncia nesta terça-feira (23) a ida do atual secretário de Logística e Transporte, Clodoaldo Pelissioni, para a Secretaria dos Transportes Metropolitanos.

A pasta é responsável pelo Metrô e pela CPTM, a companhia de trens do Estado. Ele assume o lugar de Jurandir Fernandes, que já havia comunicado ao governador sua intenção de não permanecer no cargo.
Alckmin estava insatisfeito com o ritmo lento de execução de obras da pasta. O tucano chegará ao fim do mandato sem ter cumprido as promessas feitas em 2010 para a área.

Alckmin costuma dizer que, apesar de os 30 km prometidos não terem sido entregues, há 103 km em obras de expansão de transportes sobre trilhos.

Foi também na atual gestão que veio à tona a existência do cartel que atuou em licitações do Metrô e da CPTM.

Então superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem, Pelissioni assumiu seu cargo atual neste ano, quando Saulo de Castro, então secretário, foi nomeado para a Casa Civil de Alckmin.

Fonte: Uol

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM vai operar na madrugada do Réveillon


Na madrugada da virada do ano, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] irá prolongar e alterar a circulação de trens para atender aos usuários que vão participar da festa na Avenida Paulista.

As estações das linhas 7-Rubi [Luz-Francisco Morato], 8-Diamante [Júlio Prestes-Itapevi], 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú], 10-Turquesa [Luz-Rio Grande da Serra], 11-Coral [Luz-Estudantes] e 12-Safira [Brás-Calmon Viana] estarão abertas para embarque e desembarque até 1h00 do dia 1º de janeiro.

Após a 1h00, somente as estações Brás, Tatuapé, Corinthians Itaquera, Luz, Pinheiros, Santo Amaro, Palmeiras/Barra Funda e Tamanduateí, que fazem integração gratuita com o metrô, estarão abertas para a transferência dos usuários e para o desembarque. Nesse período, o intervalo entre as composições será de 15 minutos. As demais estações do sistema continuarão funcionando na madrugada só para desembarque de usuários.

Fonte: CPTM
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Monotrilho da Linha 15-Prata passa a operar em dias da semana

Conforme anunciado pelo Governo do Estado, o Monotrilho da Linha 15-Prata terá ampliação nos dias de operação. De acordo com a assessoria do Metrô, o trecho entre as Estações Vila Prudente e Oratório passará a funcionar todos os dias das 9h00 as 14h00 a partir desta segunda-feira (22).

Este período de testes são necessários para a validação de sistemas, já que trata-se do primeiro monotrilho operado pelo empresa, e com tecnologias novas como o driverless, com composições operadas sem condutores.

O Metrô informou ainda que continua o esquema de visita controla sem cobrança de tarifa nas duas estações que fazem parte da linha 15. De acordo com projeções do Governo Estadual, em meados de março de 2015 a linha 15 abrirá em período integral.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô fará operação diferenciada na semana do Natal

Na semana do Natal, o Metrô implantará estratégia especial de operação na circulação dos trens. Na quarta-feira (24), véspera de Natal, os usuários contarão com oferta de viagens semelhante a um sábado. Já na quinta-feira (25), feriado de Natal, a quantidade de composições em operação em todas as linhas será semelhante a utilizada num domingo. Na sexta-feira e durante o final de semana, a operação será a habitual em todo o sistema metroviário.

Circulação de trens será antecipada na segunda-feira

Na segunda-feira (29), para atender aos usuários que retornam do feriado de Natal, a abertura das estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 4-Amarela será antecipada para as quatro horas da manhã. Em todas essas linhas, foram programadas viagens extras para atender os passageiros. Apenas na Linha 5-Lilás, a operação comercial terá início no horário habitual, ou seja, a partir das 4h40.

Para uma viagem tranquila, os usuários devem evitar aglomerações nas plataformas e nos mezaninos das estações. Para evitar acidentes nas escadas rolantes, a dica é utilizar o corrimão e sempre embarcar crianças segurando-as pelas mãos. Para não ter que "encarar" filas de última hora, a recomendação é a compra antecipada das viagens de ida e volta.

Outra orientação básica para evitar surpresas desagradáveis é ficar atento aos pertences e sempre utilizar bolsas e mochilas na frente do corpo, protegidas pelo braço. Caso presencie alguma anormalidade, o usuário dispõe do serviço SMS-Denúncia para contato. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 97333-2252 para rápida atuação dos funcionários do Corpo de Segurança. O Metrô garante total anonimato do passageiro. Em caso de dúvidas no momento do embarque ou do desembarque, os usuários devem solicitar auxílio aos empregados uniformizados das estações. 

Para mais informações sobre a rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30.

Fonte: Metrô/SP
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Vereadores de SP aprovam tarifa zero em ônibus para estudantes carentes

Haddad irá definir data do início da isenção e regras para o benefício. Câmara também aprovou projeto que permite a dispensa dos cobradores.

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, na madrugada desta sexta-feira (19), o projeto de lei que autoriza a isenção da tarifa para estudantes carentes nos ônibus municipais.

O projeto da tarifa zero, de autoria do prefeito Fernando Haddad (PT), ainda não tem data para entrar em vigor. E as regras serão definidas pelo Executivo na regulamentação da lei.

A tarifa zero entrou na pauta das reivindicações dos protestos de junho do ano passado, assim que foi anunciado o aumento das passagens para R$ 3,20. Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas. Os atos pararam avenidas e registraram vandalismo e prisões.

O texto foi aprovado por 36 votos favoráveis, 1 contrário e três abstenções. O projeto também autoriza outras medidas para o transporte público, como que as empresas de ônibus dispensem os cobradores.
Segundo o líder do governo, Arselino Tatto (PT), os cobradores não serão demitidos, serão realocados e requalificados para outros cargos.

“Não haverá desemprego com relação aos cobradores, porque este projeto permite que as empresas requalifiquem estes trabalhadores e que eles sejam reaproveitados em outras funções. Outro objetivo do prefeito é rever a questão da tarifa no transporte para estudantes de baixa renda. É uma injustiça que estes estudantes tenham que pagar para ir à escola ou à faculdade”, disse Arselino Tatto.

O único parlamentar a votar contra o projeto, o vereador Abou Anni (PV), acredita que a medida acarretará na demissão em massa dos cobradores de ônibus na cidade. “Quase meia-noite e foi apresentado aqui um substitutivo eliminando quase 24 mil cobradores do transporte coletivo da cidade. É um absurdo que a Câmara faça uma votação dessa forma, autorizar a demissão destes profissionais”, disse o parlamentar.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Auditoria aponta falha na fiscalização da SPTrans

Reportagem do Jornalista Adamo Bazani da Rádio CBN e Blog Ponto de Ônibus teve acesso na íntegra do relatório final feito pela auditoria da empresa Ernest & Young, que analisou as contas e aspectos técnicos dos transportes na capital paulista.

De acordo com a reportagem, a fiscalização da SPTrans é falha e possibilita que os consórcios e cooperativas não sejam punidas em casos de erros, muitos deles graves, e não permite a melhoria dos transportes na cidade. Segundo o relatório aponta, um dos grandes problemas é a burocracia para que uma prestadora de serviços seja penalizada.

A exemplo, existe grandes diferenças entre as irregularidades apontadas pela Superintendência de Engenharia Veicular da SPTrans e o que é registrado pelo sistema de sanções da empresa municipal gerenciadora. O relatório apontou que das 43 garagens da capital paulista, onze delas não eram seguidas as normas de qualidade e respeito ao meio ambiente. No entanto apenas três foram multadas.

A reportagem ouviu ainda o doutor em Planejamento em Transportes e Logística da Fundação Dom Cabral, Paulo Resende, que constatou que a burocracia só ajuda quem presta maus serviços. Na ótica do doutor além da burocracia, há critérios que precisam ser mudados, como a forma de fiscalizar, segundo o relatório.
Por exemplo, as empresas obedecem a quantidade de ônibus acessíveis estipulada pelo contrato. Mas a SPTrans não tem controle total para saber se estes veículos são colocados corretamente nas linhas. Pode haver itinerários sem nenhum ônibus acessível, de acordo com o relatório.

Atualmente, 843 ônibus estão com idade acima do permitido. Não há um cronograma claro e um tipo de fiscalização que, com antecedência, programe a data para estes ônibus serem tirados de circulação.

Ouça o áudio na íntegra do repórter:

O relatório completo pode ser conferido aqui

Fonte: Via Trolebus / Blog Ponto de Ônibus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Região do ABC receberá posto de atendimento do Metrô

A região receberá nos próximos meses posto de atendimento do Metrô, cujo o objetivo é prestar esclarecimentos sobre os impactos da viabilização da Linha 18-Bronze, que ligará o Grande ABC ao sistema metroviário da Capital, por meio do monotrilho.

A ação foi acordada ontem, durante encontro do presidente da concessionária responsável pela linha, Nicomedes de Oliveira Mafra Neto, com o deputado estadual Orlando Morando (PSDB), que é integrante da Comissão de Transportes e Comunicações na Assembleia Legislativa. “Procurei o presidente, pois identifiquei falha de comunicação em relação ao projeto, principalmente sobre localidades que precisarão ser desapropriadas”, comentou o tucano.

“A chegada do Metrô à região é grande conquista, mas a sua implantação deve ser feita com total transparência e sem gerar transtornos à população. Pude sugerir e eles entenderam a necessidade”, complementou Morando.

No encontro, ainda foram firmadas a viabilização de um site e criação de vários materiais de divulgação.
A concessionária do monotrilho da Linha 18-Bronze é formado pelas empresas Primav, Encalso, Cowan e Benito Roggio Transportes. Recentemente foi criado o nome fantasia do grupo, que será “Vem ABC – Vidas em Movimento”.

Em agosto, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou contrato de PPP (Parceria Público-Privada) para construção da Linha 18-Bronze (Tamanduateí-Djalma Dutra) do Metrô, que ligará a Capital a São Bernardo, passando por São Caetano e Santo André. Com 15,7 quilômetros de extensão, é o primeiro ramal metroviário expandido para fora de São Paulo.

A obra custará R$ 4,26 bilhões, sendo R$ 1,92 bilhão de responsabilidade do poder público (repartido entre Estado e União), R$ 1,92 bilhão da iniciativa privada e R$ 407 milhões para as desapropriações, que serão destinados pelo Palácio dos Bandeirantes.

Fonte: Diário do Grande ABC

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linha de ônibus alternativa ao Metrô tem aumento de 239% na demanda

Desde que foi criada, a Linha 4310-10 E.T. Itaquera – Terminal Pq Dom Pedro II tem atraído usuários da Linha 3-Vermelha do Metrô, e o número de passageiros que optam pela ligação sobre pneus não para de crescer. 
 
Segundo reportagem do Metro Jornal a linha tem uma média de 44,7 mil passageiros transportados por dia. A quantidade é mais do que o triplo (239%), do que os 13,2 mil registrados em setembro do ano passado.
Nos horários de pico, a linha opera com ônibus saindo a cada três minutos. Nas extremidades o pagamento da tarifa é feito no pré-embarque, o que agiliza a saída dos ônibus. O trajeto leva, em média, 40 minutos, bem competitivo com a linha 3-vermelha do Metrô.

A reportagem ouviu a superintendente de serviços da SPTrans, Rosilda Domingues, que aponta que além da superlotação do metrô, a reestruturação de linhas também colaborou com o aumento na demanda. “Fizemos uma mudança no conceito dessa linha. Dessa forma, conseguimos atender a demanda de passageiros do metrô” diz Rosilda. O eixo Itaquera-Centro é dotado de faixa exclusiva de ônibus, que colaborou para o aumento na velocidade dos coletivos.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin quer acelerar obras com criação de secretaria

Foto: A2 Fotografia / Guilherme Lara Campos

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta segunda-feira, 15, a criação de uma nova secretaria intitulada “Secretaria de Governo” e nomeou Saulo de Castro para o cargo já a partir de janeiro de 2015. A nova pasta, que contará com as sub-secretarias Ações Estratégicas e Parcerias e Inovações, tem como foco acompanhar os projetos estratégicos do governo.

“Estamos anunciando mais um secretário do Estado e a criação da Secretaria de Governo. Para não aumentar o número de secretarias vamos extinguir a Secretaria de Gestão, que passa parte de suas atribuições para Secretaria de Planejamento e também para Secretaria de Governo. Um novo momento para ter ainda mais eficiência no cumprimento das políticas públicas”, afirmou. Segundo o Governador, a medida é para acelerar a entrega de obras. 

A respeito de obras atrasadas, principalmente na área de transportes, Saulo de Castro disse que pra tudo existe uma explicação, e que vai rever projetos de mobilidade que estão a cargo da secretaria de transportes metropolitanos, pasta que concentra o maior número de investimentos.

Saulo de Castro foi Corregedor Geral da Administração do Governo do Estado de São Paulo (1995-2000), presidente da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem), atual Fundação Casa (2001), secretário da Segurança Pública (2002-2006) e secretário de Logística e Transportes (2011-2014). Em 2014, foi nomeado secretário-chefe da Casa Civil.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Haddad estuda aumentar passagem para pagamento em dinheiro e tarifa zero para estudante de baixa renda

De acordo com artigo publicado hoje no jornal “O Estado de São Paulo“, a Prefeitura estuda adotar 3 tipos de tarifa de ônibus na capital paulista: tarifa zero para estudantes de baixa renda, manter os atuais R$ 3 para quem utilize o Bilhete Único e aumentar a tarifa para quem paga a condução com dinheiro em espécie.

Esta decisão começaria a valer a partir de janeiro mas ainda não está definida pelo prefeito Fernanda Haddad.

Estas e outras propostas começaram a ser estudadas depois do resultado da auditoria feita pela Ernst&Young sobre o transporte público gerenciado pela Prefeitura.

Quanto ao Governo do Estado, o secretário dos transportes metropolitanos Jurandir Fernandes disse em entrevista nesta segunda, 15, que o governador Geraldo Alckmin não lhe requisitou nada sobre aumento de tarifas até o momento.

Das 90 milhões de viagens feitas por dia na capital, apenas 8% são pagas em dinheiro e o estudantes equivalem a 6%. Nestes 6% estão todos os estudantes, não só os de baixa renda.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Estações da CPTM serão palcos para apresentações natalinas

Seguindo a agenda musical de natal, os corais Nova Aliança e Coral das Mamães Coreanas se apresentaram nas estações Brás e Luz. Com cerca de oitenta vozes, o Nova Aliança cantará suas melodias no Espaço Cultural da Estação Brás, neste sábado [13/12], a partir das 11h. Já na segunda-feira [15/12], as Mães Coreanas farão apresentação às 15h, no saguão principal da Estação Luz.

Os espetáculos fazem parte do projeto Cantata de Natal CPTM, que durante o mês de dezembro promoverá apresentações musicais em diversas estações.

O evento integra o projeto "Música na CPTM", lançado em 2008 para promover espetáculos nos espaços internos das estações da CPTM e estreitar a relação da companhia com os seus usuários. A iniciativa visa também incentivar a prática da cidadania ao promover a valorização do patrimônio público.

Serviço

Cantata de Natal

Coral Nova Aliança
Data: 13/12, sábado
Hora: das 11h às 12h
Local: Estação Brás - Espaço Cultural

Coral das Mamães Coreanas
Data: 15/12
Hora: das 15h às 16h
Local: Estação Luz - saguão do piano

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governador Alckmin entrega Terminal Vila Galvão do Corredor Guarulhos – São Paulo

Duas linhas intermunicipais e nove municipais atenderão no novo Terminal

O governador Geraldo Alckmin entregou oficialmente nesta sexta-feira, 12, para operação o Terminal Vila Galvão, planejado para se tornar um importante centro logístico de distribuição de linhas metropolitanas e municipais entre Guarulhos e a zona norte de São Paulo. O terminal foi construído pela EMTU/SP, empresa da Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos.

A princípio, duas linhas intermunicipais e nove municipais passarão por suas quatro plataformas, onde circularão 10 mil usuários/dia. Essa demanda se intensificará quando estiver completada a ligação de Vila Galvão com o Terminal Tucuruvi do Metrô, em São Paulo, em processo de licenciamento. O início da operação está previsto para segunda-feira (15/12), quando começarão a circular as linhas metropolitanas que vão operar no novo Terminal: 500 GUARULHOS (VILA GALVÃO)/ SÃO PAULO (TERMINAL RODOVIÁRIO TIETÊ) e 802 GUARULHOS (TERMINAL METROPOLITANO TABOÃO)/ SÃO PAULO (METRÔ TUCURUVI). As linhas municipais começarão a operar gradativamente a partir de 15/12.

O Terminal Metropolitano Vila Galvão, terceiro entregue pelo governo do Estado no Corredor Guarulhos – São Paulo, representa um investimento de R$ 8,1 milhões. O primeiro foi Taboão, inaugurado em maio de 2012; o Terminal Cecap foi entregue em setembro do mesmo ano.

Características
Localizado na Avenida 7 de Setembro, altura do nº 1920, o Terminal Vila Galvão tem área de 7.700 m2 e concepção arquitetônica moderna, estrutura metálica que propicia iluminação e ventilação à área de circulação, piso inteiramente em pavimento rígido, garantindo maior durabilidade e resistência à circulação da frota de ônibus e possibilitando menor custo com manutenção. O bicicletário tem capacidade para 74 bicicletas.

Nas quatro plataformas de embarque e desembarque há equipamentos de serviço ao usuário como bancos, lixeiras, painéis de informação e telefones, além de itens de acessibilidade como sinalização tátil de alerta, rampas, corrimãos e plataforma elevada. O prédio reservado à área administrativa e operacional dispõe de guarita, bilheteria, banheiros públicos adaptados para pessoas com deficiência e infraestrutura para instalação de quiosques. Para evitar alagamento, foram instalados tanques de retenção de águas pluviais.

O projeto do Terminal Vila Galvão também se preocupou com a preservação arqueológica do local. Assim, foi instalado um piso de vidro na plataforma central para visualização das fundações da antiga Empresa Cerâmica Paulista, fundada em 1913 e responsável pelo fornecimento de tijolos para importantes monumentos históricos como a Catedral da Sé, Museu do Ipiranga e Santa Casa de Misericórdia, entre outros.

Trecho Cecap-Vila Galvão
O trecho de 12,3 km de extensão (10,1km de corredores exclusivos e 2,2km compartilhados) representa um investimento de R$ 78,7 milhões e tem previsão de conclusão em março de 2015. No momento, 85% das obras estão concluídas.

Além do Terminal Vila Galvão, entregue para operação, o trecho em obras prevê 16 Estações de Embarque e Desembarque (nove delas concluídas), uma Estação de Transferência (Emílio Ribas) mais três faixas por sentido, sendo uma exclusiva para ônibus em pavimento rígido. Haverá a instalação de ciclo passeio. A previsão é de que por este trecho sejam transportados 60 mil passageiros / dia.

No trecho Taboão – Cecap, com 3,7 km de extensão, entregue em julho de 2013 e já em operação, trafegam cinco linhas metropolitanas em uso compartilhado da faixa exclusiva com o sistema municipal. A circulação é de 30 mil usuários / dia.

Fonte: EMTU

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura quer licitação internacional de Ônibus e menos lucro aos empresários

Nesta quinta-feira (11) o prefeito de São Paulo Fernando Haddad e o secretário Municipal de Transportes Jilmar Tatto deram uma prévia da conclusão da verificação independente das contas dos transportes, feita pela Ernest & Young, contratada por 4 milhões de reais. O repórter Adamo Bazani da rádio CBN e do Blog Ponto de Ônibus esteve presente e pode acompanhar o evento. De acordo com a publicação do jornalista, a prefeitura de São Paulo pretende reduzir o lucro das empresas de ônibus após a nova licitação do sistema que deve ser realizada no primeiro semestre de 2015.

Atualmente a taxa interna de retorno é em todo o sistema de 18,6%, muito próxima do proposto pela última licitação realizada em  2003 no governo da ex-prefeita Marta Suplicy, que foi de 18%. De acordo com os dados da auditoria, esta taxa de retorno é incompatível com os atuais contratos de concessão de serviços públicos em todo o país e poderia ficar em 7% aproximadamente.

Além disso, os empresários de ônibus conseguiram reduzir em 7,4% os custos operacionais, porém foram remunerados como se não tivessem estas reduções por causa do modelo dos contratos. Os empresários conseguiram reduzir os custos de diversas maneiras, como com práticas irregulares, não cumprindo viagens, por exemplo, ou com normais de mercado, como conseguindo melhores preços de insumos e combustíveis.

Licitação Internacional e fim das cooperativas
A próxima licitação deve ser internacional, sendo que três empresas de ônibus de outros países já consultaram o sistema de São Paulo, entre elas viações que operam em Hong Kong, Londres e em parte dos Estados Unidos.

Atualmente o sistema em São Paulo é concentrado nas mãos de poucos empresários, entre elas estão José Ruas Vaz, que detém metade das operações das empresas, Belarmino de Ascenção Marta e as famílias Abreu e Saraiva. A licitação também deve excluir a atuação das cooperativas, classificada por Jilmar Tatto como um modelo que já chegou ao esgotamento.

Empresários de ônibus contestam
O SPUrbanuss, sindicato que reúne as empresas, em nota contesta as afirmações dos auditores e lamenta não ser convidado para a apresentação dos resultados.

Em nota, a entidade informa que “exceto pela quebra de veículos, os demais motivos que impedem o total cumprimento das partidas são fardos que as empresas carregam, já que são autuadas pela SPTrans, sem culpa.”

Ainda na nota, o sindicato dos empresários diz que as viações são remuneradas com base no passageiro transportado. Viagem não realizada significa passageiro não transportado; passageiro não transportado é igual à perda de faturamento.
Áudio, por Adamo Bazani – Rádio CBN:


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM intensifica uso de ferramenta MicroStrategy

BI ajuda Companhia Paulista de Trens Metropolitanos a reduzir furtos em estação no centro de São Paulo

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vem colhendo frutos de uma ferramenta analítica da MicroStrategy que, por pouco, não acabou abandonada dentro das estruturas sistêmicas da organização. A tecnologia começou a operar na empresa em 2010. Contudo, devido a abordagem inicial de apenas levar painéis à diretoria adotada na época, caiu em desuso.

O projeto passou por revisão pouco mais de um ano depois da primeira experiência. “Começamos a tratar o assunto mais a sério, identificando possíveis aplicações internas e expandiu o uso”, comenta Nilson Roberto Brito dos Santos, que naquela época passou a ser responsável pela gerência de tecnologia da informação da empresa.

O novo foco consistia em trabalhar mais próximo aos usuários e trocar o parceiro de implementação. Com isso, a ferramenta ganhou corpo na operação. Hoje, a solução é utilizada em cinco grandes projetos dentro da CPTM e toca áreas como finanças, operações, presidência, recursos humanos. 

A ferramenta analítica utiliza informações gerenciais para auxiliar a empresa em suas estratégias de negócio através de relatórios detalhados das áreas de custos, segurança operacional, financeiro, coordenação de empreendimentos e saúde ocupacional.

O executivo cita uma aplicação do business intelligence (BI) na área de segurança operacional. A ferramenta dá apoio mapeando toda diversas informações que ocorrem nas linhas. Com um rápido filtro permite extrair informações precisas sobre eventuais ocorrências.

“Com o uso da ferramenta foi possível mapear modalidades de ocorrência e em quais localidades elas aconteciam com mais frequência. Com a utilização da ferramenta, identificou-se que na região do Braz haviam muitos furtos. Foi possível colocar maior monitoramento no local e os registros de furtos caíram consideravelmente”, exemplifica Santos.

Além disso, a tecnologia permite que áreas da companhia criem suas próprias análises e relatórios com informações relacionadas, por exemplo, ao prazo de entrega e data limite de projetos; à quantidade de passageiros pagantes e de passageiros transportados; ao custo contábil e depurado da tarifa por passageiros pagantes; à quantidade de viagens vendidas; ao valor arrecadado; à tarifa média; à quantidade de ocorrências por linha e por milhão de passageiros.

A CPTM possui atualmente 92 estações ativas em seis linhas, que totalizam 260,8 km na sua malha ferroviária. Este sistema faz parte da Rede Metropolitana de São Paulo. O próximo passo traçado pela companhia é levar a ferramenta para plataformas móveis.

Fonte: Computer World
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras alteram circulação em algumas linhas da CPTM neste final de semana

Neste final de semana, 13 e 14 de dezembro, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em algumas das suas linhas. Confira a programação e antecipe a sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz-Francisco Morato-Jundiaí]

Domingo: das 6h às 15h, serão realizados serviços de manutenção nos equipamentos de via permanente na região próxima à Estação Botujuru. O intervalo médio de trens será de 30 minutos.

Das 4h até o fim da operação comercial, serão realizados trabalhos no sistema de rede aérea na região próxima à Estação Pirituba. O intervalo médio de trens será de 12 minutos.

Linha 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú]

Sábado: das 21h até o fim da operação comercial, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, em razão de serviços de manutenção nos equipamentos de via permanente na região da Estação Presidente Altino. Os usuários que tiverem como destino a estação Osasco, deverão fazer a transferência para os trens da Linha 8-Diamante. O intervalo médio será 12 minutos entre Presidente Altino e Grajaú.

Domingo: das 21h30 até o fim da operação comercial, serão realizados trabalhos nos equipamentos de via permanente no trecho entre as estações Vila Olímpia e Granja Julieta. O intervalo médio entre os trens será de 20 minutos. 

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Cemitério quer mudar trajeto da Linha 17

Artigo publicado hoje pelo Estado diz que o Cemitério do Morumby, na zona sul da cidade, quer que o Metrô altere o traçado da linha 17-ouro,que sera operada por monotrilho. Pelo projeto, sera necessária a desapropriação de uma área onde há, segundo o cemitério, 15 jazigos. 
 
O Metrô iniciou o processo de desapropriação no mês passado e o cemitério já entrou com um processo contra a estatal.

O Cemitério do Morumby enviou uma proposta de alteração de trajeto porém o Metrô já a qualificou como inviável.

Esta parte do trajeto está inserida na fase 2 da linha 17, que ligará a estação Morumbi, da CPTM, à estação São Paulo – Morumbi, da linha 4 – Amarela, do Metrô. A fase 1, que ligará o Aeroporto de Congonhas à estação da CPTM citada está em obras e com cronograma atrasado.

Pelo cronograma inicial, as obras da fase 2 deveriam ter começado este ano porém agora já não há mais previsão de início. Moradores de Paraisópolis, que serão contemplados com uma estação na comunidade pela segunda fase, temem que a ação do cemitério atrase ainda mais o projeto que já vem sendo discutido em audiências desde 2008.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Com motoristas de Papai e Mamãe Noel, ônibus natalino circula em SP

Coletivo faz trajeto em quatro linhas no ABC e Zona Sul da capital. Além do casal natalino, ônibus tem enfeites e pisca-pisca.

Um ônibus com decorações natalinas circula, até o dia 24 de dezembro, pela Zona Sul de São Paulo e por cidades do ABC. O projeto realizado pela Metra terá motoristas guiando o coletivo vestido de Papai e de Mamãe Noel.

A decorações serão feitas do lado de dentro e de fora do ônibus, com enfeites natalinos e pisca-pisca. As viagens serão feitas das 5h às 11h e das 15h às 23h20.

O "Papai Noel" e a "Mamãe Noel" vai guiar os coletivos, de forma intercalada, em quatro linhas: 285 - São Mateus / Ferrazópolis; 286 - Santo André / Ferrazópolis; 287 - Santo André / Diadema; e 288 - Ferrazópolis / Jabaquara.


Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Consórcio quer antecipar entrega do Monotrilho da Linha 18

Com previsão de obras para 2015, o consórcio responsável pelas obras e posteriormente a operação, o ABC Integrado divulgou que adianta processos para acelerar a implantação. O grupo de empresas está trabalhando na questão burocrática e que pode acelerar a obra. De acordo com o site TV Berno, o consórcio pretende  concluir as obras antes do prazo de quatro anos, o que também adiantaria a inauguração e, consequentemente, a entrada de receitas.

A Linha 18 tem custo estimado de R$ 4,2 bilhões, dos quais R$ 3,8 bilhões no projeto e outros R$ 406 milhões em desapropriações. Do total, R$ 2,335 bilhões serão custeados pelo Estado de São Paulo e o governo federal contribuirá com cerca de R$ 400 milhões provenientes do PAC 2, para as desapropriações.
A nova ligação é o terceiro ramal que correrá por meio de um monotrilho, Com 14,9 quilômetros de extensão e 13 estações, a linha vai ligar São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano à Estação Tamanduateí. A linha 18 deve usar a tecnologia da empresa Scomi, também responsável pelo projeto da Linha 17-Ouro.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

EMTU oferece alternativa econômica para ir e vir dos aeroportos de SP

Linhas executivas e suburbanas trafegam pela Região Metropolitana de SP

Para programar melhor sua viagem neste fim de ano, é sempre bom saber quais são as opções disponíveis. Uma alternativa econômica para quem vai viajar pelos aeroportos de São Paulo é o Airport Bus Service, oferecida pela EMTU/SP. As linhas executivas e suburbanas trafegam pela Região Metropolitana de São Paulo. Partem do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e seguem com destino ao Aeroporto de Congonhas, Praça da República, terminal rodoviário da Barra Funda, Brooklin Novo, Circuito dos Hotéis e Metrô Tatuapé.

Em média, 155 mil pessoas fazem uso do serviço por mês. A frota é composta de 22 ônibus executivos (com ar condicionado e poltronas estofadas e reclináveis), com custo de R$ 36,50, e outros oito ônibus suburbanos convencionais, sob o custo de R$ 4,45. As passagens são vendidas em seis locais da cidade: Praça da República, Itaim, aeroporto Guarulhos, aeroporto Congonhas, terminal Tietê e terminal Barra Funda. Confira abaixo os endereços e veja no site da EMTU itinerários e horários.

POSTOS DE VENDA

Praça da República
Praça da República, 343, Centro

Brooklin Novo
Avenida das Nações Unidas, 12.551, loja no hall da torre de escritórios do World Trade Center, Cidade Monções

Aeroporto Guarulhos
Rodovia Hélio Smidt, Cumbica - Guarulhos, lojas nos terminais 1, 2 e 4

Aeroporto Congonhas
Av. Washington Luís, 21500, São Paulo, desembarque - piso térreo

Terminal Tietê
Av. Cruzeiro do Sul, 1800, loja 471, Carandiru

Terminal Barra Funda
Rua Auro Soares de Moura Andrade, 664, guichê 43, Barra Funda

Fonte: Portal do Governo do Estado

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin diz ser “provável” troca de presidente da CPTM

cms-image-000333792
Após rumores sobre a possível troca da presidência da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, a CPTM, o Governador Geraldo Alckmin disse que é “provável” a substituição. A declaração foi feita nesta terça-feira (9) durante a inauguração da reforma do obelisco, monumento em homenagem aos soldados da Revolução Constitucionalista de 1932, na região do parque Ibirapuera.

O atual presidente da Companhia Mario Bandeira foi indiciado pela Polícia Federal no inquérito que investigou esquema de fraude em licitações de trens entre 1998 e 2008. 

No entanto, Alckmin atribui a substituição à renovação do mandato. A troca deve ocorrer após a conclusão das definições sobre a reforma do secretariado, prevista para a segunda metade do mês. 

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Após falta de energia, estação da CPTM tem bloqueios liberados

Falta de energia na estação Morumbi na Linha 9-Esmeralda da CPTM fez com que a companhia liberasse os bloqueios. A falha foi constatada por volta das 17h00.

Falha na Linha 7
Desde as 16h40 os trens da Linha 7-Rubi circulam com velocidade reduzida e maior tempo de parada devido a uma falha em trem. Até as 17h20 a situação não havia sido normalizada.

Velocidade Reduzida no Metrô
Os passageiros que utilizam as linhas 1-Azul e 3-Vermelha deverão encontrar velocidade reduzida neste fim de tarde em ambos os ramais devido as chuvas. A medida é usada pelo metrô devido a baixa aderência dos trilhos e rodeiros em dias de chuvas.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura de SP estuda retirar cooperativas do sistema de ônibus

O novo sistema de transportes na cidade de São Paulo pode ser constituído sem as cooperativas, após a nova contratação prevista para o ano que vem. De acordo com informações do jornal “O Estado de São Paulo” a medida poderá ser implantada para combater uma possível ligação entre a facção criminosa PCC e o uso de laranjas (contratos em nome de outra pessoa e que dão margem a ações criminosas) nas cooperativas de ônibus.

“Uma das hipóteses em estudo na formulação da nova licitação do sistema é não haver mais contratação de cooperativas, com a operação passando a ser feita exclusivamente por empresas constituídas”, afirma a São Paulo Transporte (SPTrans). “O processo licitatório está em fase de elaboração e só terá início após a divulgação das conclusões da verificação independente feita pela Ernst&Young, cujos resultados serão considerados”, diz a SPTrans.

Todavia a Prefeitura afirma que “alternativas criando novos mecanismos de controle também estão sendo estudadas”, para manter as cooperativas e evitar o uso de laranjas. “A SPTrans esclarece que a contratação de permissionárias para a operação do sistema de transporte coletivo municipal se dá com cooperativas e não com cooperados. Não há nenhuma relação entre a empresa gestora e os cooperados, mas com as diretorias das cooperativas”, diz a nota. “A questão levantada pela reportagem refere-se aos trabalhos das autoridades policiais, com as quais a SPTrans colabora.” – afirma a nota.

Investigações feitas em 2005 e 2008 apontaram que perueiros clandestinos que desapareceram em setembro de 2003, após serem forçados a deixar de atuar em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, foram o primeiro alerta à polícia de que organizações criminosas estavam se aproveitando da regularização do sistema de transportes que a Prefeitura promovia na época.

A primeira denúncia exclusiva por lavagem de dinheiro do tráfico de drogas por meio dos lotações foi feita pelo Grupo Especial de Delitos Econômicos (Gedec) do Ministério Público Estadual (MPE), em outubro deste ano. Para a Polícia Civil, criminosos que operavam clandestinamente antes da regularização do sistema de transportes, na gestão Marta Suplicy (2000-2004), conseguiram migrar juntamente com perueiros e se mantêm no sistema até hoje.

Fonte: O Estado de São Paulo / Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin sinaliza troca de presidência da CPTM, diz jornal

Foto: Willian Molina

Informação do jornal “Folha de São Paulo” da conta de que o Governador Geraldo Alckmin deve trocar o comando da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, a CPTM.

A mudança deve ocorrer na segunda metade do mês de dezembro, segundo a publicação. Na última quinta-feira (4), a Polícia Federal concluiu investigação sobre o cartel de empresas que fraudou licitações de trens entre 1998 e 2008. Das 33 pessoas indicias está o atual presidente da CPTM, Mário Bandeira.

O texto confirma também que o comando da secretária de transportes metropolitanos deve ser trocada. Todas as medidas se dão pela insatisfação do governador sobre os atrasos nas entregas de obras do sistema metroferroviário.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

2 tatuzões serão usados para extensão da Linha 2-Verde até a Dutra

Com previsão para inicio das obras em meados de março de 2015, o prolongamento da Linha 2-Verde da Vila Prudente até a Dutra deverá ter 2 tuneladoras, popularmente conhecidas como tatuzões em suas obras, além do método de escavações manuais conhecido como NATM (New Austrian Tunne- lling Method), dependendo do solo da região.

A extensão da Linha Verde terá 14,5 km de extensão e 13 estações (Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva, Penha, Penha de França, Tiquatira, Paulo Freire, Ponte Grande e Dutra).

De acordo com o site da Secretária de Transportes Metropolitanos, o tempo de viagem entre o bairro de Vila Madalena e Guarulhos deverá ser reduzido dos atuais 145 minutos para cerca de 47 minutos.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Falha afeta linha 4 Amarela neste sábado (6)

Devido a uma falha técnica na Linha 4-Amarela,  o ramal operou nesta tarde somente entre as estações Butantã e Paulista. 

A alternativa para o passageiro das zonas leste, norte e central da cidade era usar a Linha 1-azul até a Estação Paraíso,  depois fazer a baldeação para a Linha 2-verde e se deslocar até a Estação Consolação, e então acessar a Linha 4.

As 14h30 a situação estava em processo de normalização.

Fonte: Via Trolbeus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Cruzamento entre Paulista e Consolação exclusivo para ônibus

Imagem de Emilio Pacheco

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transportes (SPTrans) abriram um cruzamento na Avenida Paulista com a Rua da Consolação para o tráfego exclusivo de ônibus. A medida é para dar mais rapidez a 13 linhas de ônibus que transportam 123 mil passageiros em média por dia útil.

Também foi criada 200 metros de faixa exclusiva à esquerda para ônibus na Av. Paulista no trecho entre Rua Haddock Lobo e a Rua da Consolação, no sentido Paraíso/Consolação. O funcionamento será de segunda a sábado das 6 às 22 horas.

Com a medida, a cidade passa a contar com 458,7 km de faixas exclusivas para ônibus.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Orçamento de SP prevê subsídio menor para transportes em 2015

O orçamento da cidade de São Paulo que será enviado para aprovação da Câmara Municipal prevê subsídios ao sistema municipal de ônibus em 2015 menor que o pago em 2014. O documento aponta valores na ordem de R$ 1,4 bilhão. Neste ano, o valor desprendido da prefeitura foi de R$ 1,7 bilhão aproximadamente. O valor maior deste ano é por conta do congelamento da tarifa do transporte, mantida desde 2011 em R$ 3,00.

A prefeitura espera ainda que com a finalização na auditoria do transporte feita pela empresa Ernest & Young sobre as contas no sistema, os custos possam ser reduzidos.

Em 2015 deve ocorrer a nova licitação dos transportes, e a administração municipal não descarta alterar a remuneração das empresas e cooperativas de ônibus.

Apesar do cenário e de muitas especulações, a prefeitura de São Paulo não confirma o aumento na tarifa de ônibus.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Nova ciclovia em Pinheiros será entregue neste sábado, 6

Mais um trecho de uma nova ciclovia, de 2,6km, no bairro de Pinheiros sera entregue neste sábado, 6. A rota passa pelas ruas João Moura, Ásia, Lisboa e Arthur de Azevedo e sera conectada à ciclovia já existente das Avenidas Sumaré /Paulo 6º.

Segundo a Prefeitura, no futuro, a via para ciclistas sera conectada com outras ciclovias dos Jardins e Pinheiros, com o objetivo de fazer conexão cicloviária com as regiões sul, oeste e central da cidade.
O percurso será bidirecional junto ao passeio, com demarcação de sinalização de solo, placas indicando a “circulação exclusiva de bicicletas” e de regulamentação e advertência.

Com esta entrega, a cidade passa a contar com 200,3 km de vias destinadas aos ciclistas.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin nega erro em projeto do Monotrilho

Após o jornal Folha de São Paulo ter noticiado um suposto erro no projeto do monotrilho da Linha 15-Prata, onde a constatação de um córrego acarretaria em mudanças na execução da obra, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin negou a falha e a paralisação das construções. “Não há nenhum erro [no projeto]. Já se sabia da existência do rio”, disse.

“A obra está em andamento. Temos oito estações todas em obras. Devemos ter lá quase 2.000 funcionários. Nesse trecho do córrego, no qual se está aprovando o projeto do novo canal com a prefeitura, da retificação da sua localização e a questão do impacto que terá na avenida Anhaia Mello, vamos fazer isso com o menor impacto possível”, completou o governador.

De acordo com o secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes, não se sabia qual a dimensão do fluxo das águas do córrego: “Já sabíamos do córrego. Isso de fato era sabido [na fase do projeto básico]. O projeto básico só tinha detectado que era um córrego mas não a dimensão disso daí, e aí tomamos a seguinte atitude: não vamos mexer com as estações. Vamos mudar o córrego. Então, não há nenhuma alteração de projeto das estações e não há custos aditivos nas estações. O que vai acontecer é que estamos desviando o córrego e voltamos a fazer o corpo da estação onde já estava previsto. Mas você não pode fazer o corpo da estação hoje com o córrego embaixo porque a coluna da estação afetaria o córrego”, afirmou.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura vai construir ciclovia embaixo do Minhocão

O secretário municipal dos transportes, Jilmar Tatto, informou nesta quinta 4, que a Prefeitura irá construir uma ciclovia que passará por baixo do Minhocão, ligando a Praça Roosevelt a estação Palmeiras-Barra Funda do Metrô. O trajeto terá 5km e as obras começam dia 5 de janeiro, mesma data que começam as obras da ciclovia da Avenida Paulista. O prazo para ambas as ciclovias ficarem prontas é de 3 meses.

A via destinada aos ciclistas ficará no canteiro central, passando pelas Avenidas Amaral Gurgel, São João e General Olímpio da Silveira. Pelo o trajeto, a ciclovia fará conexões com outras ciclovias ja existentes como a da Avenida Duque de Caxias.

Por passar por 3 estações de Metrô (Santa Cecília, Marechal Deodoro e Palmeiras-Barra Funda), Tatto diz que as paradas devem ganham mais vagas de estacionamento para bikes.

Ainda de acordo com o secretário, o projeto da ciclovia faz parte de uma revitalização da área onde haverá também instalação de jardins e nova iluminação LED.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras alteram circulação em algumas linhas da CPTM neste final de semana

Neste final de semana, 6 e 7 de dezembro, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em algumas das suas linhas. Confira a programação e antecipe a sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Domingo: das 4h até a meia-noite, serão realizadas obras no sistema de rede aérea entre as estações Água Branca e Pirituba. O intervalo médio será de 12 minutos entre Luz e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Domingo: das 21h30 até meia-noite, haverá intervenções na via permanente entre as estações Domingos de Morais e Imperatriz Leopoldina. O intervalo médio será de 20 minutos entre Júlio Prestes e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú]

Sábado: das 21h à meia-noite, os trabalhos estarão concentrados no sistema de rede aérea, entre as estações Ceasa e Cidade Universitária. A partir das 23h à meia-noite, serão executados serviços no sistema de sinalização nas proximidades da Estação Santo Amaro. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800- 0550121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Dilma e Alckmin assinam contratos para mobilidade em SP

A presidente Dilma Rouseff e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam contratos nesta quinta-feira, 4, para obras de mobilidade no estado.

De acordo com a nota divulgada pelo “Blog do Planalto”, dos R$ 5,8 bilhões, R$ 3,2 bilhões serão destinados a obras de mobilidade urbana no estado e R$ 2,6 bilhões, a obras do Sistema Produtor São Lourenço, administrado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

As obras que receberão esses recursos são: reforma e modernização das estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM); implantação da Linha 13 do Trem de Guarulhos; extensão da Linha 9 Grajaú-Varginha; e o projeto para o BRT Metropolitano – Praia Grande / São Vicente e Terminais (EMTU).

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Falha em projeto vai atrasar monotrilho da linha 15-Prata

Conforme divulgado hoje pela Folha de São Paulo, uma falha no projeto básico deve atrasar (mais ainda) as obras do monotrilho da linha 15-prata.

Engenheiros “descobriram” uma galeria de águas abaixo da Avenida Luiz Ignácio de Anhaia Mello e agora o governo fez um novo projeto e decidiu mudar o córrego de lugar.

Hoje, nos lugares que vão ser construídas futures estações, na prática, não há como perfurar o solo já que as galerias estão embaixo.

A obra está interrompida e o Metrô terá que readequar 3 de 8 novas estações. São elas São Lucas, Camilo Haddad e Vila Tolstoi.

A previsão era a entrega de novas estações, até Sào Mateus, para 2015. Agora, deve ficar para 2016.
Quem passa pela obras vê que só na estação São Mateus há colunas erguidas, mas que já teve suas obras paradas. Nas demais, nada foi construído ainda.

Arte: Folha de São Paulo
Arte: Folha de São Paulo

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: