380 Move Metrópole | Sempre em movimento!: Fevereiro 2015

CPTM estima prejuízo de R$ 250 mil após depredações em estação e trens

Paralisação na Linha 7-Rubi por causa de temporal causou quebra-quebra. Um suspeito do vandalismo foi detido na noite desta quinta-feira (26). 

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou nesta quinta-feira (26) que os atos de depredação na Estação Palmeiras-Barra Funda na noite desta quarta (25) geraram um prejuízo de cerca de R$ 250 mil ao patrimônio público.

O quebra-quebra começou por conta da paralisação da Linha - 7 Rubi, após forte temporal atingir a cidade. Ainda de acordo com a CPTM, um dos suspeitos de vandalismo foi preso na noite desta quinta, e encaminhado para o Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom).

Três trens foram vandalizados com danos no painel de controle, portas, janelas, 24 extintores de incêndio e vidros quebrados e assentos retirados. Dois desses trens já entraram em circulação nesta quinta após os reparos durante a madrugada. O terceiro trem entrará em operação novamente em 30 dias.

Na Estação Palmeiras-Barra Funda, foram destruídas 10 câmeras de segurança, três vidros blindados da bilheteria, três vidros da central de operação no local, 113 lâmpadas, espelhos e mapas de linha, além de lixeiras e um banco de oito assentos.

Câmeras de segurança
Imagens do circuito de segurança da CPTM exibidas pelo SPTV mostram o momento em que os vândalos pegam placas e batem no trem. Também é possível notar a ação dos seguranças durante o tumulto. 

Segurança da CPTM parece atirar contra usuários (Foto: Reprodução/TV Globo)Segurança da CPTM parece atirar contra usuários após depredação (Foto: Reprodução/TV Globo)
 
No vídeo, um rapaz aciona um extintor nas costas de um funcionário da Companhia. No meio da confusão, estão três homens de uniforme, dois usam capacetes e capas com símbolo da CPTM e levam armas nas mãos. Os vândalos jogam objetos contra eles. As imagens não têm som. Um dos homens de uniforme parece dar tiros contra um rapaz de camiseta branca. O homem atingido senta no chão.

Em uma outra imagem, um dos homens parece atirar mais duas vezes.  Alguns passageiros pedem calma. E um levanta a camiseta como quem mostra que foi atingido. Em um vídeo feito por um celular, um rapaz que estava no meio da confusão diz que foi ferido.

A polícia vai usar as imagens das câmeras de segurança e as gravadas por passageiros dentro dos trens pra identificar os vândalos. Em nota, a CPTM disse que usa lançadores de projétil de tinta não letal, com o objetivo de marcar os infratores e depois identificá-los pelas câmeras de segurança.

Máquina de livro destruída na Estação Barra Funda nesta quarta-feira (25) (Foto: J. Duran Machfee/Estadão Conteúdo)Máquina de livro destruída na Estação Barra Funda nesta quarta-feira (25) (Foto: J. Duran Machfee/Estadão Conteúdo)
 
Na tarde desta quarta, um raio interrompeu a circulação na linha, no trecho entre Luz e Pirituba, por volta das 17h45. A descarga elétrica atingiu o cabo de energia de alimentação dos trens entre as estações Lapa e Piqueri. Os trens voltaram a circular, mas com velocidade reduzida, às 21h06.

De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, por volta das 18h, cerca de seis pessoas tentaram atear fogo no vagão de um dos trens paralisados na estação Palmeiras-Barra Funda.

Guichê do Metrô destruído na Estação Barra Funda na quarta-feira (Foto: Alice Vergueiro/Futura Press/Estadão Conteúdo)Guichê do Metrô destruído na Estação Barra Funda na quarta-feira (Foto: Alice Vergueiro/Futura Press/Estadão Conteúdo)
 
A Polícia Militar foi chamada para reforçar a segurança. Ainda de acordo com a CPTM, não houve confronto. Por volta das 21h50, a situação era mais tranquila, mas era possível ver muitos estragos na estação. Uma plataforma estava bloqueada porque várias luminárias e lixeiras tinham sido quebradas. 
Extintores e divisórias de metal foram jogados nos trilhos.

Por conta do temporal, também foram afetadas as Linhas 10-Turquesa e 8-Diamante, mas a circulação foi retomada ao fim da tarde em ambas. A Linha10 ficou paralisada entre 15h e 18h30. A Linha 8 deixou de circular entre 17h10 e 17h35. As Linhas 1- Azul, 2-Verde, e 3-Vermelha do Metrô funcionaram com velocidade reduzida.

Leitor de cartão em catraca destruído na Estação Barra Funda do Metrô nesta quarta-feira (25) (Foto: Fernando Neves/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)Leitor de cartão em catraca destruído na Estação Barra Funda do Metrô nesta quarta-feira (25) (Foto: Fernando Neves/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Divulgado os itinerários da Rede de Ônibus da Madrugada

Neste sábado começa a operar a rede de ônibus da madrugada, entre a meia noite e as 4h da manhã. Ela vai servir como base para outras estruturas em horários específicos. A SPTrans divulgou em seu site a lista com as linhas e seus respectivos itinerários.

Foi divulgado também as alterações nas linhas já existentes que terão alteração em seu horário. Algumas inclusive serão canceladas. A vantagem é que o passageiro deverá esperar menos no ponto de ônibus, já que o serviço será prestado com intervalos que vão de 15 a 30 minutos, contra as linhas existentes que possuem intervalos de até 60 minutos.

Clique aqui e confira. Clique no número da linha e conheça os itinerários.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Estações Luz e República fecham no domingo, 01/03

Neste domingo, 01 de março, as estações República e Luz da Linha 4-Amarela ficarão fechadas durante o horário operacional (das 4h40 à meia-noite).

Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros e Faria Lima com destino às estações República e Luz  devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde.

Já os passageiros que estiverem na estação Luz devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema.

As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, e aos sábados e domingos, das 8h às 18h. Os passageiros também podem utilizar o Fale Conosco no endereço http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco.

Fonte: Via Quatro

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Paralisação afeta linhas 11-Coral e 12-Safira da CPTM por uma hora nesta quinta (26)

Problema foi causado por trem parado entre as estações Tatuapé e Brás. Passageiros desceram na via e Polícia Militar acompanha movimentação.

As linhas 11-Coral e 12-Safira da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ficaram paralisadas das 18h às 19h desta quinta-feira (26) por causa de uma falha em trem próximo à estação Tatuapé.

Na Linha 11-Coral, a paralisação afetou o trecho entre Tatuapé e Luz. Na Linha 12-Safira, entre as estações Tatuapé e Brás. Por volta das 19h, as composições voltaram a circular, mas com velocidade reduzida.

Segundo a CPTM, o trem da Linha 12 Safira apresentou problemas nos freios entre as estações Brás e Tatuapé. Assustados com a fumaça, passageiros começaram a descer à via a fazer o percurso entre as estações a pé. Os trens da Linha 11 pararam de circular por causa da presença de pessoas nos trilhos.

Assim que o trem avariado retomou condições de seguir viagem, parte dos passageiros voltou a embarcar e outra parte seguiu a pé até a estação mais próxima. Os trens da Linha 11 voltaram a circular assim que os trilhos ficaram livres. A Polícia Militar mobilizou equipes para acompanhar a movimentação.

A Linha 11 - Coral liga São Paulo a Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. A Linha 12 - Safira, liga São Paulo a Calmon Viana, em Poá, também na Grande São Paulo.

Por causa do problema, a CPTM liberou mais cedo a transferência para o Metrô nas estações Itaquera e Tatuapé. No entanto, o Metrô operava com velocidade reduzida nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha, devido aos problemas operacionais na CPTM.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram a circulação das linhas da CPTM neste fim de semana (28 e 01)

Neste fim de semana, 28 de fevereiro e 1 º de março, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Domingo: das 4h até meia-noite, a circulação de trens ficará interrompida entre as estações Luz e Perus. Para atender os usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão em pontos diferentes conforme os horários abaixo:

● Das 4h às 5h haverá conexão de ônibus com destino a Perus nas estações Luz e Palmeiras-Barra Funda, fazendo paradas intermediárias, para embarque e desembarque, na Estação Pirituba.

● Das 5h até meia noite, a conexão de ônibus será realizada entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Perus. Portanto, os usuários da Estação da Luz com destino sentido Francisco Morato poderão utilizar o Metrô ou os trens da Linha 8-Diamante, entre as estações Júlio Prestes e Palmeiras-Barra Funda, onde haverá transferência para os ônibus. As senhas para utilização dos coletivos devem ser retiradas nas estações.

O intervalo médio entre as estações Perus e Jundiaí, será de 20 minutos durante toda a operação comercial.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Domingo: das 4h até meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Itapevi. O intervalo médio entre essas estações será de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú]

Sábado: das 23h até o fim da operação comercial, serão realizados serviços nos equipamentos de sinalização entre as estações Vila Olímpia e Berrini. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Domingo: das 9h às 19h, os serviços estarão concentrados nos equipamentos de sinalização no trecho entre Vila Olímpia e Granja Julieta. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa [Brás - Rio Grande da Serra]

Domingo: das 8h às 18h, haverá intervenções na infraestrutura da passarela metálica localizada nas proximidades da Estação Guapituba. O intervalo médio será de 30 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 11-Coral/Extensão [Guaianazes - Estudantes]

Domingo: das 4h às 12h, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Mogi das Cruzes e Estudantes. O intervalo médio será de 15 minutos entre Guaianazes e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás - Calmon Viana]

Domingo: das 4h até meia-dia, a circulação de trens estará interrompida em toda a linha, em razão de serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de vias. Para atender os usuários, haverá conexões com os seguintes itinerários:
 
  • Brás - Tatuapé: usuários deverão utilizar os trens do Expresso Leste, na Linha 11-Coral. 
  • Tatuapé - Itaim Paulista: serão disponibilizados ônibus, realizando paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista.
  • Itaim Paulista - Poá: serão disponibilizados ônibus, fazendo paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré.

As senhas para utilização dos ônibus de conexão deverão ser retiradas nas estações.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

SP ganha nova ciclovia com 2,2 km de extensão na Zona Leste

Com nova ciclovia, cidade passa a ter 235 km de vias exclusivas para bikes. Faixa da Vila Carrão terá ligação com Metrô e terminal de ônibus.

A Vila Carrão, na Zona Leste de São Paulo, ganhou uma ciclovia com 2,2 km de extensão nesta quarta-feira (25). A via exclusiva para bicicletas liga as ruas Atucuri e Taubaté. Futuramente, a ciclovia estará conectada com o terminal de ônibus e estação do Metrô Carrão. Com a nova ciclovia, a cidade passa a ter 235,3 km de vias exclusivas.

A meta da Prefeitura é construir 400 km de ciclovias na cidade até o fim deste ano. Segundo estimativas, o custo total das obras é de R$ 80 milhões, ou seja, R$ 200 mil por quilômetro.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Trem e estação são depredados após temporal paralisar linha da CPTM

Grupo de usuários tentou atear fogo dentro de vagão paralisado. Raio afetou circulação de trens na Linha - 7 Rubi por volta das 17h45. 

Usuários depredaram um trem e a estação Palmeiras-Barra Funda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) após um temporal paralisar a Linha 7-Rubi (Jundiaí-Luz) na tarde desta quarta-feira (25).

Um raio interrompeu a circulação na linha, no trecho entre Luz e Pirituba, por volta das 17h45. A descarga elétrica atingiu o cabo de energia de alimentação dos trens entre as estações Lapa e Piqueri. Os trens voltaram a circular, mas com velocidade reduzida, às 21h06.

Segundo a assessoria de imprensa da CPTM, por volta das 18h, cerca de seis pessoas tentaram atear fogo no vagão de um dos trens paralisados na estação Palmeiras-Barra Funda. Outros usuários protestaram depredando um trem, a bilheteria e luminárias.

A Polícia Militar foi chamada para reforçar a segurança. Ainda de acordo com a CPTM, não houve confronto. Por volta das 21h50, a situação era mais tranquila, mas era possível ver muitos estragos na estação. Uma plataforma estava bloqueada porque várias luminárias e lixeiras tinham sido quebradas. Extintores e divisórias de metal foram jogados nos trilhos.

Por conta do temporal, também foram afetadas as Linhas 10-Turquesa e 8-Diamante, mas a circulação foi retomada ao fim da tarde em ambas. A Linha10 ficou paralisada entre 15h e 18h30. A Linha 8 deixou de circular entre 17h10 e 17h35. As Linhas 1- Azul, 2-Verde, e 3-Vermelha do Metrô funcionaram com velocidade reduzida.

Uma das plataformas da CPTM na Barra Funda teve as luminárias, lixeiras, cadeiras e divisórias destruídas; extintores e outros objetos foram jogados entre os trilhos da estação (Foto: Marcelo Mora/G1)Uma das plataformas da CPTM na Barra Funda teve as luminárias, lixeiras, cadeiras e divisórias destruídas; extintores e outros objetos foram jogados entre os trilhos da estação (Foto: Marcelo Mora/G1)
  
Máquina automática de venda de livros foi danificada pelos vândalos na Estação Barra Funda (Foto: Marcelo Mora/G1)Máquina automática de venda de livros foi danificada pelos vândalos na Estação Barra Funda (Foto: Marcelo Mora/G1)

  
Equipamento de recarga de Bilhete Único também foi alvo dos vândalos (Foto: Marcelo Mora/G1)Equipamento de recarga de Bilhete Único também foi alvo dos vândalos (Foto: Marcelo Mora/G1)
  
Câmera do circuito de segurança da estação Barra Funda foi destruída (Foto: Marcelo Mora/G1)Câmera do circuito de segurança da estação Barra Funda foi destruída (Foto: Marcelo Mora/G1)
  
Bilheteria depredada em estação da CPTM na Zona Oeste (Foto: Marcelo Mora/G1)Bilheteria depredada em estação da CPTM na Zona Oeste (Foto: Marcelo Mora/G1)

Fonte:G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin muda presidente da CPTM

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) tem novo presidente. O governador Geraldo Alckmin nomeou o engenheiro Paulo de Magalhães Bento Gonçalves para presidir a companhia. 

O antigo presidente Mário Bandeira foi indiciado pela Polícia Federal em dezembro do ano passado no inquérito que apura cartel de trens. O esquema atuaria nas empresas desde 1998.

De acordo com o Jornal “O Estado de São Paulo”, estuda-se quadros para assumir a presidência do Metrô. Há a possibilidade de o cargo ser concentrado pelo próprio secretário de Transportes, Clodoaldo Pelissioni.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Aplicativo deve orientar passageiros na Rede da Madrugada

Com o início da operação da rede de ônibus da madrugada, a SPTrans lançou um aplicativo para smartphones e tablets para orientar os passageiros que irão usar as linhas noturnas.

O aplicativo “Coletivo da Madrugada” pode ser baixado gratuitamente na Google Play para quem possui aparelhos com sistema operacional Android.


“O dispositivo permitirá que o usuário saiba, por exemplo, qual o ponto de ônibus mais próximo de sua localização, as linhas que o atendem e sua programação, com dados atualizados em tempo real com a situação do trânsito. Todas as informações da rede serão disponibilizadas online.” diz o comunicado da SPTrans.

O ferramenta foi desenvolvida a partir do banco de dados da SPTrans, sem custos para o poder público.
Se você não gostou da notícia já que possuí celulares com outros sistemas operacionais, a SPTrans diz que estão sendo criados mais aplicativos para outros sistemas, como por exemplo o iOS.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Falha afeta linha 3-Vermelha do Metrô nesta terça-feira (24)

Passageiros que utilizavam a Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo enfrentaram problemas no começo de noite desta terça-feira (24). Uma falha em um trem na estação Anhangabaú fez com as composições operassem com velocidade reduzida. A ocorrência teve início por volta das 18h20. A falha foi sanada por volta das 18h35.

As demais linhas, com exceção da 4-Amarela também tinha restrições por conta das chuvas. 

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura negocia com o Estado parcerias visando segurança de ônibus noturnos

A prefeitura de São Paulo negocia com o Metrô o uso dos terminais anexados às estações, para abrigar estrutura da rede de ônibus da madrugada. A medida serviria para dar suporte aos passageiros e aos colaboradores das empresas de ônibus, já que os locais possuem banheiros, por exemplo. A informação foi transmitida pelo secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto.

De acordo ainda com o secretário, existem conversas com a policia militar para firmar parcerias visando garantir a segurança dos passageiros que vão utilizar as 151 linhas noturnas. 

A CET deve também dar suporte no que se refere a fluides dos coletivos. A rede de ônibus da madrugada começa a operar a partir deste sábado, dia 28 de fevereiro, da meia noite às 4h da manhã.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governo do Estado entrega último trem da série 9000

Foto: A2 Fotografia / Diogo Moreira

O Governador Geraldo Alckmin entregou nesta segunda-feira (23) o último trem da série 9000 para a linha 11-Coral, totalisando 105 novas composições. O ramal é o mais carregado da companhia e transporta uma média de 701,2 mil por dia, em toda sua extensão da Luz até a estação Estudantes.

“Os trens mais antigos tinham 33% de motorização, de cada três carros, um era motorizado. Agora é 50%, a cada dois carros um é motorizado, e todos com ar condicionado”, afirmou o governador.

A nova composição é de fabricação da Alstom, possuí salão contínuo de passageiros além de mapa dinâmico e áudio.

Atualmente a CPTM possuí 76% dos carros dotados de ar condicionado. Outras 65 composições estão sendo fabricadas sendo parte delas pela Caf e a outra parte pela Rotem. As primeiras composições chegam este ano.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Falha prejudica circulação de trens da linha 8 da CPTM

Composições seguem com velocidade reduzida entre as estações Antônio João e Jandira. Foto: Wesley Souza

Uma falha faz com que os trens da linha 8-Diamante da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) circulem com velocidade reduzida entre as estações Antônio João e Jandira. A falha ocorreu  na manhã desta terça-feira (24) e. segundo a assessoria de imprensa da companhia, o problema deve ser resolvido até as 6h30. As demais linhas da CPTM operam normalmente, assim como os trens do Metrô.

Fonte: R7

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura terá que desativar ciclovia na Vila Mariana

Após a polêmica da construção de uma ciclovia no bairro da Vila Mariana em São Paulo, envolvendo o colégio Madre Cabrini, a Associação Madre Cabrini das Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, que administra a instituição de ensino, conseguiu na Justiça um mandado de segurança para retirar a via para ciclistas de 700 metros.

A decisão da juíza Simone Viegas de Moraes Leme, exige que a ciclovia seja retirada em 10 dias, a partir do dia 18/02, quando foi entregue a notificação. A Prefeitura de São Paulo informou que vai recorrer da decisão.

Em sua decisão, a Juizá entende que “trata-se, pois de, hipótese de tragédia anunciada, sendo desnecessário qualquer prévio conhecimento técnico em engenharia de tráfego para se antever a possibilidade de ocorrência de acidente mais sérios.”

No entanto cabe ressaltar que, desde sua implantação, nenhum incidente foi registrado na via. A ciclovia faz parte do eixo Jabaquara, Vila Mariana, Vergueiro e Centro.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Passe-livre no Metrô, CPTM e EMTU fica para março

O passe-livre estudantil dos trens do Metrô, da CPTM e nos ônibus metropolitanos deve ser implantado apenas em março. De acordo com a secretaria de transportes metropolitanos, houve um problema de comunicação entre o sistema da SPTrans – São Paulo Transporte. A STM não detalhou o problema.

O estudante deve procurar a instituição de ensino para obter o passe-livre. O limite, de acordo com a frequencia semanal às aulas, é de 48 viagens por mês. Podem ter direito ao passe livre metropolitano:

– estudantes dos ensinos fundamental e médio matriculados na rede pública;
– alunos de cursos profissionalizantes de nível técnico da rede pública;
– estudantes do ensino superior da rede pública e privada, que comprovem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo nacional – R$ 1.182;
– estudantes do Centro Paula Souza e Etecs; – estudantes das Fatecs, que comprovem renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo;
– bolsistas do Prouni (Programa Universidade para Todos); – financiados pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil);
– integrantes do Programa Bolsa Universidade (Programa Escola da Família);
– atendidos por programas governamentais de cotas sociais e raciais.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram a circulação em várias linhas da CPTM neste fim de semana, 21 e 22

Foto: Marco Wolff

Neste fim de semana, 21 e 22 de fevereiro, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] dará continuidade às obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Domingo: das 4h até meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Perus, devido à intervenções nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea. Neste trecho haverá conexão com ônibus, fazendo parada para embarque e desembarque na Estação Pirituba. Senhas para utilização dos ônibus devem ser retiradas nas estações. O intervalo médio será de 21 minutos entre as estações Luz e Palmeiras-Barra Funda, e de 30 minutos, entre as estações Perus e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Domingo: das 4h até meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Barueri e Itapevi.

A partir das 23h, haverá manutenção no sistema de sinalização entre as estações Comandante Sampaio e General Miguel Costa.

Linha 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú]

Sábado: das 23h até meia-noite, ocorrerão intervenções no sistema de sinalização entre as estações Berrini e Granja Julieta. O intervalo médio será de 12 minutos em toda a linha.

Domingo: das 9h às 19h, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre Granja Julieta e Santo Amaro. O intervalo médio será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa [Brás - Rio Grande da Serra]

Domingo: das 8h às 18h, haverá obras nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Mauá e no trecho entre as estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira [Brás - Calmon Viana]

Domingo: das 4h até meia-noite, a circulação ficará interrompida em toda linha, em razão de serviços no sistema de rede aérea e em equipamentos de via permanente. A opção para os usuários no trecho entre Brás e Tatuapé são os trens do Expresso Leste, na Linha 11-Coral.

Entre Tatuapé e Itaim Paulista serão disponibilizados ônibus de conexão com paradas para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista.

De Itaim Paulista até Poá ônibus farão o atendimento, com paradas para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800- 0550121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Incêndio atinge vagão de trem da CPTM em Ribeirão Pires, no ABC

Fogo começou na parte superior do vagão, de acordo com a empresa. Trens circulam com maiores intervalos entre Mauá e Rio Grande da Serra / Foto ilustrativa

Um incêndio atingiu a parte superior de um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) em Ribeirão Pires, no ABC, por volta das 17h15 desta quinta-feira (19). Até as 17h40 não havia informações sobre feridos. A empresa ainda apura as causas.

Por causa do incidente, os trens da Linha 10 - Turquesa da CPTM, que liga a estação Brás, no Centro de São Paulo, a Rio Grande da Serra, circulava com maiores intervalos. Os trens circulam por via única entre Mauá e Rio Grande da Serra.
 
Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Fim do Horário de Verão amplia a operação do Metrô, Via Quatro e CPTM

Na madrugada do próximo sábado (21) para domingo (22), quando termina o horário de verão e os relógios serão atrasados em uma hora, o Metrô e a CPTM estenderão sua operação comercial por uma hora a mais. Os passageiros poderão embarcar até a 1h do horário novo [2h do horário antigo].

Metrô
Com a ampliação do horário de circulação dos trens, o número de viagens ofertadas também será maior. Na Linha 1-Azul [Jabaquara-Tucuruvi], foram programadas 20 viagens adicionais. Na Linha 2 [Vila Prudente-Vila Madalena], haverá acréscimo de 22 viagens. Os usuários da Linha 3 [Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda] também se beneficiarão com a medida. Eles contarão com uma oferta de 21 viagens extras. Por fim, na Linha 5 [Capão Redondo-Adolfo Pinheiro] os trens em operação realizarão 16 viagens a mais. A medida também é valida para a Linha 4-Amarela (Butantã-Luz), que é operada pela concessionária Via Quatro.

No domingo [22], todas as estações reabrem para o público no horário habitual, às 4h40.
CPTM
As seis linhas da CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] irão operar uma hora a mais na madrugada de sábado [21]. No domingo [22], todas as estações reabrem para o público no horário habitual, às 4h, no novo horário.

Para mais informações sobre a rede metroviária e metroferroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro atende pelo 0800 770 7100 de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas e aos sábados e domingos, das 8 às 18 horas, e da CPTM atende pelo 0800 055 0121.

Fonte: Metrô/SP e CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Segunda colocada em licitação pode assumir obras da Linha 4

Imagem de Digna Imagem/Clóvis Ferreira

O Governador Geraldo Alckmin afirmou nesta quinta-feira (19) que o segundo colocado na licitação das obras da segunda fase da linha 4-Amarela pode assumir as construções. As informações foram transmitidas no telejornal SPTV, da TV Globo.

Segundo a reportagem, caso o consórcio Isolux Córsan-Corviam, atual responsável pelas obras, tenha cancelado seu contrato pelo Governo do Estado, e o segundo colocado seja contratado, após aceitar o valor estabelecido pelo Metrô na contratação do primeiro colocado, terá que cumprir o cronograma estabelecido pelo governo estadual, onde a estação Higienópolis-Mackenzie seria entregue em 10 meses, a Oscar Freire em 1 ano, São Paulo – Morumbi em um ano e meio, e por último a estação Vila Sonia deveria ser finalizada em 2 anos, ou seja, 2017.

O âncora do telejornal, Cesar Tralli, informou que em conversa com o Metrô, a empresa avalia alternativas para não ter de realizar uma nova licitação, que acarretaria em paralisação de cerca de 1 ano das obras para que todos os tramites necessários na nova concorrência sejam realizados.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Secretário Municipal de Transportes garante licitação finalizada até junho

Ônibus em São Paulo. Tatto volta a garantir que até o meio do ano licitação será concluída.

O secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, reiterou nesta quinta-feira, dia 19 de fevereiro de 2015, que em março será lançado para consulta pública o edital da licitação do sistema de ônibus da Capital Paulista.

Até junho, a concorrência deve ser finalizada, na estimativa do secretário.

Entre as propostas está reduzir o número de ônibus, com a criação de mais linhas troncais com maior velocidade, contanto com a ampliação dos corredores exclusivos, e uso de veículos maiores como articulados e super-articulados.

O processo de desapropriação das garagens de ônibus das atuais empresas para atrair novos concorrentes também deve continuar.

Tatto não garantiu 100% de frota não poluente, mas disse que o município vai seguir a lei que determina ônibus com formas de tração limpas até 2018.

Com base numa verificação independente concluída no final do ano passado, que mostrou que o retorno das empresas é de 18% como contrato de 2003, a prefeitura estuda formas de reduzir custos e, consequentemente, este percentual de retorno.

O secretário diz que o edital já está sendo elaborado considerando empresas operando ônibus menores no lugar de cooperativas.

Fonte: Blog Ponto de Ônibus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras do Metrô previstas para 2009 têm material estragado e ociosidade

Operários batem cartão e jogam dominó na futura estação Oscar Freire. Metrô diz que se ritmo das obras não for retomado, romperá contrato. 

Os canteiros de quatro futuras estações da Linha 4-Amarela do Metrô previstas para serem entregues em 2009 têm madeiras apodrecendo e vergalhões enferrujando. Segundo o SPTV, os funcionários das obras batem o cartão e ficam o dia inteiro sem trabalhar, jogando dominó, por exemplo.

No canteiro da futura estação Oscar Freire, na Zona Oeste da capital paulista, há um cartaz que anuncia o custo da obra de R$ 172 milhões, mas não informa o prazo para terminar. De cima de um prédio, a equipe do SPTV gravou que os funcionários contratados pelo Consórcio Corsan Corvian não fazem nada. Eles disseram que estão há cinco meses sem ter o que fazer, nem material para trabalhar, mas ficam na obra das 7h às 17h. Também há madeira apodrecendo e vergalhões enferrujando.

Segundo o Metrô, se o ritmo das obras não for retomado até o fim de fevereiro, o contrato com o consórcio deve ser rompido. A linha 4 terá 11 estações ao longo de 13 quilômetros, da Luz até a Vila Sônia. A obra começou em 2004 e foi prometida para 2009, mas até agora só sete estações foram entregues, a última, Fradique Coutinho, ficou pronta no final do ano passado.

Na futura Estação Higienópolis-Mackeinze, as obras começaram em 2012 e pararam no ano passado e o tapume permanece fechado. Na estação Morumbi, as detonações mal começaram e já pararam e na Vila Sônia há apenas material estocado.

O consórcio Isolux Córsan-Corviam diz que as empresas contratadas pelo Metrô atrasaram a entrega dos projetos e isso aumentou o prazo da obra em 50%. A empresa diz ainda que o Metrô demora para aprovar serviços que não estavam no contrato inicial e que estes atrasos impactaram nos custos de pessoal, equipamentos e materiais. A empresa nega que haja cimento estragado.

O Metrô diz que o consórcio recebeu todos os projetos necessários para o andamento e que está aplicando as punições previstas em contrato.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

EMTU divulga vídeos de obras em corredores e VLT

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, a EMTU, divulgou vídeo com a evolução de obras em 4 frentes de trabalhos no mês de Janeiro, sendo a construções de 3 corredores de ônibus, além do VLT na Baixada Santista. Acompanhe:

Obras do Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo.


Obras do Corredor Guarulhos – São Paulo.



Obras do Corredor Vereador Biléo Soares, que ligará Campinas aos municípios de Americana, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, Monte Mor e Santa Bárbara d’Oeste.



VLT da Baixada Santista



Fonte: Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Bilhete Especial do Desempregado é aprovado em 1ª votação

Na sessão extraordinária desta quarta-feira (11/2), a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei (PL) 842/2013, de autoria dos vereadores Mário Covas Neto (PSDB) e Toninho Vespoli (PSOL), que concede gratuidade no transporte público municipal aos munícipes que se encontram em situação de desemprego na cidade de São Paulo.

O Bilhete Especial do Desempregado, como será chamado, terá validade de 90 dias e poderá ser adquirido pelos munícipes que comprovarem situação de desemprego. Os beneficiados terão que comprovar ainda que foram demitidos sem justa causa há no mínimo um mês e no máximo seis meses.

“Trata-se de uma harmonização do transporte público, porque esse mesmo projeto já existe com relação ao metrô e a CPTM. Durante estes 90 dias, o usuário poderá usar esse benefício para fazer uma especialização ou até mesmo para procurar emprego”, explicou Covas Neto.

O projeto passou em primeira votação e volta para nova votação antes de seguir para sanção do Executivo

IPTU Verde

O projeto de incentivo a ações que preservem o meio ambiente (PL 39/2011), conhecido como ‘IPTU Verde’, de autoria do vereador Adílson Amadeu (PTB), foi aprovado em definitivo pelos vereadores. A proposta concede benefício tributário de até 12% no IPTU ao contribuinte que adotar as medidas.

“O projeto pode ser regulamentado com obras que estão em andamento e que poderão ser adaptadas, mas, obviamente que a gente prevê o desconto para que as próximas entradas de projetos no cenário municipal também recebam esse benefício após a sanção do prefeito”, explicou Amadeu.

Medidas implantadas como sistema de captação da água da chuva, de reuso de água, de aquecimento hidráulico solar e construção com materiais sustentáveis serão contempladas com o desconto, conforme estipulado no projeto. O PL segue para sanção do prefeito Fernando Haddad.

Fonte: Câmara Municipal de São Paulo

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linha 11-Coral da CPTM tem restrições nesta sexta-feira (13)

Atualizado às 17h55
Sexta-feira 13 de azar para parte dos passageiros dos trens da CPTM. Por volta das 16h20 os trens deixaram de circular entre as estações Guaianazes e Calmon Viana da Linha 11-Coral. As 16h50 o trecho foi liberado, porém ainda apresentava restrições por conta de alagamentos na via.

Mais tarde por volta das 17h15, o trecho do Expresso Leste (Luz-Guaianazes) estava com restrições também por conta de alagamentos.

Ao mesmo tempo os trens da Linha 12-Safira apresentavam problemas e a circulação tinha maiores intervalos entre as estações Engenheiro Manuel Feio e Calmon Vianna, devido a uma falha em uma composição. A falha foi sanada por volta das 17h00.

Durante todo o dia os trens da Linha 7-Rubi também circularam com restrições no trecho entre Jundiaí e Francisco Morato, por conta de ato de vandalismo. Até as 17h20 a situação não havia sido normalizada.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação das linhas da CPTM durante o Carnaval

Neste domingo, 15 de fevereiro, e na terça-feira de carnaval, 17, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] dará continuidade às obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato - Jundiaí]

Domingo: das 4h até meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Água Branca. Das 4h às 10h, os trabalhos estarão concentrados nas obras de infraestrutura nas proximidades da Estação Várzea Paulista. A partir das 10h30 até 20h, os serviços ocorrerão nos equipamentos de via permanente no trecho entre Botujuru e Campo Limpo Paulista.

Durante toda a operação comercial, o intervalo médio será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato. Das 4 às 16h, na extensão entre Francisco Morato e Jundiaí, os intervalos serão de 30 minutos.

Terça-feira: das 4h até meia-noite, os trabalhos estarão concentrados no sistema de rede aérea no trecho entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Água Branca. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi - Amador Bueno]

Domingo: das 4h até meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Presidente Altino e Osasco. Das 10h às 15h, os trabalhos serão executados nos equipamentos de via permanente no trecho entre Domingos de Moraes e Imperatriz Leopoldina. O intervalo médio será de 17 minutos em toda a linha.

Terça-feira: das 4h até meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. Das 8h às 18h, os serviços serão efetuados nas obras de infraestrutura nas proximidades da Estação Palmeiras-Barra Funda. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

Linha 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú]

Domingo: das 4h até meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, em razão de serviços no sistema de rede aérea. Para completar a viagem, será necessário fazer a transferência para os trens da Linha 8-Diamante. O intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.

Linha 10-Turquesa [Brás - Rio Grande da Serra]

Domingo: das 8h às 18h, os serviços ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Guapituba e Rio Grande da Serra. O intervalo médio será de 30 minutos no trecho entre Mauá e Rio Grande da Serra.

Terça-feira: das 8h às 18h, haverá intervenções na infraestrutura da passarela metálica, localizada nas proximidades da Estação Guapituba. O intervalo médio será de 30 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 11-Coral/Expresso Leste [Luz - Guaianases]

Domingo: das 4h até meia-noite, o intervalo médio será de 15 minutos em todo o Expresso Leste devido aos serviços que serão realizados no trecho da extensão Guaianazes - Estudantes.

Terça-feira: das 4h até meia-noite, o intervalo médio será de 15 minutos em todo o Expresso Leste devido as obras em andamento no trecho da extensão Guaianazes - Estudantes.


Linha 11-Coral/Extensão [Guaianases - Estudantes]

Domingo: das 4h às 13h, haverá intervenções nas obras da Estação Poá. O intervalo médio será de 22 minutos.

Terça-feira: das 4h até meia-noite, os serviços serão executados nas obras da nova estação Ferraz de Vasconcelos. O intervalo médio será de 15 minutos.

Linha 12-Safira [Brás - Calmon Viana]

Terça-feira: das 4h às 14h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Jardim Romano e Eng. Manoel Feio. A partir das 15h até o fim da operação comercial, as intervenções ficarão concentradas nas proximidades da Estação Engenheiro Goulart. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800- 0550121.
Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Assembleia de SP aprova passe livre para estudantes no Metrô, CPTM e na EMTU

Gratuidade beneficia alunos do ensino fundamental, médio e superior. Projeto do governador Geraldo Alckmin foi aprovado nesta quarta-feira.

Os deputados estaduais de São Paulo aprovaram nesta quarta-feira (11) o projeto de lei 1/2015, do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que autoriza a gratuidade aos estudantes nas tarifas do Metrô, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e dos ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

A isenção beneficia estudantes dos ensinos fundamental e médio matriculados em escolas públicas, e de ensino superior matriculados em universidades e faculdades públicas que comprovem baixa renda. As tarifas aumentaram de R$ 3 para R$ 3,50 em 6 de janeiro.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos estima que cerca de 65% dos estudantes que usam CPTM e Metrô terão direito ao benefício. A medida vai beneficiar todos alunos de escolas públicas do estado, incluindo os alunos das universidades públicas, Etecs e Fatecs.

Alunos de escolas particulares que comprovarem renda de até R$ 1.550 também serão beneficiados com a tarifa zero. De acordo com o governo do estado, também terão direito à gratuidade alunos de baixa renda cadastrados em programas estaduais que dão bolsas a universitários, como o Escola da Família e o Ler e Escrever, e os federais Prouni e Fies.

Projeto
Na justificativa do projeto, o governo estadual argumenta que a gratuidade total aos estudantes nos transportes públicos objetiva, além do atendimento aos comandos e princípios constitucionais, atender demandas sociais emergentes.

Também argumenta que município de São Paulo está autorizado desde dezembro de 2014, pela lei 16.097, a conceder isenção integral do pagamento da tarifa aos estudantes do ensino fundamental, médio e superior, e que os serviços de transportes operados pela CPTM e pelo Metrô se utilizam do Bilhete Único do município.

O governador anunciou em 30 de dezembro que enviaria à Assembleia o projeto do passe livre. A Prefeitura havia anunciado quatro dias antes a instituição da isenção para os estudantes nos ônibus municipais.

Custo x subsídios
O custo de operação do Metrô e da CPTM, juntos, é de R$ 4,9 bilhões ao ano. Sem o reajuste para R$ 3,50, a receita dos sistemas com a venda de passagens chegaria a R$ 3 bilhões, sobrando R$ 1,8 bilhão de despesas, pagas por meio de subsídios do Estado.

Com o reajuste da tarifa para R$ 3,50, a receita obtida com a venda de passagens subiu para R$ 3,5 bilhões, reduzindo em 23% os subsídios pagos pelo Estado.

A tarifa zero para estudantes vai gerar um impacto de R$ 53 milhões na receita dos sistemas de Metrô e CPTM. Com o reajuste da tarifa, a receita do sistema aumentará em 15%, de R$ 3 bilhões para R$ 3,5 bilhões – aumento suficiente para cobrir os descontos com a tarifa zero e reduzir em 8,2% os subsídios pagos pelo Estado de R$ 1,8 bilhão para R$ 1,4 bilhão.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Câmara aprova animais e bilhete do desempregado em ônibus de SP

Na tarde desta quarta-feira (11) a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em segunda votação, o projeto de lei do vereador David Soares, que autoriza o transporte de animais domésticos dentro dos ônibus.

O projeto de lei segue agora para sanção ou veto do prefeito, Fernando Haddad, que já havia mostrado parecer favorável à ideia. Se virar lei, apenas animais domésticos de até 10 quilos com compartimento adequado serão permitidos. Deve estar em posse do dono do animal um comprovante de vacinação do bicho.

Bilhete do Desempregado

Na sessão foi aprovado também o Projeto de Lei (PL) 842/2013, de autoria dos vereadores Mário Covas Neto (PSDB) e Toninho Vespoli (PSOL), que concede gratuidade no transporte público municipal aos munícipes que se encontram em situação de desemprego.

O benefício terá validade de 90 dias e poderá ser adquirido pelos munícipes que comprovarem situação de desemprego, desde que tenha sido demitidos sem justa causa há no mínimo um mês e no máximo seis meses.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Rede de Ônibus na Madrugada começa a operar neste mês com 151 linhas

 Passageiros terão 151 linhas de ônibus municipais para utilizar entre 0h e 4h, em todas as regiões da cidade

A partir de 28 de fevereiro , São Paulo terá uma nova rede de transporte público durante a madrugada. O serviço funcionará entre 0h e 4h, com 151 linhas , e foi criado para atender os locais com maior concentração de pessoas durante esse período, como hospitais, além de percorrer o trajeto das linhas do Metrô e áreas com casas noturnas.

No total, serão 151 linhas de ônibus. Destas, 50 são estruturais e operarão com intervalo de 15 minutos. Outras 101 farão o atendimento local, com intervalo de 30 minutos. A frota será de 454 veículos, com reserva operacional de 88 coletivos.

A Avenida Paulista é um dos locais que ganharão o serviço. Quem estiver na região da avenida mais famosa de São Paulo , entre 0h e 4h , poderá utilizar a linha N506/11 Terminal Sacomã - Metrô Vila Madalena.

As linhas terão a tarifa normal de R$ 3,50 e aceitarão todas as modalidades do Bilhete Único.

Baixe o mapa em PDF, clicando aqui!

Rede de Metrô

A rede de Metrô terá seus itinerários cobertos durante a faixa horária em que não opera. As linhas que farão essa cobertura são:

Linha 1-Azul:

Trecho Norte: A linha N201/11 atenderá do Tucuruvi até a Sé (Terminal Parque D. Pedro II)
Trecho Sul: A linha N604/11 atenderá da Sé (Terminal Parque D. Pedro II) ao Jabaquara

Linha 2-Verde:

A linha N506/11 atenderá entre as estações Vila Madalena e Sacomã. O atendimento às estações Vila Prudente e Tamanduateí será feito pelas linhas locais.

Linha 3-Vermelha:

Trecho Oeste: A linha N106/11 atenderá de Palmeiras-Barra Funda a Sé (Terminal Parque D. Pedro II).
Trecho leste: A linha N308/11 atenderá da Sé (Terminal Parque D. Pedro II) a Itaquera

Linha Amarela:

O trajeto entre Butantã e o Centro será atendido pela linha N801/11.

Linha Lilás

A linha N731/11 fará o atendimento desta linha. Esta linha é local e tem intervalo de 30 minutos.

Relação completa das linhas:

Área 1
N101/11 Term. Lapa - Term. Pq. Dom Pedro II
N102/11 Term. Lapa - Term. Pq. Dom Pedro II
N103/11 Term. Pirituba - Term. Lapa
N104/11 Term. Pirituba - Term. Lapa
N105-11 Term. Cachoeirinha - Term. Lapa
N106/11 Term. Pq. Dom Pedro II - Metrô Barra Funda
N131/11 Term. Lapa - Vila Piauí
N132/11 Term. Pirituba - Pq. São Domingos
N133/11 Term. Pirituba - Cidade D´Abril 3ª Gleba
N134/11 Term. Cachoeirinha - Taipas
N135/11 Term. Pirituba - Jd. Donária
N136/11 Term. Lapa - Morro Doce
N137/11 Term. Pirituba - Perus
N138/11 Term. Cachoeirinha - Jd. Princesa
N139/11 Term. Pirituba - Jd. Paulistano
N140-11 Term. Pirituba - Vila Mirante
N141/11 Term. Cachoeirinha - Jd. Carumbé
N142/11 Term. Pirituba - Term. Casa Verde
N143/11 Metrô Barra Funda - Morro Grande

Área 2
N201/11 Term. Pq. Dom Pedro II - Metrô Tucuruvi
N202/11 Metrô Santana - Term. Pinheiros
N203/11 Metrô Tucuruvi - Term. Pq. Dom Pedro II
N204/11 Metrô Tucuruvi - Term. Pq. Dom Pedro II
N205/11 Term. Cachoeirinha - Term. Pinheiros
N206/11 Term. Casa Verde - Metrô Santana
N207/11 Term. Casa Verde - Term. Pq. Dom Pedro II
N208/11 Term. Casa Verde - Metrô Vila Madalena
N209/11 Term. Cachoeirinha - Metrô Santana
N231/11 Term. Cachoeirinha - Pedra Branca
N232/11 Metrô Tucuruvi - Pq. Novo Mundo (Circular)
N233/11 Metrô Santana - Vila Sabrina (Circular)
N234/11 Metrô Tucuruvi - Lgo. Do Peri(Circular)
N235/11 Metrô Santana - Pedra Branca (Circular)
N236/11 Metrô Santana - Jd. Antártica (Circular)
N237/11 Metrô Tucuruvi - Edu Chaves (Circular)
N238/11 Metrô Santana - Cem. Pq. Dos Pinheiros (Circular)
N239/11 Metrô Tucuruvi - Vila Nova Galvão (Circular)
N240/11 Metrô Santana - Cachoeira
N241/11 Metrô Santana - Vila Albertina (Circular)
N242/11 Metrô Santana - Jd. Campo Limpo (Circular)
N243/11 Metrô Santana - Jd. Brasil
N244/11 Metrô Tucuruvi - Jd. Flôr de Maio (Circular)
N245/11 Metrô Santana - Jd. Pery Alto (Circular)

Área 3
N301/11 Term. A. E. Carvalho - Term. Pq. Dom Pedro II
N302/11 Term. A. E. Carvalho - Term. Pq. Dom Pedro II
N303/11 Term. A. E. Carvalho - Term. Aricanduva
N304/11 Term. São Miguel - Term. Aricanduva
N305/11 Term. São Miguel - CPTM Guainases
N306/11 Term. São Miguel - Metrô Itaquera
N307/11 Term. Pq. Dom Pedro II - Term. Pinheiros
N308/11 Metrô Itaquera - Term. Pq. Dom Pedro II
N331/11 Term. A. E. Carvalho - Oliveirinha (Circular)
N332/11 Term. A. E. Carvalho - Vila Císper (CPTM USP) (Circular)
N333/11 Term. São Miguel - Cidade Kemel (Circular)
N334/11 Term. A. E. Carvalho - Est. CPTM Guaianases (VIA JD.ROBRU)
N335/11 Term. Penha - Ermelino Matarazzo (Circular)
N336/11 Term. São Miguel - Jd. Camargo Velho (Circular)
N337/11 Term. São Miguel - Jd. Camargo Velho (Circular)
N338/11 Est. CPTM Guaianases - Lajeado (Circular)
N339/11 Metrô Itaquera - Artur Alvim (Circular)
N340/11 Metrô Itaquera - Jd. Santo Antônio (Circular)
N341/11 Term. São Miguel - Vila Císper (CPTM USP)(Circular)
N342/11 Term. Penha - Jd. Danfer (Circular)
N343/11 Term. A. E. Carvalho - Metrô Itaquera (Circular)
N344/11 Term. Penha - Vila Císper (Circular)

Área 4
N401/11 Term. Vila Carrão - Term. Pq. Dom Pedro II
N402/11 Metrô Itaquera - Term. Vila Carrão (VIA ARICANDUVA)
N403/11 Term. Cidade Tiradentes - Metrô Itaquera
N404/11 Term. São Mateus - Term. Penha
N405/11 Term. Vila Carrão - Metrô Itaquera
N406/11 Term. Cidade Tiradentes - Term. São Mateus
N407/11 Term. Vila Carrão - Metrô Belém (VIA ARICANDUVA)
N431/11 Term. São Mateus - Jd. Da Conquista (Circular)
N432/11 Term. São Mateus - Jd. Santo André (Circular)
N433/11 Term. Vila Carrão - Metrô Belém
N434/11 Term. Vila Carrão - Jd. IV Centenário/Aricanduva (Circular)
N435/11 Term. Cidade Tiradentes - Metalúrgicos (Circular)
N436/11 Term. Cidade Tiradentes - Barro Branco (Circular)
N437/11 Est. CPTM Guaianases - Term. Cidade Tiradentes (Circ)
N438/11 Metrô Itaquera - Hosp. Santa Marcelina (Circular)
N439/11 Metrô Itaquera - Cohab Fazendo do Carmo (Circular)
N440/11 Term. Vila Carrão - Savoy/Dalila (Circular)
N441/11 Term. Cidade Tiradentes - Vila Yolanda (Circular)

Área 5
N501/11 Term. São Mateus - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA ANHAIA MELO)N502/11 Term. Sacomã - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA AV. DO ESTADO) N503/11 Term. São Mateus - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA SAPOPEMBA) N504/11 Term. Sacomã - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA PAES DE BARROS)
N505/11 Term. Sacomã - Term. Pinheiros
N506/11 Term. Sacomã - Metrô Vila Madalena (VIA PAULISTA)
N507/11 Term. Sacomã - Metrô Santana
N508/11 Term. Sacomã - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA AV. NAZARÉ)
N531/11 Term. Sapopemba/Teotônio - Term. Sacomã (Circular)
N532/11 Term. Sapopemba/Teotônio - Hosp. São Mateus (via São Roberto)(Circular)
N533/11 Term. Sacomã - Jd. Planalto (Circular)
N534/11 Term. Sacomã - Vila Arapuá
N535/11 Term. Sacomã - Jd. Celeste (Circular)
N536/11 Term. Sacomã - Jd Itapolis
N537/11 Metrô Vila Mariana - Vila Prudente (Circular)
N538/11 Term. Sacomã - Jd. Celeste (Circular)
N539-11 Term. Sacomã - Hosp. Heliópolis (circular)

Área 6
N601/11 Term. Grajaú - Term. Pq. Dom Pedro II
N602/11 Term. Grajaú - Term. Santo Amaro (VIA ATLÂNTICA)
N603/11 Metrô Jabaquara - Term. Pinheiros
N604/11 Metrô Jabaquara - Term. Pq. Dom Pedro II
N631/11 Term. Grajaú - Term. Santo Amaro (V IA JD. PRIMAVERA)
N632/11 Term. Grajaú - Term. Santo Amaro (VIA RIO BONITO)
N633/11 Metrô Jabaquara - Morumbi Shopping (Circular)
N634/11 Term. Santo Amaro - Jd. Luso (Circular)
N635/11 Term. Grajaú - JD Gaivotas
N636/11 Term. Grajaú - JD Noronha
N637/11 Metrô Jabaquara - Jd Miriam
N638/11 Terminal Grajaú - UNISA
N639/11 Terminal Grajaú - Vargem Grande
N640/11 Terminal Santo Amaro - Eldorado

Área 7
N701/11 Term. Santo Amaro - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA SANTO AMARO/NOVE DE JULHO)
N702/11 Term. Santo Amaro - Term. Pq. Dom Pedro II (VIA IBIRAPUERA/23 DE MAIO)
N703/11 Term. Jd. Ângela - Term. Santo Amaro
N704/11 Term. Capelinha - Term. Santo Amaro (CORREDOR ITAPECERICA)
N705/11 Term. Santo Amaro - Term. Pinheiros
N706/11 Term. Campo Limpo - Term. Pinheiros
N731/11 Term. Capelinha - Term. Santo Amaro (VIA CARLOS CALDEIRA)
N732/11 Term. Jd. Ângela - TERM ROD. Jd. Jacira (Circular)
N733/11 Term. Jd. Ângela - Vila Gilda (VIA ARACATI) (Circular)
N734/11 Term. Capelinha - Valo Velho (Circular)
N735/11 Term. Capelinha - Jd. Guarujá (Circular)
N736/11 Term. Jardim Ângela - Jd. Horizonte Azul
N737/11 Term. Jardim Ângela - Parque do Lago
N738/11 Term. Guarapiranga - Parque do Lago
N739/11 Term. Capelinha - Jardim Universal
N740/11 Term. Jardim Ângela - JD. Riviera
N741/11 Term. Capelinha - Valo Velho (Circular)
N742/11 Term. João Dias - Term. Pinheiros (VIA GIOVANNI GRONCHI)
N743/11 Term. João Dias - Jd Planalto
N744/11 Term. João Dias - Jd. Vaz de Lima (Circular)
N745/11 Term. Capelinha - Term. Campo Limpo
N746/11 Term. Campo Limpo - Jardim Irene Transwolff

Área 8
N801/11 Term. Metrô Butantã - Term. Pq. Dom Pedro II
N802/11 Term. Pinheiros - Term. Pq. Dom Pedro II
N831/11 Term. Lapa - Pq. Da Lapa (Circular)
N832/11 Term. Lapa - Pq. Continental - (Circular)
N833/11 Term. Pinheiros - Ceasa (Circular)
N834/11 Term. Lapa - Term. Pinheiros (Circular)
N835/11 Term. Pinheiros - Jd. João XXIII (Circular)
N836/11 Term. Pinheiros - Pq. Continental (Circular)
N837/11 Term. João Dias - CDHU Butantã (Circular)
N838/11 Metrô Vila Madalena - CPTM Leopoldina (Circular)
N839/11 Metrô Butantã - Metrô Vila Mariana (Circular)
N840/11 Term. Vila Mariana - Santa Cecília (VIA ALAMEDA SANTOS) (Circular)
N841/11 Term. Vila Mariana - Santa Cecília (VIA SÃO CARLOS DO PINHAL) (Circular)
N842/11 Term. Pinheiros - Cohab Raposo Tavares (Circular)
N843/11 Term. Capelinha - Pq. Arariba

Fonte: SPTrans
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Funcionários do Metrô de São Paulo viram salva-vidas

Quatro dias depois de completar 60 anos, Severino José de Sousa Neto quase morreu do coração. O segurança aposentado voltava de uma festa de fim de ano promovida pelo sindicato a qual é filiado, na região da Sé. Eram 21h30 e ele começou a passar mal dentro de um trem do metrô. Caiu inconsciente e só foi acordar uma semana depois, em um leito de hospital.

Severino foi salvo por três seguranças do metrô. Tadeu Silva, de 34 anos, Arnaldo Marques Rodrigues, de 41 e Thiago Rocha Lúcio, de 29, integram o time de 3,5 mil funcionários da companhia que são treinados pelo Centro de Emergência do Instituto do Coração (Incor) e, portanto, estão capacitados a prestar o primeiro atendimento a passageiros  que sentirem-se mal em trens ou estações. Para tanto, têm uma ferramenta importante – em cada uma das estações paulistanas há um desfibrilador, um aparelho que emite choques elétricos que ajudam no trabalho de reavivamento das vítimas.

Severino não se lembra de nada – “nem do que aconteceu dias antes nem do que aconteceu dias depois” revela - , mas as câmeras de segurança registraram tudo. Naquela noite, ele foi puxado do vagão por um dos seguranças e acabou socorrido pelos três, em revezamento. Tomou quatro choques do desfibrilador. Só depois, já com o coração batendo, foi levado para a Santa Casa pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). “Essa agilidade é o que faz com que tenhamos um bom índice de sucesso”, explica o médico Maurício Monteiro Alves, do Departamento de Engenharia de Segurança e Saúde Ocupacional da companhia.

Salvamentos
Os números confirmam: dos 94 atendimentos do tipo realizado desde 2006, quando os desfibriladores foram espalhados pelas estações, em 49 foi possível recuperar os batimentos cardíacos da vítima – 52% dos casos, portanto.

Um número muito maior se comparado com a média registrada em ambientes públicos, por exemplo. “Se uma pessoa passa mal na rua, mesmo recebendo atendimento médico rápido, a chance de sobrevivência é de 14% a 25%. No Metrô, esse índice é bem maior, porque há desfibriladores em todas as estações, além de equipes treinadas. Por isso, a importância de haver um equipamento do tipo em todos os locais com grande aglomeração de pessoas, como estádios, cinemas”, explica Ari Timerman, diretor clínico do Instituto Dante Pazzanese.

Em casos do coração, rapidez no atendimento é determinante para aumentar as chances de sobrevivência. “A cada minuto sem socorro, diminui em 10% a chance de sobrevida. Se o atendimento não for iniciado em dez minutos, portanto, a chance de recuperação é quase zero”, afirma Timerman.

Desde que se recuperou, plenamente, no fim do ano passado, Severino queria conhecer os seguranças que o salvaram. O encontro finalmente aconteceu na tarde da última quarta-feira e lágrimas escorreram em todos os rostos presentes. Acompanhado pelo seu filho, o enfermeiro Daniel Moura de Sousa, de 29 anos, o sobrevivente – sem nenhuma seqüela – levou chocolates ao trio de seguranças. “Toda vez que vejo um segurança do Metrô, agora enxergo ali um herói, alguém que pode salvar vidas”, comenta ele. “Há 20 anos, meu pai teve um ataque cardíaco e não sobreviveu. Quando socorro alguém como o Severino, penso nele. Atendo como se fosse meu pai”, diz o segurança Arnaldo.

Orgulhoso da sua equipe, o médico Maurício também esteve presente. “O sucesso é graças a três fatores: comprometimento da equipe, treinamento e agilidade”, resume.

Fonte: Estadão

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô prepara esquema especial durante o Carnaval

Foto: Willian Molina

O Metrô preparou um esquema especial de operação para atender a população durante o Carnaval. Na próxima sexta-feira, dia 13, para atender os usuários que estiverem saindo da cidade, todas as linhas metroviárias contarão com frota máxima de trens em circulação.

Para quem não for viajar, mas pretende assistir aos desfiles das escolas de samba no Sambódromo, a dica é deixar o carro em casa e utilizar o transporte público. Na sexta-feira, a operação encerra à meia-noite. No sábado, como de costume, a operação comercial se encerra a 1h do domingo. De domingo a terça-feira, as estações permanecerão abertas no horário habitual, entre 4h40 e meia-noite. Para facilitar a chegada dos foliões, há linhas de ônibus que partem dos terminais das estações Palmeiras/Barra Funda e Portuguesa/Tietê do Metrô com destino ao local dos desfiles.

Nas estações, a recomendação para evitar acidentes é respeitar a sinalização e evitar aglomerações nas plataformas e mezaninos. Além disso, para não ter que "encarar" filas de última hora, o usuário também deve optar pela compra antecipada de sua viagem.

Quarta-Feira de Cinzas terá circulação de trens antecipada

Na quarta-feira de cinzas, dia 18, além das estações das linhas 1-Azul e 3-Vermelha, por onde desembarcam os usuários que chegam pelos terminais rodoviários Tietê, Jabaquara e Barra Funda, todas as estações da Linha 2-Verde e 4-Amarela também abrirão mais cedo, à partir das 4 horas. Na Linha 5-Lilás, a operação terá início no horário habitual; ou seja, a partir das 4h40.

Para mais informações sobre a rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro atende pelo 0800 770 7100 de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas e aos sábados e domingos, das 8 às 18 horas.

Fonte: Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Haddad desapropria terrenos de garagens de ônibus em São Paulo

Garagem de ônibus na zona oeste de São Paulo - Zanone Fraissat/Folhapress

O prefeito Fernando Haddad (PT) determinou a desapropriação de terrenos de garagens de ônibus. No total, são 433,2 mil metros quadrados, área equivalente a 61 estádios do Pacaembu. Os 12 decretos, que incluem 46 garagens, foram publicados nesta quinta-feira no “Diário Oficial”.

O objetivo é facilitar a concorrência e atrair empresas estrangeiras na nova licitação do setor de transportes, que deve ocorrer ainda no primeiro semestre. Hoje, poucas famílias monopolizam o serviço.

Os decretos não informam de onde virá o dinheiro para as desapropriações. O secretário municipal dos transportes, Jilmar Tatto, informou apenas que o prazo para realizar essas expropriações será de cinco anos. Segundo Tatto, o importante é garantir que os espaços não sejam comercializados, inclusive para outras atividades.

De acordo com a prefeitura, a medida é fundamental para atrair novas empresas porque conseguir espaços desse porte na cidade é impossível.

Com a desapropriação dos terrenos, a prefeitura passaria a ser dona das áreas, que seriam oferecidas às empresas por meio de concessão.

Procurado, o SP Urbanuss (sindicato das empresas de ônibus) não quis se manifestar sobre os decretos.

A prefeitura pretende fazer as licitações separadamente, para três formatos de transporte. No chamado formato estrutural, operariam ônibus articulados que transitam por corredores e grandes avenidas. No formato coletor, veículos de tamanho médio levariam os passageiros das áreas de grande fluxo para os corredores. Por fim, o Intra-bairro, que teria pequenos coletivos que transportariam as pessoas das áreas residenciais para os corredores.

Auditoria

Uma auditoria concluída no final do ano passado mostra que as empresas de ônibus contratadas pela prefeitura economizam cerca de R$ 1 milhão por dia com viagens não realizadas. O valor (cerca de R$ 30,8 milhões mensais) é referente às partidas que não são cumpridas.

Fonte: Metro Jornal

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô de São Paulo cobra R$ 3 a passagem por falta de troco

Leitor tirou foto de anúncio colado na Estação Sumaré. Metrô diz que 'estratégia de redução tarifária' foi 'solução momentânea'. 

O guichê da estação Sumaré da Linha 2 - Verde do Metrô cobra R$ 3 pela passagem na manhã desta segunda-feira (9). De acordo com o anúncio colado no vidro, o valor da tarifa está 50 centavos mais barato do que o oficial por "falta de troco".

Segundo o leitor que tirou a foto, o atendente disse que o "Banco Central estava com problemas na emissão de moedas", mas o leitor não encontrou o mesmo problema em outras estações.

O Metrô informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que, "para não prejudicar os passageiros em decorrência de uma falta momentânea de troco, adotou na estação Sumaré a estratégia de redução tarifária até que a questão fosse solucionada". A operação foi normalizada  no início da tarde e "os guichês da estação estão abastecidos com troco".

As passagens de ônibus, trens e Metrô de São Paulo subiram no dia 6 de janeiro. A tarifa passou de R$ 3 para R$ 3,50. O valor vale para os ônibus da capital paulista, além do Metrô e da CPTM, que atendem a região metropolitana. O valor da integração também subiu de R$ 4,65 para R$ 5,45.

O reajuste de R$ 3 para R$ 3,50 acontece um ano e meio após os protestos de junho de 2013, que fizeram a Prefeitura e o governo do estado revogarem um aumento de R$ 0,20 determinado naquele ano. Dessa forma, a tarifa permanecia no valor de R$ 3 desde 2011.

A Prefeitura de São Paulo argumenta que o aumento aplicado agora é menor do que a variação da inflação no período. Caso ela fosse aplicada, a passagem chegaria a R$ 3,75, segundo o governo municipal.
O novo aumento, porém, recebe críticas. O Movimento Passe Livre (MPL) já fez sete manifestações pela revogação do aumento e tarifa zero.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Relação de 150 linhas da Rede Noturna de ônibus

Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Atualizado as 23:45
Uma lista parcial com 129 novas (ou não tão novas) linhas, das 140 que vão compor o sistema noturno de ônibus foi divulgada em grupos de transporte do facebook. Nota-se que as novas ligações possuí uma identificação diferente das linhas que operam durante o dia, com a letra N no começo, depois com o número da região correspondente. 

A rede de ônibus da madrugada deve começar a operar em 28 de fevereiro com 140 linhas, e os intervalos entre os ônibus deve ser de 15 minutos. Confira por região e cor do ônibus:

Área 1 – ônibus verde claro
N101/11 Term. Lapa – Term. Pq. Dom Pedro II – Santa Brígida
N102/11 Term. Lapa – Term. Pq. Dom Pedro II – Santa Brígida
N103/11 Term. Pirituba – Term. Lapa – Santa Brígida
N104/11 Term. Pirituba – Term. Lapa – Santa Brígida
N106/11 Term. Pq. Dom Pedro II – Metrô Barra Funda – Gato Preto
N131/11 Term. Lapa – Vila Piauí – Santa Brígida
N132/11 Term. Pirituba – Pq. São Domingos – Santa Brígida
N133/11 Term. Lapa – Cidade D´Abril 3ª Gleba – Santa Brígida
N134/11 Term. Cachoeira – Taipas – Santa Brígida
N135/11 Term. Pirituba – Jd. Donária – Santa Brígida
N136/11 Term. Lapa – Morro Doce – Santa Brígida
N137/11 Term. Pirituba – Perus – Fênix
N138/11 Term. Cachoeirinha – Jd. Princesa – Santa Brígida
N139/11 Term. Pirituba – Jd. Paulistano – Transcooper
N141/11 Term. Cachoeirinha – Jd. Carumbé – Fênix
N142/11 Term. Pirituba – Term. Casa Verde – Transcooper
N143/11 Metrô Barra Funda – Morro Grande – Gato Preto
Área 2 – ônibus azul escuro
N201/11 Metrô Tucuruvi – Term. Pq. Dom Pedro II – Sambaíba
N202/11 Metrô Santana – Term. Pinheiros – Sambaíba
N203/11 Metrô Tucuruvi – Term. Pq. Dom Pedro II – Sambaíba
N204/11 Metrô Tucuruvi – Term. Pq. Dom Pedro II – Sambaíba
N205/11 Term. Cachoeirinha – Term. Pinheiros – Sambaíba
N206/11 Term. Casa Verde – Metrô Santana – Sambaíba
N207/11 Term. Casa Verde – Term. Pq. Dom Pedro II – Sambaíba
N208/11 Term. Casa Verde – Metrô Vila Madalena – Sambaíba
N209/11 Term. Cachoeirinha – Metrô Santana – Sambaíba
N231/11 Term. Cachoeirinha – Pedra Branca – Fênix
N232/11 Metrô Tucuruvi – Pq. Novo Mundo (Circular) – Transcooper
N233/11 Metrô Santana – Vila Sabrina (Circular) – Sambaíba
N234/11 Metrô Tucuruvi – Lgo. Do Pery (Circular) – Transcooper
N235/11 Metrô Santana – Pedra Branca (Circular) – Sambaíba
N236/11 Metrô Santana – Jd. Antártica (Circular) – Sambaíba
N237/11 Metrô Tucuruvi – Edu Chaves (Circular) – Sambaíba
N238/11 Metrô Santana – Cem. Pq. Dos Pinheiros (Circular) – Sambaíba
N239/11 Metrô Tucuruvi – Vila Nova Galvão (Circular) – Sambaíba
N240/11 Metrô Santana – Cachoeira – Sambaíba
N241/11 Metrô Santana – Vila Albertina (Circular) – Transcooper
N242/11 Metrô Santana – Jd. Campo Limpo (Circular) – Sambaíba
N243/11 Metrô Santana – Jd. Brasil – Sambaíba
N244/11 Metrô Tucuruvi – Jd. Flôr de Maio (Circular) – Sambaíba
N245/11 Metrô Santana – Jd. Pery Alto (Circular) – Sambaíba
Área 3 – ônibus amarelo
N301/11 Term. A. E. Carvalho – Term. Pq. Dom Pedro II – VIP
N302/11 Term. A. E. Carvalho – Term. Pq. Dom Pedro II – VIP
N303/11 Term. A. E. Carvalho – Term. Aricanduva – VIP
N304/11 Term. São Miguel – Term. Aricanduva – VIP
N305/11 Term. São Miguel – CPTM Guainases – VIP
N306/11 Term. São Miguel – Metrô Itaquera – VIP
N307/11 Term. Pq. Dom Pedro II – Term. Pinheiros – VIP
N308/11 Metrô Itaquera – Term. Pq. Dom Pedro II – VIP
N331/11 Term. A. E. Carvalho – Oliveirinha (Circular) – VIP
N332/11 Term. A. E. Carvalho – Vila Císper (Circular) – Allianz
N333/11 Term. São Miguel – Cidade Kemel (Circular) – Transunião
N334/11 Term. A. E. Carvalho – Est. CPTM Guaianases – VIP
N335/11 Term. Penha – Ermelino Matarazzo (Circular) – VIP
N336/11 Term. São Miguel – Jd. Camargo Velho (Circular) – VIP
N337/11 Term. São Miguel – Jd. Camargo Velho (Circular) – VIP
N338/11 Est. CPTM Guaianases – Lajeado (Circular) – VIP
N339/11 Metrô Itaquera – Artur Alvim (Circular) – VIP
N340/11 Metrô Itaquera – Jd. Santo Antônio (Circular) – VIP
N341/11 Term. São Miguel – Vila Císper (Circular) – Qualibus
N342/11 Term. Penha – Jd. Dânfer (Circular) – VIP
N343/11 Term. A. E. Carvalho – Metrô Itaquera (Circular) – VIP
N344/11 Term. Penha – Vila Císper (Circular) – Allianz
Área 4 – ônibus/trólebus vermelho
N401/11 Term. Vila Carrão – Term. Pq. Dom Pedro II – Ambiental
N402/11 Term. Vila Carrão – Metrô Itaquera – Ambiental
N403/11 Term. Cidade Tiradentes – Metrô Itaquera – Express
N404/11 Term. São Mateus – Term. Penha – Ambiental – Express
N405/11 Term. Vila Carrão – Metrô Itaquera – Ambiental – Express
N406/11 Term. Cidade Tiradentes – Term. São Mateus – Express
N407/11 Term. Vila Carrão – Metrô Belém – Express
N431/11 Term. São Mateus – Jd. Da Conquista (Circular) – Allianz
N432/11 Term. São Mateus – Jd. Santo André (Circular) – Express
N433/11 Term. Vila Carrão – Metrô Belém – Express
N434/11 Term. Vila Carrão – Jd. IV Centenário (Circular) – Express
N435/11 Term. Cidade Tiradentes – Metalúrgicos (Circular) – Express
N436/11 Term. Cidade Tiradentes – Barro Branco (Circular) – Pessego
N437/11 Est. CPTM Guaianases – Term. Cidade Tiradentes (Circ) – Express
N438/11 Metrô Itaquera – Hosp. Santa Marcelina (Circular) – Pessego
N439/11 Metrô Itaquera – Cohab Fazendo do Carmo (Circular) – Express
N440/11 Term. Vila Carrão – Savoy/Dalila (Circular) – Pessego
N441/11 Term. Cidade Tiradentes – Vila Yolanda (Circular) – Express
Área 5 – ônibus verde escuro
N501/11 Term. São Mateus – Term. Pq. Dom Pedro II – Via Sul
N502/11 Term. Sacomã – Term. Pq. Dom Pedro II – Via Sul
N503/11 Term. São Mateus – Term. Pq. Dom Pedro II – Via Sul
N504/11 Term. Sacomã – Term. Pq. Dom Pedro II – Via Sul
N505/11 Term. Sacomã – Term. Pinheiros – Via Sul
N506/11 Term. Sacomã – Metrô Vila Madalena – Via Sul
N507/11 Term. Sacomã – Metrô Santana – Via Sul
N508/11 Term. Sacomã – Term. Pq. Dom Pedro II – Via Sul
N531/11 Term. Sapopemba – Term. Sacomã (Circular) – Via Sul
N532/11 Term. Sapopemba – Hosp. São Mateus (Circular) – Via Sul
N533/11 Term. Sacomã – Jd. Planalto (Circular) – Via Sul
N534/11 Term. Sacomã – Vila Arapué – Move SP
N535/11 Term. Sacomã – Jd. Celeste (Circular) – Via Sul
N536/11 – Term. Sacomã – Jd Itapolis – Move SP
N537/11 Metrô Vila Mariana – Vila Prudente (Circular) – Via Sul
N538/11 Term. Sacomã – Jd. Celeste (Circular) – Via Sul
Área 6 – ônibus azul claro
N601/11 Term. Grajaú – Term. Pq. Dom Pedro II – Cidade Dutra
N602/11 Term. Grajaú – Term. Santo Amaro – Cidade Dutra
N603/11 Metrô Jabaquara – Term. Pinheiros – Mobibrasil
N604/11 Metrô Jabaquara – Term. Pq. Dom Pedro II – Tupi
N631/11 Term. Grajaú – Term. Santo Amaro – Cidade Dutra
N632/11 Term. Grajaú – Term. Santo Amaro – Cidade Dutra
N633/11 Metrô Jabaquara – Morumbi Shopping (Circular) – Tupi
N634/11 Term. Santo Amaro – Jd. Luso (Circular) – Mobibrasil
N635/11 Term. Grajaú – JD Gaivotas – Transwolf
N636/11 Term. Grajaú – JD Noronha – Transwolf
N637/11 Metrô Jabaquara – Jd Miriam – A2 Transportes
N638/11 Terminal Grajaú – Usina – Transwolf
N639/11 Terminal Grajaú – Vargem Grande – Cidade Dutra
N640/11 Terminal Santo Amaro – Eldorado – Tupi
Área 7 – ônibus vinho
N701/11 Term. Santo Amaro – Term. Pq. Dom Pedro II – VIP
N702/11 Term. Santo Amaro – Term. Pq. Dom Pedro II – Gatusa
N703/11 Term. Jd. Ângela – Term. Santo Amaro – Campo Belo – Campo Belo
N704/11 Term. Capelinha – Term. Santo Amaro – Campo Belo – Campo Belo
N705/11 Term. Santo Amaro – Term. Pinheiros – VIP
N706/11 Term. Campo Limpo – Term. Pinheiros – Campo Belo
N731/11 Term. Capelinha – Term. Santo Amaro – Campo Belo
N732/11 Term. Jd. Ângela – Jd. Jacira (Circular) – VIP
N733/11 Term. Jd. Ângela – Vila Gilda (Circular) – VIP
N734/11 Term. Capelinha – Valo Velho (Circular) – Campo Belo
N735/11 Term. Capelinha – Jd. Guarujá (Circular) – Campo Belo
N736/11 Term. Jardim Ângela – Jd. Horizonte Azul –
N737/11 Term. Jardim Ângela – Parque do Lago
N738/11 Term. Guarapiranga – Parque do Lago
N739/11 Term. Capelinha – Jardim Universal
N740/11 Term. Jardim Ângela – Riviera
N741/11 Term. Capelinha – Valo Velho (Circular) – Campo Belo
N742/11 Term. João Dias – Term. Pinheiros – Trankuba
N743/11 Term. João Dias – Jd Planalto
N744/11 Term. João Dias – Jd. Vaz de Lima (Circular) – Campo Belo
N745/11 Term. Capelinha – Term. Campo Limpo – Transkuba
N746/11 Term. Campo Limpo – Jardim Irene
Área 8 – ônibus laranja
N801/11 Metrô Butantã – Term. Pq. Dom Pedro II – Transppass
N802/11 Term. Pinheiros – Term. Pq. Dom Pedro II – Gato Preto
N831/11 Term. Lapa – Pq. Da Lapa (Circular) – Gato Preto
N832/11 Pq. Continental – Term. Lapa (Circular) – Transppass
N833/11 Term. Pinheiros – Ceasa (Circular) – Gato Preto
N834/11 Term. Lapa – Term. Pinheiros (Circular) – Gato Preto
N835/11 Term. Pinheiros – Jd. João XXIII (Circular) – Transppass
N836/11 Term. Pinheiros – Pq. Continental (Circular) – Transppass
N837/11 Term. João Dias – CDHU Butantã (Circular) – Alfa Rodobus
N838/11 Metrô Vila Madalena – CPTM Leopoldina (Circular) – Gato Preto
N839/11 Metrô Butantã – Metrô Vila Mariana (Circular) – Gato Preto
N840/11 Term. Vila Mariana – Santa Cecília (Circular) – Transppass
N841/11 Term. Vila Mariana – Santa Cecília (Circular) – Transppass
N842/11 Term. Pinheiros – Cohab Raposo Tavares (Circular) – Transppass
N843/11 Term. Capelinha – Pq. Arariba – Alfa Rodobus

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: