TCE libera licitação da Linha 4-Amarela do Metrô

A licitação de obras de finalização na segunda fase da Linha 4-Amarela do Metrô foi liberada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), nesta quarta-feira, 30 de março. 

As construções estão paradas desde julho do ano passado, após rompimento de contrato com o consórcio responsável pelas obras. O conselheiro Antonio Roque Citadini paralisou o processo, após apontado falha no edital por uma empresa. Os conselheiros julgaram a representação improcedente, e o Metrô deve agora prosseguir com o processo.

As entregas eram previstas inicialmente para 2012, depois foram postergadas para 2014 e agora as inaugurações das estações Higienopolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia, devem ficar para meados de 2018.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Unidade Brasileira da Hyundai Rotem é oficialmente inaugurada

Fotos: A2img / Ciete Silvério 

A empresa Hyundai Rotem abre as portas oficialmente nesta quarta-feira, 30 de março de 2016, em Araraquara, às margens da Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP-255). Possuí 21 mil metros quadrados de área construída, sendo a segunda maior fábrica da empresa no mundo e a primeira no Brasil, visando atender também a América Latina.

Existem encomenda para produção de 240 carros da CPTM e 112 carros para o Metrô de Salvador. “Trabalhamos muito para trazer a Hyundai Rotem para Araraquara. Conseguimos passar confiança e demonstrar o potencial da cidade para receber um investimento como este. Agora, com a entrega oficial da unidade local, vemos concretizado esse projeto que, sem dúvida, traz desenvolvimento, emprego, renda e mais qualidade de vida para a população”, afirma o prefeito Marcelo Barbieri.

fabrica-rotem-1

fabrica-rotem-cptm3


fabrica-rotem-cptm2

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras na Linha 13 Jade da CPTM chegam a 30% de conclusão

Foto: A2img | Eduardo Saraiva

As construções da Linha 13-Jade da CPTM [Engenheiro Goulart – Aeroporto de Guarulhos] atingiram a marca de 30% de conclusão. O Governador Geraldo Alckmin participou nesta terça-feira (29) de uma cerimônia de içamento de duas vigas ao longo de um trecho em elevado. “Hoje vamos lançar mais uma viga. Estamos com as obras das estações com mais de 30% já executada”, disse o governador.

A expectativa é que a nova ligação ferroviária atenda a uma demanda de 130 mil passageiros por dia útil. Oito trens estão sendo comprados para atender aos usuários.

a2img-eduardo-saraiva-linha13-jade-cptm1

Não foram divulgados prazos para início das operações. No começo de março, em entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo”, o Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse que a conclusão dos trabalhos havia sido postergado para 2019. O motivo apontado são mudanças no elevado que deve abrigar a via férrea. Em um dos trechos suspensos, sobre a Rodovia Ayrton Senna, a estrutura deverá ser modificada, já que a pista ganhou uma quinta faixa de rolamento para veículos.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras da Linha 6 laranja terão 20 frentes de trabalho este ano


Em obras desde o ano passado, a Linha 6-Laranja deve abrir outras 10 frentes de trabalho até o final de 2016, somando ao todo 20 grupos, de acordo com informações do Consórcio Move São Paulo, responsável pela construção e futuramente operação da nova ligação metroviária.

A previsão é que a nova linha esteja pronta em 2020. Os trabalhos eram previstos para serem iniciados no início de 2010, depois adiado para 2012 e, posteriormente, para julho de 2013. Somente após a assinatura da Parceria Público Privado (PPP) entre o governo estadual e a iniciativa privada, feita naquele ano, que o projeto de ligação sobre trilhos entre o centro da capital paulista e a zona norte, começou de fato a sair do papel.

A ideia de constituir uma PPP partiu do Governo Alckmin, em direção contrária da gestão anterior onde previa apenas recursos públicos na construção da linha.

O valor do empreendimento é avaliado em R$ 9,6 bilhões, sendo que R$ 8,9 bilhões são divididos entre o Governo do Estado (50%) e o consórcio (50%). O restante é referente às desapropriações que serão executadas pelo Estado.

A Linha 6 vai ligar a Vila Brasilândia à estação São Joaquim (Linha 1-Azul), com 15,9 quilômetros de extensão e 15 estações, atendendo os bairros de Brasilândia, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Sumaré e Bela Vista. Vai se integrar com as linhas 7 e 8 da CPTM, na futura estação Água Branca; Linha 4, na futura estação Higienópolis-Mackenzie; e Linha 1, na estação São Joaquim. O percurso todo será feito em 27 minutos.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô divulga novas fotos das obras da Linha 5

O Metrô de São Paulo divulgou em seu site novas fotos das obras da expansão da linha 5 – Lilás. A previsão é que as primeiras estações comecem a ser entregues no próximo ano. Dois tatuzões já concluíram o serviço e o terceiro está chegando na estação Chácara Klabin, última estação da nova etapa da linha:

 
Estação Brooklin

 
Estação Campo Belo

 
Estação Chácara Klabin

 
Estação Borba Gato

 
Pátio Guido Caloi

 
Trecho escavado pelo Tatuzão

Estação Hospital São Paulo

Estação Hospital São Paulo

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Dersa licita estudos para o Ferroanel Norte

Imagem de William Molina

A DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A, controlada pelo Governo do Estado de São Paulo, deve licitar estudos técnicos para construção do tramo norte do Ferroanel, de acordo com o Diário Oficial desta terça-feira, 22 de Março de 2016.

Segundo a publicação, a ferrovia poderá ser implantada entre a Estação Perus, no município de São Paulo até a Estação Engenheiro Manoel Feio, no município de Itaquaquecetuba, margeando o Rodoanel Norte.
Este passo precede a obtenção da licença prévia, depois a licença de implantação, e por fim a licitação das obras.

Com a construção, a interferência de trens cargueiros na malha da CPTM deverá ser diminuída, possibilitando a redução do intervalo entre as composições de passageiros nas seis linhas da companhia.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô durante o feriado

Neste feriado de Páscoa, de 25 a 27 de março, a CPTM intensificará as obras de modernização em algumas linhas e o Metrô interditará a Linha 5-Lilás. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 5- Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro)

Domingo: Todas as estações da Linha 5 - Lilás ficarão fechadas ao público das 4h40 às 12 horas. A alteração no horário de funcionamento ocorre para a realização de testes no sistema de controle operacional. A atividade terá início durante a madrugada, logo após o encerramento da operação comercial do sábado, e deverá se estender ao longo da manhã do domingo.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sexta-feira: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente ao longo de toda a linha. O intervalo médio entre as estações Luz e Francisco Morato será de 20 minutos.

Sábado e domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Luz e Pirituba. O intervalo médio entre as estações Luz e Pirituba será de 15 minutos e, entre Pirituba e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sexta-feira: das 4h à meia-noite, serão executados serviços no sistema de rede aérea e poda de árvores entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Osasco. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi de 10 minutos.

Domingo:  das 4h à meia-noite, as intervenções serão retomadas no sistema de rede aérea e poda de árvores entre as estações Lapa e Imperatriz Leopoldina. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 25 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sexta-feira: das 4h à meia-noite, os serviços ocorrerão no sistema de rede aérea e poda de árvores entre as estações Osasco e Presidente Altino. A circulação ficará interrompida entre essas duas estações. Para completar a viagem, o usuário deverá utilizar os trens da Linha 8-Diamante. Entre as estações Presidente Altino e Grajaú, o intervalo médio será de 10 minutos.

Domingo: das 8h às 20h, haverá intervenções entre as estações Osasco e Presidente Altino. A circulação ficará interrompida entre essas duas estações. Para completar a viagem, o usuário deverá utilizar os trens da Linha 8-Diamante. Entre as estações Presidente Altino e Grajaú, o intervalo será de 10 minutos.

Linha 11-Coral / Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Sexta-feira: em razão de serviços entre as estações Guaianases e Estudantes, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio entre as estações Luz e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Sexta-feira:
das 4h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede área entre as estações Jundiapeba e Estudante. O intervalo médio entre as estações Guaianases e Estudantes será de 30 minutos.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado e Domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações USP Leste e Ermelino Matarazzo. O intervalo médio em toda a linha será de 35 minutos.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação dessa linha, a partir de sábado, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens e colocará cartazes nas estações da Linha 5 -Lilás. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô antecipa abertura das estações após feriado da Semana Santa

Na próxima segunda-feira (28/03), dia de retorno do feriado prolongado da Semana Santa, a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul, 2- Verde, 3-Vermelha e 4-Amarela (operada pela concessionária ViaQuatro) será antecipada para as 4 horas - 40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida tem por objetivo atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Na Linha 5-Lilás, a abertura das estações ocorrerá no horário normal, a partir das 4h40. Também não haverá mudanças no horário de funcionamento do monotrilho da Linha 15-Prata, que atende diariamente das 6h às 20 horas.

Na sexta-feira (25), feriado da “Paixão de Cristo”, o horário de funcionamento de todas as linhas será o padrão e a frota de trens em operação será equivalente a de um domingo. Já durante o final de semana, com exceção da Linha 5-Lilás, que terá o horário de abertura das estações alterado no domingo, em todas as demais linhas não haverá mudanças no esquema de operação.

Linha 5- Lilás terá mudança de horário no domingo (dia 27)
No próximo domingo (27), todas as estações da Linha 5 - Lilás ficarão fechadas ao público das 4h40 às 12 horas. A alteração no horário de funcionamento ocorre para a realização de testes no sistema de controle operacional. A atividade terá início durante a madrugada, logo após o encerramento da operação comercial do sábado, e deverá se estender ao longo da manhã do domingo.

Para mais informações sobre a operação da rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (tel. 0800 770 7722), que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro atende pelo tel. 0800 770 7100 de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Testes com o CBTC começam em março na Linha 5, segundo jornal

Testes com o novo sistema de sinalização CBTC (Communications-Based Train Control), sigla em inglês que traduzindo ao nosso português se refere a “Controle de Trens Baseado em Comunicação”, na linha 5-Lilás, devem começar em março, de acordo com publicação do jornal El País.

A reportagem relata que dos 26 trens adquiridos pelo Governo Estadual para operarem junto com a extensão entre as estações Adolfo Pinheiro e Chácara Klabin, 16 já estão no Pátio Capão Redondo. Alguns deles foram alvo de vandalismo, com pichações.

As composições ainda não prestam serviços por terem a bordo apenas a tecnologia do CBTC, e a linha 5 opera atualmente com o ATC (Automatic Train Control).

Em resposta à reportagem, o Metrô informou que “a Bombardier [responsável pela tecnologia] já foi notificada pelo atraso na implantação do sistema e pode ser multada em até 30 milhões de reais”.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô neste final de semana (19 e 20 de março)

Neste fim de semana, 19 e 20 de março, a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas e o Metrô interditará a Linha 5-Lilás. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos, alguns trechos serão interrompidos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro)

Domingo: Todas as estações da Linha 5 - Lilás ficarão fechadas ao público das 4h40 às 12 horas. A alteração no horário de funcionamento ocorre para a realização de testes no sistema de controle. A atividade terá início durante a madrugada, logo após o encerramento da operação comercial do sábado, e deverá se estender ao longo da manhã do domingo, dia escolhido devido à baixa demanda de usuários no sistema.

Durante o período, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) da SPTrans. Serão 18 veículos circulando ininterruptamente entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pelo sistema PAESE.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado: das 20h até o final da operação comercial, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Água Branca. O intervalo médio entre as estações Luz e Francisco Morato será de 24 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio entre as estações Luz e Pirituba será de 20 minutos e, entre Pirituba e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo:  das 4h à meia-noite, ocorrerão serviços no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Engenheiro Cardoso. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Barueri será de 10 minutos e, entre Barueri e Itapevi, de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 8h às 20h, em razão de serviços nos equipamentos de via permanente, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino. Para completar a viagem, o usuário deverá utilizar os trens da Linha 8-Diamante. O intervalo médio entre as estações Presidente Altino e Grajaú será de 10 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 17h, ocorrerão intervenções no sistema de sinalização e nos equipamentos da via permanente entre as estações Prefeito Saladino e Santo André, e entre Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O intervalo médio em toda a linha será de 17 minutos.

Linha 11-Coral/ Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: em razão das intervenções entre as estações Guaianases e Estudantes, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio entre as estações Luz e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Domingo:
das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede área nas imediações da Estação Jundiapeba. O intervalo médio entre as estações Guaianases e Estudantes será de 30 minutos.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Itaim Paulista e Itaquaquecetuba. O intervalo médio entre as estações Brás e Itaim Paulista será de 20 minutos e, de Itaim Paulista a Calmon Viana, de 30 minutos.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação dessa linha, a partir de sábado, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens e colocará cartazes nas estações da Linha 5 -Lilás. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Greve de ônibus atinge zona leste de SP nesta quinta, 17

Atualizado às 14h35

Uma greve paralisou 2 empresas de ônibus nesta quinta-feira, 17, na zona leste de São Paulo. 387 ônibus da viação VIP não saíram das garagens. A empresa opera 27 linhas.

Motoristas da viação Expandir também estiveram com os braços cruzados. A empresa tem 91 ônibus para atender dez linhas. Logo pela manhã, ônibus da garagem do Brás iniciaram a operação.
Mais cedo, funcionários da Sambaíba chegaram a fazer uma paralisação na madrugada, mas por volta das 5h30 os ônibus voltaram a circular.

99 coletivos de outras empresas estão atendendo pelo Sistema Paese para cobrir parte das linhas afetadas. As paralisações, segundo os funcionários, foram por causa de atrasos nos pagamentos de horas extras e excessivas jornadas de trabalho.

Por volta das 14h30, a circulação dos veículos estava dentro da normalidade.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô explica sobre uso de peças em trens parados

Foto: Rafael Asquini

Funcionários do Metrô se reuniram com membros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para esclarecimentos sobre trens parados em pátios da companhia. Nos últimos dias foi noticiado pela imprensa que os trens H59, K09, K17, K21 e L43 estariam servindo como uma espécie de almoxarifado de itens de reposição para outras composições em operação. A notícia partiu de funcionários da empresa que não quiseram se identificar.

Mas para o diretor de operações da companhia, Mário Fioratti Filho, o uso de componentes de trens que aguardam manutenção é pratica normal e usual, feita em sistemas de metrôs “no mundo todo”, e que a empresa utiliza das peças de trens parados, para não comprometer a operação de comboios em operação.
“Se temos falha de uma peça em um trem, que está na garantia, mando a peça para o fabricante e retiro uma outra de um trem que esteja esperando a vez para realização de testes. Assim não retiro o trem de circulação. Temos uma fila de trens e utilizamos sempre o último da fila”, completou Fioratti.

O diretor disse ainda que as novas composições vêm apenas com algumas peças sobressalentes, e que outras são repostas pela empresa que fabricou ou modernizou o trem, usando a garantia da composição. Após um tempo de operação, o estoque vai sendo composto, de acordo com a necessidade.

Sendo ou não comum a prática feita pelo Metrô, a notícia vem em tempos de debates acirrados por conta de crise política do país. As falas do diretor de operação foram noticias no site “Rede Brasil Atual“, que atribui de maneira negativa o fato ao governo de Geraldo Alckmin, do PSDB, e uma possível redução de repasse da administração estadual à companhia. De qualquer forma, a operação não foi defasada já que os trens fazem parte da reserva técnica.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Trens da Linha 6 Laranja devem operar sem condutores

A operação dos trens na futura Linha 6-Laranja [Brasilândia – São Joaquim] da rede metroviária de São Paulo deve ser feita sem condutor, segundo informou a Concessionária Move São Paulo. O sistema de sinalização presente na nova ligação metroviária deve contar com a tecnologia CBTC (Communications Based Train Control). Atualmente as Linhas 2-Verde, 4-Amarela e 5 Lilás contam com esta funcionalidade.

De acordo ainda com a Move São Paulo, quando a linha laranja estiver operando em plena capacidade, o intervalo entre as composições será de até 75 segundos. Os 15,3 quilômetros da nova ligação entre o Centro e a Zona Norte devem transportar mais de 633 mil passageiros por dia.

No começo do mês, a concessionária informou que os trens devem ser fornecidos pela Alstom. (relembre aqui).

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Tribunal de Contas quer explicações do Metrô sobre trens parados

Imagem de William Molina

Após denuncias de funcionários do Metrô de São Paulo sobre paralisação de pelo menos cinco trens, onde peças das composições foram usadas em outras, em operação, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) solicitou explicações.

Os trens “canibalizados” estão no pátio Itaquera, e são das frotas recém reformadas K e L, além de uma composição nova da frota H, segundo denúncia dos metroviários relatadas no jornal “Folha de São Paulo”.

A solicitação foi feita pelo Conselheiro Antonio Roque Citadini, segundo despacho do Diário Oficial do Estado. Apesar da paralisação, a operação dos trens não foi afetada por que se trata de uma reserva técnica, segundo a companhia. O Metrô disse ainda em nota ao jornal, que os trens estão em manutenção periódica.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, 12 e 13 de março

Neste final de semana, 12 e 13 de março, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidélis. O intervalo médio entre as estações Luz e Pirituba será de 15 minutos e, entre Pirituba e Francisco Morato, de 30 minutos.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato – Jundiaí)

Domingo: das 7h às 19h, as intervenções ocorrerão nos equipamentos da via permanente nas imediações da Estação Vargem Grande Paulista. O intervalo médio entre as estações Francisco Morato e Jundiaí será de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: a partir das 22h até o fim da operação comercial, os serviços serão realizados no sistema de sinalização entre as estações Santa Terezinha e Barueri. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite ocorrerão serviços de poda de árvore e intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Sagrado Coração e Eng. Cardoso. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Barueri será de 10 minutos e, entre Barueri e Itapevi, 20 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 19h ocorrerão intervenções nos equipamentos da via permanente entre as estações Mooca e Ipiranga. O intervalo médio em toda a linha será de 15 minutos.

Linha 11-Coral / Extensão (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Suzano e Brás Cubas. Das 6h às 17h, também ocorrerão obras de modernização na Estação Poá. O intervalo médio entre as estações Guaianases e Estudantes será de 35 minutos.

Linha 11-Coral – (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h à meia-noite haverá serviço de pintura da GARE e do GUARDA CORPO do mezanino da Estação da Luz. O intervalo médio entre as estações Luz e Guaianases será de 20 minutos.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado: a partir das 20h até o fim da operação comercial serão realizadas obras de modernização da rede área nas proximidades da Estação USP-Leste. O intervalo médio será de 35 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h à meia-noite, as obras de modernização da rede área nas proximidades da Estação USP-Leste serão retomadas. Também ocorrerão serviços no sistema de rede aérea entre as estações Itaquaquecetuba e Aracaré. O intervalo médio será de 35 minutos em toda a linha.​

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Máquina de reciclagem dá crédito no Bilhete Único na Linha 4

Foto: Digna Imagem/Clóvis Ferreira

A ViaQuatro, concessionária responsável pela linha 4-amarela do Metrô de São Paulo, instalou 2 máquinas de reciclagem para descarte de garrafas de plástico de 350 ml a 2,5 litros e latinhas. Os equipamentos estão nas estações Faria Lima e Pinheiros.

Os resíduos coletados irão para a ONG Vira-Lata que, desde 2001, tira da informalidade catadores que trabalhavam nas ruas ou em lixões. Para descartar as embalagens, o usuário precisa acessar o terminal da máquina e criar um perfil com nome de usuário, e-mail e senha. Cada pessoa pode fazer o descarte de até 10 embalagens por dia.

Para que o sistema de coleta funcione, é preciso que os objetos descartados tenham código de barras, para que a máquina possa fazer a contagem e atribuir os pontos que ficarão armazenados na conta do usuário. O participante poderá resgatar esses pontos para crédito no Bilhete Único quando quiser.

Uma latinha vale 15 pontos, e qualquer tamanho de garrafa plástica rende 10 pontos. A cada 20 pontos, o usuário obtém R$ 0,07 de crédito no Bilhete Único. A própria máquina executa a recarga do cartão. Já para desconto de R$ 0,27 na conta de luz são necessários 100 pontos.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Por conta das chuvas, linhas da CPTM são interrompidas

Pelo menos três linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) tiveram problemas na manhã desta sexta-feira, 11 de março de 2016. As ocorrências foram registradas desde a madrugada.

Na linha 7-Rubi [Luz – Francisco Morato – Jundiaí], a circulação está paralisada entre as estações Jundiaí e Francisco Morato, por conta das fortes chuvas. Já na Linha-8 Diamante [Julio Prestes – Itapevi], as composições operam com velocidade reduzida e maior tempo de parada por conta de falha no sistema de energia.

O sistema de ônibus PAESE não pode ser acionado por conta de alagamento em ruas da região.
Mais cedo os trens da Linha 9-Esmeralda [Osasco – Grajaú] não circularam entre as estações Santo Amaro e Grajaú. Por volta das 8h30, a CPTM informou que a operação estava em processo de normalização na linha 9.

Fortes chuvas
Um grande volume de chuvas foi registrada na Região Metropolitana de São Paulo, na noite desta quinta-feira, e madrugada desta sexta. As precipitações atingiram com mais intensidade os municípios que abrigam as linhas paralisadas da CPTM.

Aeroportos
O Aeroporto de Guarulhos chegou a ser fechado por seis horas, por conta do temporal. Uma das subestação de energia foi inundada por conta das chuvas. Cinco voos foram cancelados, e outros 12 tiveram que ser desviados.

Fotos de “JãnPier” (@jeaan_pierre), na Linha 7-Rubi:
cptm-11-03
 
cptm-11-03-2

cptm-11-03-3

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

São Paulo ganha linha turística neste sábado (12)

Neste sábado deve começar a operar na cidade de São Paulo uma linha de ônibus turístico. “O Circular Turismo SP” deverá permitir embarques e desembarques ilimitados pelo trajeto, e levará turistas para os principais pontos turísticos da maior capital brasileira.

Roteiro
A linha circular deve partir da Luz, depois passar pelo Mercado Municipal, Praça da República, Estádio do Pacaembu, Avenida Paulista, Parque do Ibirapuera, Centro Cultural, Liberdade, Páteo do Colégio e por fim, Teatro Municipal, totalizando 11 paradas. Os veículos terão Wi-fi.

Os ônibus partem em 3 horários: às 9h, 12h40 e 16h, saindo da parada 1 – Luz (Exceto aos Domingos). Aos Domingos, saídas às 10h, 13h40 e 17h.

circular-turismo
Foto: José Euvilásio – Blog Circular Avenidas

Tarifa
O preço da passagem será de R$ 40,00, podendo o passageiro pagar em dinheiro, cartões de crédito e débito. Após a validação da passagem, o turista poderá usar a linha por 24 horas a partir da primeira utilização, com embarques e desembarques ilimitados durante o funcionamento do serviço em um destes 11 pontos.

Aplicativo
O Mobilab, laboratório de tecnologia da prefeitura de São Paulo, desenvolveu um app para linha circular turismo, disponível para sistemas operacionais Android. Um tablet instalado no ônibus foi conectado ao sistema de som e libera os áudios de acordo com o GPS, informando um pouco dos pontos históricos em Português, Espanhol e Inglês.

Foram ainda liberados os códigos fonte deste aplicativo para que qualquer pessoa possa utilizar.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM vai privatizar ciclovia da Marginal Pinheiros

A CPTM decidiu passar a ciclovia do Rio Pinheiros para a iniciativa privada. O edital para receber propostas de interessados em assumir a via será lançado no próximo dia 31 de março.

A análise deve durar cerca de 30 dias por parte da estatal. Vencerá quem apresentar a melhor proposta de benefícios e serviços para o usuário e não haverá outorga para a CPTM. A estimativa é que os contratos sejam assinados em 7 meses.

“Não vamos receber nada em troca. Simplesmente vamos deixar de operar a ciclovia”, informou presidente da CPTM, Paulo de Magalhães. A CPTM desembolsa mensalmente R$ 200 mil para manter a ciclovia. A empresa vencedora poderá veicular publicidade ao longo a via.

Entre as possibilidades de melhoria que a CPTM almeja estão, por exemplo, instalação de iluminação para que ela funcione a noite, instalação e manutenção de calibradores automáticos de pneus e equipamentos que liberam gotículas de água. Estações de ginástica que possam complementar a atividade física dos usuários e passarelas para que haja mais movimento na ciclovia, o que será de real interesse do futuro concessionário.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura suspende cadastro do Bilhete Único do Desempregado

O Credenciamento do Bilhete Único do desempregado está suspenso, de acordo com a Prefeitura de São Paulo. A administração municipal decidiu consultar a Justiça Eleitoral sobre a possibilidade de manutenção do programa. 

Uma lei federal proíbe que em ano eleitoral, sejam distribuídos bens, valores ou benefícios, exceto nos casos de calamidade pública, estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior. 

O cadastro foi iniciado em fevereiro de 2016. Os trabalhadores que estão sem exercer suas funções e tiverem recebido a última parcela do seguro-desemprego em um período de até três meses antes da solicitação, poderiam pedir o beneficio.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

VLT e ônibus devem ser integrados em Outubro na Baixada Santista

A integração do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) da Baixada Santista com o sistema de ônibus local pode ocorrer em outubro, de acordo com publicação do jornal “A Tribuna“.

A malha do transporte sobre pneus da região é composto por 37 linhas, com uma frota de cerca de 350 ônibus, que atendem a uma demanda diária de 150 mil passageiros por dia.

Em Santos, estudos para a integração estão sendo feitos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Já em São Vicente, a integração depende da licitação da empresa que vai operar o município, que deve ocorrer em julho.

Bilhete Único
De acordo ainda com a publicação, a EMTU estuda uma modelo de bilhete único, que atenda toda a região, e sirva para ônibus e VLT. No entanto, não existe prazo para implantação da funcionalidade.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Entrega da Linha 13 Jade da CPTM ficará para 2019


Passageiros que por ventura forem utilizar os trens da Linha 13-Jade, entre o Aeroporto de Guarulhos e São Paulo, deverão esperar mais para a entrega da nova ferrovia: 2019, o novo prazo dado pelo Governo Estadual. As informações são do próprio Secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, revelados no jornal “O Estado de São Paulo“.

A obra ainda deve ficar R$ 101 milhões mais cara. Tudo por problemas no processo de desapropriação e por conta de mudanças no elevado que deve abrigar os trilhos. Em um dos trechos suspensos, sobre a Rodovia Ayrton Senna, a estrutura deverá ser modificada, já que a pista ganhou uma quinta faixa de rolamento para veículos.

O titular da pasta ainda afirma que por lentidão da liberação de recursos federais, cerca de R$ 250 milhões que deveriam vir do Ministério das Cidades, a administração estadual desistiu da verba, e recorreu a um empréstimo do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que era destinado para reformas de estações de outras linhas da CPTM.

Sobre a linha e futuras expansões
A nova ferrovia deve ligar a Estação Engenheiro Goulart, da linha 12-Safira, com o Aeroporto de Guarulhos em 12,2 quilômetros, passando pelo CECAP. Cerca de 8 trens estão sendo comprados com 8 carros cada. O novo projeto deve beneficiar o morador de Guarulhos, e até o passageiro que desejar se deslocar do centro ao aeroporto, desde que esteja disposto a usar integração entre linhas da CPTM e do Metrô.

Existem projetos de estender o ligação rumo a região de Bonsucesso, em Guarulhos. Em 2013, a CPTM contratou estudos para verificar a viabilidade de levar a linha rumo ao bairro do Cambuci na capital paulista, de encontro com a Linha 10 – Turquesa da Companhia.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, 05 e 06 de março

Neste final de semana, 5 e 6 de março, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado: a partir das 20h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação Baltazar Fidélis. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 12 minutos e, entre Caieiras e Francisco Morato, de 24 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, a intervenção no sistema de rede aérea será ampliada para o trecho entre Baltazar Fidélis e Franco da Rocha. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e, entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: a partir das 22h até o fim da operação comercial, os serviços serão realizados no sistema de sinalização entre as estações Jandira e Itapevi. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Barueri será de 10 minutos e, de Barueri a Itapevi, de 20 minutos.

Domingo:  das 4h à meia-noite, ocorrerão serviços de poda de árvore e intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Lapa. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 25 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 4h à meia-noite, a Sabesp fará manutenção de uma adutora entre as estações Socorro e Jurubatuba. Das 8h às 19h, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente, entre as estações Morumbi e Granja Julieta. O intervalo médio será de 18 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 18h, ocorrerão intervenções nos equipamentos da via permanente nas imediações da Estação Mauá. O intervalo médio entre as estações Brás e Mauá será de 10 minutos e, entre Mauá e Rio Grande da Serra, de 20 minutos.

Linha 11-Coral / Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: em razão das intervenções na Estação Suzano, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio entre as estações Brás e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Linha 11-Coral / Extensão (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Suzano. Das 7h às 21h, também serão retomados os trabalhos de desmontagem da estação provisória. O intervalo médio será de 30 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão serviços de poda de árvore e intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Tatuapé. O intervalo médio será de 35 minutos em toda a linha.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Tatuzão deve concluir escavações da Linha 5 em maio

Foto: Edson Lopes Jr/A2Img.

A conclusão das escavações nas obras da Linha 5-Lilás deve ficar para maio deste ano, de acordo com publicação da Imprensa Oficial desta quinta-feira, 3 de março de 2016. 

O texto ainda menciona que a tuneladora, popularmente conhecida como Tatuzão, deve chegar na estação terminal Chácara Klabin em abril. “Faltam 660 metros para passar pela Estação Chácara Klabin e mais 400 metros até o poço Dionísio da Costa. O equipamento deve chegar à estação em abril e finalizar a escavação em maio”, diz a publicação. Em fevereiro outra tuneladoras concluiu os trabalhos no poço de serviço Bandeirantes. (relembre aqui)

A previsão do Governo Estadual é entregar as primeiras estações da extensão da Linha 5 a partir do ano que vem. Do Capão Redondo até o bairro da Vila Mariana, são 20 km de extensão e 17 estações, com previsão de demanda diária de passageiros estimada em cerca de 781 mil.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alstom vai fornecer trens para Linha 6 Laranja do Metrô

A Alstom deve fornecer 22 trens, de 6 carros, para a Linha 6-Laranja [Brasilândia – São Joaquim] do Metrô de São Paulo. A informação brotou nas redes sociais, e foi confirmada pela assessoria de imprensa da Concessionária Move São Paulo, ao portal Via Trolebus.

As obras foram iniciadas em 2015, e de acordo com cronograma do Governo Estadual, devem ser concluídas em 2020. A concessionária é responsável pelas obras, e deve operar a ligação metroviária por mais 19 anos.

Quando concluída, a Linha 6 deve conectar as linhas 7-Rubi e 8-Diamante da CPTM, na futura estação Água Branca; com a Linha 4-Amarela, na futura estação Higienópolis-Mackenzie, e com a Linha 1-Azul, na estação São Joaquim. Também estará integrada com o sistema de ônibus nas estações Vila Cardoso e João Paulo I.

O percurso total será de 15,3 km, reduzindo o trajeto de 1h30 para 23 minutos. A nova linha vai representar uma ampliação de 21% à atual rede do metrô paulistano.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: