Nova licitação da Linha 4 Amarela deve ocorrer em 1 mês

Imagem: Digna Imagem/Clóvis Ferreira

De acordo com artigo publicado hoje pela Folha de São Paulo, os cofres públicos devem sofrer duplo prejuízo com a rescisão do contrato do Metrô com o consórcio espanhol Isolux Corsán-Corviam, que estava a cargo das obras da linha 4 – amarela.

O primeiro motivo trata-se que o Governo terá que fazer uma nova licitação. Segundo Clodoaldo Pelissioni, secretário estadual dos transportes metropolitanos, afirma que documentos serão enviados na próxima semana ao Banco Mundial, que é o financiador da obra.

Esperamos que entre o final de agosto e o início de setembro consigamos publicar a licitação, para poder retomar as obras [as estações] no início do próximo ano”, diz.

Caso siga este prazo, as estações devem seguir o seguinte cronograma de entrega: Oscar Freire, Higienópolis-Mackenzie e São Paulo-Morumbi para 2017 e Vila Sônia para 2018.

O segundo motivo que trará danos financeiros ao Governo do Estado é o contrato que o Metrô tem com o consórcio ViaQuatro, que opera a linha atualmente, e tem direito de operar o ramal por 30 anos. A empresa diz que tem sido prejudicada financeiramente com os atrasos de entrega de estação e que toda a linha deveria estar pronta em 2010.

Não foram divulgado valores da ação que a ViaQuatro está pedindo ao Governo. Pelissioni diz que o caso está em discussão na Justiça.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin quer proibir consórcio de participar de licitações em São Paulo

Contrato com empresa espanhola foi rompido após linha de metrô atrasar. Governo vai lançar nova licitação para conclusão de estações.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta sexta-feira (31) que pretende que o consórcio Isolux Corsán-Corvian seja proibido de participar de novas licitações no Estado de São Paulo. O consórcio era responsável pela construção de estações da Linha 4-Amarela, mas o governo anunciou o rompimento do contrato na quinta-feira (30), após seguidos atrasos.

"O contrato já foi rompido, o consórcio tomará todas as multas previstas e ficará proibido de operar no estado de São Paulo e participar de qualquer licitação. E vamos relicitar", afirmou o governador em visita ao município de Lençóis Paulista, na região de Bauru.

O impedimento para participar de novas licitações depende de uma decisão judicial.

Segundo Alckmin, a nova licitação deve sair nas próximas semanas. Ele citou o acordo feito há dois meses com a empresa para que as estações Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire, as mais adiantadas, saíssem do papel. "Dois meses depois pifa de novo, não consegue terminar, entao não tem mais o que esperar.", disse.

As estações Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie deveriam ser entregues em 2016, mas vão atrasar pelo menos um ano porque será aberta uma nova licitação no segundo semestre deste ano.

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, afirmou ainda que vai cobrar uma multa, prevista em contrato, de R$ 23 milhões do consórcio por causa de abandono da obra, descumprimento de normas de qualidade e segurança, além da ausência de pagamento das empresas subcontratadas.

Já o consórcio afirmou que não foi o governo que rescindiu o contrato e sim a própria empresa, porque o Metrô não entregou projetos executivos indispensáveis para a continuidade das obras.

O consórcio diz que "há cerca de 15 dias" entregou ao Metrô uma carta em que solicitava a regularização dos aditivos e a entrega de projetos executivos, sem os quais a continuidades das obras tornava-se impossível.

"Como não houve nenhuma manifestação do Metrô, reforçando as limitações gerenciais daquele órgão, a empresa tomou a decisão de pedir a rescisão do contrato e encaminhar a questão para um processo de arbitragem. Isto também significa que nenhuma multa foi aplicada", informou a empresa.

O consórcio ainda informou que vai encaminhar a questão em um processo de arbitragem (leia a íntegra da nota ao final da reportagem).

O que falta
Além das estações Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire, ainda falta a construção das estações São Paulo-Morumbi e Vila Sônia. Uma licitação também precisou ser aberta para concluir as obras das duas últimas estações porque o consórcio Isolux Córsan-Corviam parou as obras na Linha 4.

"Iniciadas as obras no começo do ano [2016], em 12 meses nos vamos entregar Higienópolis, em 15 meses Oscar Freire, 18 meses Morumbi e 24 meses a Vila Sônia", afirmou o secretário estadual de Transportes Metropolitanos.

Linha Amarela do Metrô (Foto: Arte/G1)

Licitações e suspensões
A Linha 4 terá 11 estações, ao longo de quase 13 km entre a Luz e a Vila Sônia. O contrato para início da primeira fase das obras foi assinado em novembro de 2006. As primeiras estações inauguradas foram Paulista e Faria Lima, em maio de 2010. A segunda fase de obras teve licitação fechada em 2012 por R$ 1,8 bilhão. Mas, dentro desta etapa, apenas a estação Fradique Coutinho foi aberta, em novembro de 2014.

Depois de ficarem suspensos em 2014, somente os trabalhos nas estações Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire foram retomados em abril deste ano, quando o Metrô e a construtora fecharam um acordo. O governo já havia ameaçado romper o contrato por causa de atrasos na obra, mas decidiu pagar mais R$ 20 milhões para o consórcio responsável.

O contrato inicial da linha era de R$ 172 milhões para a construção do Pátio Vila Sônia e das futuras estações Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire. O consórcio Isolux Corsán-Corviam, responsável pelo trabalho, já havia recebido do governo paulista quase R$ 19 milhões no ano passado e mais R$ 20 milhões em 2015. Com os aditivos, o valor inicial subiu para R$ 212 milhões.

Obra de estação da Linha 4-Amarela do Metrô parada em fevereiro de 2015 (Foto: Reprodução TV Globo)Obra de estação da Linha 4-Amarela do Metrô parada em fevereiro de 2015 (Foto: Reprodução TV Globo)
Leia a íntegra da nota do consórcio Isolux Corsán-Corviam:
Relativamente às obras de estações da Linha 4 - Amarela, a Isolux Corsan informa que, há cerca de 15 dias, entregou ao Metrô uma carta em que solicitava a regularização dos aditivos e a entrega de projetos executivos, sem os quais a continuidades das obras tornava-se impossível. Como não houve nenhuma manifestação do Metrô, reforçando as limitações gerenciais daquele órgão, a empresa tomou a decisão de pedir a rescisão do contrato e encaminhar a questão para um processo de arbitragem. Isto também significa que nenhuma multa foi aplicada.

A Isolux Corsan já apresentou ao Metrô um plano de desmobilização das obras e lamenta que o desfecho tenha sido este, mas está convencida que a decisão tomada era a única possível.

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Parte de Guichês de Venda de Bilhete Único estão fechados no Metrô

O passageiro que quiser comprar créditos no Bilhete Único em parte das estações do Metrô podem encontrar os guichês fechados. O Metrô informou que por termino de um contrato com empresas prestadoras, 24 estações estão sem a venda presencial. A compra nas maquinas, no entanto, permanecem operando.

O usuário pode ainda adquirir créditos por meio de smartphone, baixando o aplicativo Ponto certo ou no site da SPtrans.

O Metrô relacionou ainda as estações em que os guiches permanecem operando:
– Linha 1 – Azul: Jabaquara, Conceição, Vergueiro, São Joaquim, Liberdade, Sé, São Bento, Luz, Tiradentes, Portuguesa-Tietê e Carandirú

– Linha 2 – Verde: Chácara Klabin, Trianon-Masp, Consolação, Clínicas, Santuário Nossa Senhora de Fátima-Sumaré, Vila Madalena

– Linha 3 – Vermelha: Carrão, Tatuapé, Belém, Bresser-Mooca, Brás, Pedro II, Anhangabaú, República, Santa Cecília, Marechal Deodoro e Palmeiras-Barra Funda

– Linha 4 – Amarela: Butantã, Pinheiros, Faria Lima, Fradique Coutinho, Paulista, República e Luz

– Linha 5 – Lilás: Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro, Largo Treze e Adolfo Pinheiro.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Invadir faixa exclusiva de ônibus se torna infração gravíssima

O motorista que invadir faixas e corredores de ônibus em todo o Brasil, e for autuado, deverá a partir de agora receber multa classificada como gravíssima, com pagamento de R$ 191,54 e acréscimo de 7 pontos na carteira de habilitação. A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira (31) a lei proposta pelo Congresso.

O motorista pode ter ainda o veículo apreendido: “na faixa ou via de trânsito exclusivo, regulamentada com circulação destinada aos veículos de transporte público coletivo de passageiros, salvo casos de força maior e com autorização do poder público competente: Infração – gravíssima; Penalidade – multa e apreensão do veículo; Medida Administrativa – remoção do veículo.” – diz o texto aprovado.

A nova determinação também proibi a dupla função dos motoristas de ônibus, mas não estende a penalidade as cobranças de tarifa feitas com o veículo parado. Esta previsto também que motoristas profissionais ao atingir 14 pontos na CNH, devem ser submetidos a reciclagem.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

​Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste final de semana (01 e 02 de agosto)

Neste fim de semana, 1º e 2 de agosto, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização e manutenção preventiva em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea nas proximidades da Estação Franco da Rocha. 

Das 4h às 12h, serão realizados serviços de infraestrutura e manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente na região da Estação da Luz.

O intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Luz e Caieiras e 30 minutos entre Caieiras e Francisco Morato.

Linha 8-Diamente (Júlio Prestes-Itapevi)

Domingo: das 4h às 7h, serviços de manutenção preventiva serão realizados no sistema de rede aérea entre as estações Carapicuíba e Antônio João. O intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba e 20 minutos entre Carapicuíba e Itapevi.

Das 9h às 19h, ocorrerão obras de modernização nas estações Jardim Belval e Jardim Silveira. Neste período, o intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Júlio Prestes e Barueri e 20 minutos entre Barueri e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú)

Sábado: a partir das 23h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Pinheiros e Vila Olímpia.  O intervalo médio será de 23 minutos em toda a linha.

Domingo: das 9h às 19h, serão executados serviços de manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente entre as estações Presidente Altino e Cidade Universitária. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

A partir das 23h, os trabalhos estarão concentrados no sistema de rede aérea entre as estações Santo Amaro e Jurubatuba. O intervalo médio será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral/Expresso Leste (Luz-Guaianases)

Sábado: a partir das 23h até o fim da operação comercial, haverá manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Tatuapé. O intervalo médio será de 11 minutos entre as estações Luz e Brás e 25 minutos entre Brás e Guaianases.

Domingo: das 4h às 12h, a manutenção preventiva será executada nos equipamentos de via permanente na região da Estação Luz.

Das 4h às 20h, também haverá manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera.

O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Luz e Guaianases durante toda a operação comercial.

Linha 11-Coral/Extensão (Guaianases-Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, em razão das obras no trecho entre Luz e Guaianases, o intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana)

Sábado: a partir das 23h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação USP Leste. O intervalo médio será de 30 minutos em toda a linha.

Domingo:  das 4h à meia-noite, as obras de modernização no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação USP Leste prosseguirão e o intervalo médio será de 30 minutos em toda a linha.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Consórcio diz que rompeu com o Metrô sobre obras da Linha 4 Amarela

O consorcio Isoluz Córsan-Corviam rebateu a informação do Governo do Estado de São Paulo, e divulgou que a própria empresa rompeu o contrato, por que o Metrô não teria entregado projetos executivos indispensáveis para a continuidade das construções. O consórcio informou ainda que vai encaminhar a questão em um processo de arbitragem.

Na manhã desta quinta-feira (30) o Governo Estadual afirmou que tinha rompido com o consórcio, responsável pelas construções das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia. 

Novos Prazos
O Secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, informou novos prazos para inauguração das quatro estações restantes da Linha 4-Amarela. 

A obra sendo retomada no começo de 2016 após a nova licitação, a inauguração de Higienópolis – Mackenzie será concluída em 12 meses, ou seja, inicio de 2017. Oscar Freire em 15 meses, sendo portanto no segundo trimestre de 2017. Já a estação São Paulo-Morumbi, em 18 meses, no meio de 2017, e por fim a estação Vila Sônia com um prazo de 24 meses, sendo entregue no começo de 2018.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governo do Estado de São Paulo rompe contrato de obras da Linha 4

O Governo do Estado de São Paulo vai reincidir o contrato com a Isolux Corsán, responsável pelas obras da segunda fase da Linha 4-Amarela, que correspondem às construções das Estações Vila Sônia, São Paulo-Morumbi, Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie, além da execução de um terminal de ônibus urbanos.

A informação foi dada pelo repórter Cesar Tralli, da TV Globo via twitter. O Consórcio afirma que não tem mais condições financeiras de tocar a obra. Uma nova licitação será feita, com pelo menos 6 meses de concorrência, e a nova expectativa é que as obras sejam retomadas só em 2016.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

"Mitos do Rock" invadem Estação Pinheiros da CPTM

Exposição reunirá cerca de 40 caricaturas de lendas do rock, a partir desta quinta-feira (30)

Os fãs de rock terão a oportunidade de ver seus ídolos retratados em forma de caricatura. Trata-se da exposição Mitos do Rock, que reunirá cerca de 40 caricaturas de lendas do rock, a partir desta quinta-feira (30), na Estação Pinheiros, na Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú), da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). 

Os retratos feitos pelo designer André Araújo representam estrelas de diversos gêneros do rock, do clássico Elvis Presley aos “metaleiros” Slash e Ozzy Osbourne, até os artistas nacionais como Pitty e Raul Seixas. 

As caricaturas já foram expostas em grandes festivais de música, como o LollaPalooza e o Monsters of Rock, e também já passaram por estações do Metrô.

Sobre o artista: o  paulistano André Araújo mora no bairro da Mooca. Formado em comunicação visual, há oito anos trabalha como designer. Sua história com o desenho vem da infância. Aos  oito anos, ele  já criava arte em qualquer pedaço de papel, dando forma as suas ideias. Com o tempo pegou a prática e hoje retrata figuras humanas da forma mais realista e viva possível. A exposição "Tribos Urbanas" rodou por três meses diversas estações do metrô paulistano. Depois veio a mostra "Olhar Hiper realista", no Club Transatlântico e agora “Mitos do Rock”.

De quinta-feira até domingo (02), o artista estará presente fazendo caricaturas ao vivo.

Confira os horários:
Quinta-feira (30/07), das 17h às 21h.
Sexta-feira (31/07), das 17h às 21h.
Sábado (01/08), das 15h às 18h. 
Domingo (02/08), das 15h às 18h.
Serviço:
Evento: Exposição Mitos do Rock
Local: mezanino da Estação Pinheiros, Linha 9-Esmeralda
Data: de 30/07 a 16/08

Fonte: Diário de São Paulo

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Novos ônibus com ar condicionado entram em operação em São Paulo

Fotos: Divulgação Transwolff

Desde a última segunda-feira (27) começaram a circular na cidade de São Paulo os primeiros ônibus com ar condicionado em substituição aos micro ônibus. Os veículos possuem também Wi-Fi, e estão atendendo às linhas 6030-10 – Unisa/Terminal Santo Amaro e 7055-10 – Jardim Guarujá – Terminal Campo Limpo, ambas operadas pela Transwolff Transportes, que adquiriu 50 ônibus zero quilômetro.

A nova licitação de transportes, que atualmente esta na fase de consulta pública prevê que todos os veículos do sistema sejam dotados de ar condicionado, além de um menor número de micro ônibus. O sistema terá um aumento de 24% da oferta de viagens e aumento de 13% de assentos disponíveis nos veículos, com a entrada de um número maior de superarticulados.

A quantidade de veículos deve ser reduzida dos atuais 14.770, para 12.898 veículos. Linhas também devem ser reformuladas afim de dar agilidade ao sistema.

ac1

Fonte: Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Confira em fotos um panorama das obras da Linha 15 Prata

Imagem acima do Pátio Oratório – Foto de Sergio Mazzi

Seguem as obras do Monotrilho da Linha 15-Prata na Zona Leste, no trecho entre a Estação Oratório até o bairro de São Mateus. As construções se concentram nas futuras estações, e também no desvio do córrego Mooca, sob a avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo, por onde irão ser erguidas as estações São Lucas, Camilo Haddad e Vila Tolstoi.

O Governo Estadual mantém o cronograma de entrega do trecho entre Oratório e São Mateus para o ano que vem. A linha completa vai ligar a estação Ipiranga da CPTM até o Hospital Cidade Tiradentes. Atualmente o monotrilho opera das 9h da manhã às 14h entre Vila Prudente e Oratório. Existe a expectativa da ampliação do horário de operação nas próximas semanas.

A seguir, imagens das obras que foram gentilmente cedidas por Fernando Giolo:

São Mateus:

19242300884_d36c43d14f_o



19838803996_a697e304cb_o

19865022245_ff80cfcdf9_o

Fazenda da Juta:

19676925828_b8af3063c8_o

19869912841_7db40f6266_o

Sapopemba/Teotônio Vilela:

19676934550_6c8c472b2d_o

19677002330_900dfdf37d_o

19678408049_bc05bbfabc_o

Jardim Planalto:

19244026583_9d2a5f6c44_o

19676927820_caac949c23_o

19869899621_e5fe234190_o

Vila União:

19244017163_cfedc785bf_o

19676904598_4d33a91e65_o

Vila Tolstói:

19676891968_9d7a809148_o

19676911060_6c96bd9f53_o

19838710046_ab97911d7e_o

Camillo Haddad:

19242247514_012bb589bf_o

19864916615_986710d629_o

São Lucas:

19676877238_2c41210e3b_o

19838692136_2ea8eb991a_o

19838693756_694904677b_o 

Fonte: Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste fim de semana (25 e 26 de julho)

Neste fim de semana, 25 e 26 de julho, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização e manutenção preventiva em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:
                                             
Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h às 16h30, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Lapa e Piqueri. O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato durante todo a operação comercial.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: a partir das 23h até o final da operação, haverá manutenção preventiva nos equipamentos de sinalização entre as estações Barueri e Itapevi. O intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Júlio Prestes e Barueri, e 20 minutos entre Barueri e Itapevi.

Domingo: das 4h à meia-noite, a manutenção preventiva será realizada no sistema de rede aérea entre as estações Osasco e Presidente Altino.

Das 9h às 19h, ocorrerão obras de modernização nas estações Jardim Belval e Jardim Silveira. Neste período, o intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Júlio Prestes e Barueri, e 20 minutos entre Barueri e Itapevi. Nos demais horários, o intervalo médio será de 10 minutos em toda a linha.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, em razão de serviços de manutenção preventiva no sistema de rede aérea. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante.

Das 9h às 19h, a manutenção preventiva será executada nos equipamentos de via permanente entre as estações Ceasa e Jaguaré.

A partir das 23h, os serviços de manutenção preventiva estarão concentrados nos equipamentos de sinalização nas proximidades da Estação Presidente Altino. Também serão feitas intervenções no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Pinheiros e Berrini.

O intervalo médio entre as estações Presidente Altino e Grajaú, será:
  • das 4h às 9h, 10 minutos;
  • das 9h às 19h, 15 minutos;
  • das 19h às 23h, 10 minutos;
  • das 23h até meia-noite, 25 minutos.
Linha 11-Coral/ Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão feitos serviços de manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Tatuapé.
Das 7h às 20h, haverá serviços de conservação da Estação Luz.
O intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianases, durante toda a operação comercial.

Linha 11-Coral/ Extensão (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 7h às 21h, haverá intervenções decorrentes das obras da nova Estação Suzano. O intervalo médio será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes, durante toda a operação comercial.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação USP Leste. O intervalo médio será de 30 minutos em toda a linha.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metroviários dizem que vão “resistir” sobre concessão da Linha 5

Após anúncio de concessão da Linha 5-Lilás do Metrô, feita pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o Sindicato dos Metroviários reagiram a declaração e prometem “resistir”. “O Sindicato dos Metroviários de São Paulo reafirma sua posição contrária a qualquer tipo de privatização” – diz a entidade em seu site oficial. Representantes da categoria devem conceder entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (22).

A linha 5 opera atualmente do Capão Redondo até a estação Adolfo Pinheiro, e esta sendo expandida até a Chácara klabin, cujo a obra esta sendo custeada pelo poder público. A concessão será apenas da operação.

A ligação metroviária pode ser estendida também para o Jardim Ângela, ao sul, onde estas obras poderão ser bancadas pela empresa ou consórcio que ganhar a concorrência. O Estado já iniciou os estudos de modelagem financeira e jurídica.

A Linha 5 é operada pelo Metrô desde sua inauguração, em 2002, assim como as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governo do estado vai conceder Linha 5-Lilás a iniciativa privada

O Governo de São Paulo deve conceder a operação da Linha 5-lilás para a iniciativa privada. De acordo com o Governador Geraldo Alckmin, um chamamento público será feito para a concessão de operação da linha, onde parte dela esta em obras, e no futuro ligará a estação Capão Redondo até a Chácara Klabin.

“Estamos abrindo o edital de concessão e a empresa que ganhar vai operar toda a Linha 5, inclusive a parte já concluída e em operação. Toda a Linha 5 será privada”, afirmou o governador
Segundo o Secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, existe a possibilidade do poder público exigir da iniciativa privada a construção da extensão da linha 5 rumo ao Jardim Ângela, a partir de Capão Redondo.

Monotrilho
O Governo estuda ainda conceder a operação de dois monotrilhos: A Linha 15-Prata, que ligará a Vila Prudente até a Cidade Tiradentes, e que já opera em horário reduzido da Vila prudente até Oratório, e a 17-Ouro, que em sua primeira fase vai ligar o aeroporto de congonhas até a estação Morumbi da CPTM.

Fonte: Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

SPUrbanuss diz que viações querem permanecer no sistema de São Paulo

“Todas as atuais empresas concessionárias têm interesse em continuar prestando serviços de transporte à população.”. É o que diz o presidente do SPUrbanuss – Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, Francisco Christovam em entrevista ao Blog Ponto de Ônibus, do jornalista Adamo Bazani.

Por outro lado, o Secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, disse que uma das medidas na nova licitação dos transportes era atrair empresários de outras localidades, inclusive de fora do país. A prefeitura inclusive trabalha para desapropriar as garagens, sobre o pretexto de que novos empresários não teriam terrenos para estacionar os veículos, caso estas empresas ganhassem a concorrência.

O sindicato reúne as empresas que hoje operam o chamado sistema estrutural da cidade de São Paulo: Viação Santa Brígida Ltda, Viação Gato Preto Ltda, Sambaíba Transportes Urbanos Ltda, VIP Transportes Urbanos Ltda, Ambiental Transportes Urbanos Ltda, Via Sul Transportes Urbanos Ltda, Viação Cidade Dutra Ltda, Tupi – Transportes Urbanos Piratininga Ltda, Mobi Brasil Transportes São Paulo Ltda, Viação Campo Belo Ltda, Viação Gatusa Transportes Urbanos Ltda, Transkuba Transportes Gerais Ltda, Transppass Transportes de Passageiros Ltda.

Apesar do número de empresas, os serviços são concentrados. Juntas, famílias como de José Ruas Vaz, de Belarmino de Ascenção Marta, Saraiva, Abreu, Pavani, Saad, Kuba, além da empresária de Recife, Niege Chaves, à frente da Mobibrasil, controlam quase a totalidade das linhas do sistema estrutural.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Extremo sul de São Paulo ganha linhas de ônibus após reivindicação

Imagem: Transwolff

A prefeitura de São Paulo implantou uma nova linha no extremo sul da capital, após reivindicação de movimentos sociais. A partir desta segunda-feira (20) começa a operar a ligação 6020/10 Chácara do Sol – Parelheiros, com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira das 05h10 às 20h00, além do atendimento 6020/51 entre a Estrada do Jusa – Parelheiros, com saídas de segunda a sexta-feira somente às 04h30 e 17h50.

A área coberta pela linha, porém, é de preservação ambiental. De acordo com a SPTrans, o serviço de transportes foi liberado após estudos da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Os ônibus são de responsabilidade da Transwolff Transportes.

Moradores da região afirmaram que chegavam a caminhar até sete quilômetros para ter acesso a rede de transportes. Em abril, um grupo de moradores chegou a interromper uma aula do prefeito Fernando Haddad na USP para exigir a criação das linhas de ônibus.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste final de semana (18 e 19 de julho)

Neste fim de semana, 18 e 19 de julho, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização e manutenção preventiva em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí)

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Pirituba e Caieiras, em razão de serviços de modernização no sistema de rede aérea e manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão. As senhas para utilização desses coletivos devem ser retiradas nas estações.

Das 8h às 17h, também haverá serviços de manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Várzea Paulista. O intervalo médio será de 28 minutos entre as estações Luz e Pirituba, e de 30 minutos entre Caieiras e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 9h às 19h, os trabalhos de manutenção preventiva serão realizados nos equipamentos de via permanente e no sistema de sinalização entre as estações Domingo de Moraes e Osasco. O intervalo médio será de 24 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: a partir das 23h até o fim da operação comercial, haverá serviços nos equipamentos de sinalização entre as estações Vila Olímpia e Berrini. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Jurubatuba e Autódromo. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Das 9h às 19h, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, devido aos serviços nos equipamentos de via permanente. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante.

A partir das 23h, os serviços estarão concentrados nos equipamentos de sinalização nas proximidades da Estação Pinheiros.

Linha 11-Coral/ Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h às 20h, serão executados serviços no sistema de rede aérea na região da Estação Tatuapé. O intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianases durante toda a operação comercial.

Linha 11-Coral/ Extensão (Guaianases – Estudantes)
Domingo: das 7h às 21h, serão realizadas intervenções decorrentes das obras de implantação nova Estação Suzano. O intervalo médio será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes durante toda a operação comercial.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação ficará interrompida, em função dos serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão, que percorrerão os seguintes itinerários:
 
  • Tatuapé – Itaim Paulista: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista. 
  • Itaim Paulista – Poá: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré. 
  • Brás – Tatuapé: os usuários deverão utilizar os trens do Expresso Leste, na Linha 11-Coral.
As senhas para utilização desses ônibus deverão ser retiradas na área interna das estações.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Apesar de aumento, motoristas não descartam greve de ônibus em São Paulo

Apesar do poder público ter concedido uma alta 6,82% na renumeração para as empresas de ônibus do sistema local de São Paulo durante uma reunião nesta quarta-feira (15), os ex-cooperados não descartam a possibilidade de greve para esta sexta-feira (17). As empresa que antes operavam em esquema de cooperativa querem um reajuste de 20%.

As linhas do sistema local operam sobretudo nos bairros da capital paulista, grande parte com veículos menores como micro ônibus e mini ônibus, e atendem a uma média de 3,3 milhões de passageiros diariamente.

O movimento grevista vem por parte do trabalhadores, que alegam que benefícios não estariam sendo cumpridos, além do piso salarial ser diferente das demais empresas.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Greve de ônibus em São Paulo: Haddad pede cautela

Motoristas e cobradores de ônibus do chamado sistema local ameaçam parar as atividades na próxima sexta-feira (17). Os ex-cooperados, que agora fazem parte de empresas dizem que não recebem o mesmo tipo de benefício dos trabalhadores das viações do sistema estrutural.

As cooperativas tiveram mudar o regime de funcionamento para cumprir recomendações vindas de uma auditoria feita no ano passado. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que é preciso ter cuidado nesta fase de licitação dos transportes:

“Toda transição enseja um cuidado, mas exige também responsabilidade das partes envolvidas. O que está em jogo é o direito dos trabalhadores ao transporte público, que é um serviço essencial. Temos que tomar cuidado nessa transição para encaminharmos da melhor maneira possível”, afirmou. 

Se a greve ocorrer de fato, a maior parte das linhas afetadas serão as que circulam nos bairros.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

São Paulo pode ter Greve de Ônibus nesta semana

Linhas de ônibus do chamado sistema local de São Paulo, que em sua maioria atendem aos bairros, podem entrar em greve ainda nesta semana. De acordo com o sindicato da categoria, cláusulas e convenções trabalhistas não estariam sendo respeitadas. As informações são do jornal “O Estado de São Paulo“.

O piso salarial da categoria estaria defasado, além da falta de pagamento de adicional de insalubridade, contribuições sindicais e previdência social. Um reunião foi realizada nesta segunda-feira (13), entre as ex-cooperativas e o Sindimotoristas, porém sem acordo.

As empresas, que eram cooperativas afirmam que não podem seguir as exigências porque recebem uma remuneração menor por parte da prefeitura. A mudança do tipo de empresa foi uma exigência da prefeitura para o processo licitatório do novo sistema de transportes.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Senado aprova MP que torna gravíssima infração de invasão à faixa de ônibus

O Senado aprovou na última quarta-feira (8) o PL 8/2015, que entre outras ações, torna a infração de leve para gravíssima a invasão de veículos nas faixas exclusivas de ônibus em todo o território nacional.

A medida provisória (MP) 673/2015 prevê até a apreensão dos veículos que desrespeitarem as vias exclusivas para o transporte coletivo. O projeto também torna como infração gravíssima o transporte pirata de passageiros.

O condutor autuado além do risco de ter seu veículo apreendido, poderá ter acrescentado 7 pontos na carteira de habilitação. A matéria agora segue para sanção.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

SPTrans divulga detalhes do Wi-Fi em novos ônibus

Foto: Elisa Rodrigues/SPTrans
 
Uma das novidades que se aguarda com a nova licitação dos transportes na cidade de São Paulo é o aumento da frota de ônibus com sinal Wi-Fi para os passageiros. O Blog Ponto de Ônibus listou alguns detalhes da funcionalidade, publicada no “Regulamento para disponibilização de acesso sem fio (wi-fi) gratuito à internet para os usuários do sistema de transporte público coletivo”. Confira:

O acesso à internet será oferecido por meio dos equipamentos de bilhetagem eletrônica, aquele que você valida o bilhete único para liberar a catraca. O sistema de wi-fi irá permitir que as empresas comercializem publicidade por meio dos dispositivos móveis usados pelos passageiros. Isso vai ocorrer, por exemplo, nas páginas de acesso ao wi-fi e dos termos de serviço que devem ser aceitos pelos passageiros. Do total em publicidade comercializada, 15% serão destinados à SPTrans.

A velocidade mínima de conexão deverá ser de “256 kbps efetivos (síncrona)”, ou seja, com diversas pessoas acessando ao mesmo tempo. O sinal de internet deve ser acessado ao mesmo tempo sem problemas por 30 pessoas em cada ônibus com conexão 3G ou 50 pessoas com conexão 4G.

Os serviços devem estar disponíveis para os principais sistemas operacionais como IOS, Android e Windows “com os padrões WIFI 802.11 b/g/n/ac”. Os equipamentos devem suportar temperaturas que variam entre 5 graus negativos e 40 graus. A unidade relativa do ar suportada deve ser de 95%.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura de São Paulo divulga edital de licitação dos serviços de ônibus

A prefeitura de São Paulo publicou o edital de licitação do sistema de ônibus da capital. Após a concorrência, o sistema deverá ter mais ofertas de viagens e lugares, com um número menor de veículos pequenos circulando, e a ampliação dos superarticulados. A quantidade de veículos no total deve ser reduzido dos atuais 14.770, para 12.898 veículos. Linhas também devem ser reformuladas afim de dar agilidade ao sistema.

O resultado da licitação sai entre outubro e novembro. A concorrência publica deverá ser pelo menor preço, ou seja, as SPEs – Sociedade de Propósito Específico (que reúne as empresas) que oferecerem as propostas com menores tarifas ganham a licitação.

Uma das formas de remuneração deverá ser por meio da qualidade dos serviços prestados, sendo 50% por passageiros transportados; 40% pelo cumprimento regular das viagens; e 10% por disponibilidade pontual da frota.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura de SP recebe sugestões sobre licitação de transportes

Qualquer cidadão poderá opinar sobre o sistema de transporte na cidade de São Paulo, no processo de licitação do setor. A Secretaria Municipal de Transportes abre consulta pública ao edital de licitação dos transportes a partir do dia 09 de julho até 10 de agosto.

As opiniões, sugestões e até críticas podem ser encaminhadas à Comissão Especial de Licitação, sendo que a solicitações devem ser feitas por escrito e protocoladas no setor responsável na SMT, de segunda a sexta-feira das 09 h às 12 h e das 14h às 17h. A Secretaria fica na Rua Boa Vista, 236, no Centro da cidade.

Também neste período, o edital de licitação pode ser consultado no site da própria prefeitura, ou ser disponibilizado na Secretaria, ficando a cargo do munícipe de levar um DVD virgem para gravação do documento no local. 

Após a consulta, entre os meses de setembro e outubro a prefeitura receberá as propostas das concorrentes. O resultado da licitação sai entre outubro e novembro.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste feriado

Neste fim de semana prolongado devido ao Dia da Revolução Constitucionalista, de 9 a 12 de julho, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) intensificará as obras de modernização e manutenção preventiva em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí)

Domingo: das 4h às 17h30, a circulação ficará interrompida entre as estações Pirituba e Caieiras, em razão de serviços de modernização no sistema de rede aérea e manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão. As senhas para utilização desses coletivos devem ser retiradas nas estações.
                                                                                                   
Das 4h às 17h30, também haverá intervenções visando a modernização do sistema de rede aérea entre as estações Água Branca e Piqueri. Por esse motivo, os trens não obedecerão parada na Estação Piqueri.

O intervalo médio será de 28 minutos entre as estações Luz e Pirituba, e 30 minutos entre Caieiras e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h à meia-noite, os trabalhos de manutenção preventiva serão realizados no sistema de rede aérea entre as estações Jandira e Itapevi.
Das 9h às 19h, também haverá manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente entre as estações Lapa e Presidente Altino.

Das 9h às 19h, o intervalo médio será de 25 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi. Nos demais horários, o intervalo médio será de 22 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Quinta-feira: das 4h à meia-noite, os trabalhos de manutenção estarão concentrados no sistema de rede aérea entre as estações Morumbi e Granja Julieta. O intervalo médio será de 12 minutos em toda a linha.

Sábado: a partir das 23h até o fim da operação comercial, haverá manutenção preventiva nos equipamentos de sinalização entre as estações Presidente Altino e Ceasa. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

Domingo: das 9h às 19h, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, devido aos serviços de manutenção preventiva. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. O intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.

A partir da 23h, os trabalhos de manutenção preventiva serão retomados nos equipamentos de sinalização na região da Estação Pinheiros. O intervalo médio será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral/ Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Quinta-feira: das 4h às 12h, haverá manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente entre as estações Luz e Brás.

Das 7h às 14h30, haverá intervenções visando a conservação da infraestrutura da Estação da Luz. O intervalo médio será de 12 minutos entre as estações Luz e Brás, e 30 minutos entre Brás e Guaianases.

Linha 11-Coral/ Extensão (Guaianases – Estudantes)

Quinta-feira: das 4h às 14h30, em razão das obras de implantação da nova Estação Ferraz de Vasconcelos e da manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente, no trecho entre Guaianases e Calmon Viana, o intervalo médio será de 35 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo: das 4h às 16h30, as intervenções decorrentes das obras de implantação da nova Estação Ferraz de Vasconcelos serão retomadas e o intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Quinta-feira: das 4h às 14h30, os trabalhos de modernização estarão concentrados no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio será de 30 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h às 17h30, a circulação ficará interrompida, em função dos serviços de modernização do sistema de rede aérea e manutenção preventiva nos equipamentos de via permanente. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão, que percorrerão os seguintes itinerários:

• Tatuapé – Itaim Paulista: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista.

• Itaim Paulista – Poá: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré.

• Brás – Tatuapé: os usuários deverão utilizar os trens do Expresso Leste, na Linha 11-Coral.

As senhas para utilização desses ônibus deverão ser retiradas na área interna das estações.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Fonte: CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô antecipa abertura de estações na próxima segunda-feira (13)

Na próxima segunda-feira (13), por conta do retorno do feriado prolongado da Revolução Constitucionalista de 1932, na quinta-feira, dia 9 de julho, o Metrô terá estratégia especial de operação. Para atender aos que retornam à capital, a abertura das estações será antecipada para as 4 horas da manhã nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha, por onde desembarcam os usuários que chegam pelos terminais rodoviários Tietê, Jabaquara e Barra Funda. 

 A medida também será adotada nas linhas 2-Verde, operada pelo Metrô, e 4-Amarela, operada pela concessionária ViaQuatro. Já na Linha 5-Lilás, a operação iniciará no horário habitual, ou seja, a partir das 4h40.

 No feriado de quinta-feira (9), a frota de trens em circulação será equivalente à utilizada aos domingos. O embarque no sistema metroviário portando bicicletas estará liberado durante toda a operação, sempre considerando o limite de 4 bikes por trem e o transporte no último vagão. 

Para mais informações sobre a rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro atende pelo 0800 770 7100 de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas e aos sábados e domingos, das 8 às 18 horas.

Fonte: Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linhas da EMTU terão reajuste na tarifa nesta quinta-feira (9)

A partir desta quinta-feira (9) parte das linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, terão reajuste nas tarifas, mais especificamente nas linhas operadas pelo Consórcio Anhanguera. O reajuste é por conta no aumento de pedágios.

As linhas que terão o amento são:
– 324 Santana de Parnaíba (Colinas da Anhanguera) / Barueri (Parque Imperial)
– 324 BI1 Santana de Parnaíba (Jardim São Luís) / Barueri (Parque Imperial)
– 352 Santana de Parnaíba (Cidade de São Pedro) / São Paulo (Lapa)
– 386 Santana de Parnaíba (Várzea de Souza) / São Paulo (Pinheiros)
– 462 Santana de Parnaíba (Cidade de São Pedro) / Osasco (Centro)
– 462 BI1 Santana de Parnaíba (Várzea de Souza) / Osasco (Centro)
– 467 Santana de Parnaíba (Centro) / São Paulo (Lapa)
– 524 Barueri (Trevo de Alphaville) / São Paulo (Terminal Rodoviário Barra Funda)
– 564 Santana de Paranaíba (Centro) / São Paulo (Morro Doce)
– 565 Santana de Parnaíba (Cidade de São Pedro – Gleba C) / São Paulo (Lapa)

Os valores devem ser divulgados nesta quarta-feira (8).

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: