380 Move Metrópole | Sempre em movimento!: Julho 2016

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana​, 30 e 31 de julho

Neste final de semana, dias 30 e 31 de julho, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)
Sábado e domingo: das 20h de sábado à meia-noite de domingo, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e, de 30 minutos, entre Pirituba e Francisco Morato.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato-Jundiaí)
Domingo: das 4h às 13h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista. Neste período, o intervalo médio dos trens será de 35 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)
Domingo: das 4h à meia-noite, serão executadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira e no trecho entre Lapa e Presidente Altino. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi. 

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)
Sábado: das 21h até o fim da operação comercial, haverá intervenções no sistema de sinalização nas imediações da Estação Presidente Altino e a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. A partir das 21h, também ocorrerão serviços nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Jurubatuba. O intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú. 

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação permanecerá interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino, em razão de serviços no sistema de rede aérea. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. 

Das 4h às 19h, também serão realizadas obras de modernização nas imediações da Estação Grajaú e intervenções entre as estações Pinheiros e Cidade Jardim, entre Morumbi e Granja Julieta e no entorno de Jurubatuba. Neste período, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú. 

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)
Domingo: das 7h40 às 18h40, haverá serviços de conservação na Estação Brás. O intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Brás e Rio Grande da Serra.

Linha 11-Coral – Expresso Leste (Luz – Guaianases)
Domingo: em razão das obras de modernização da Estação Poá, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio entre as estações Luz e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)
Sábado: das 20h até o final da operação comercial, devido as obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio dos trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo: das 4h às 7h, as obras de modernização da Estação Poá serão retomadas e o intervalo médio entre os trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes, neste período. Das 7h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Suzano. O intervalo médio entre os trens será de 30 minutos, entre Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)
Domingo: das 4h à meia-noite, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart. O intervalo médio dos trens será de 18 minutos em toda a linha.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, 23 e 24 de julho

​Neste final de semana, dias 23 e 24 de julho, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Pirituba e Caieiras. Das 7h às 19h, também ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Vila Aurora e Pirituba, por esse motivo, será necessário fazer transferência entre composições, na Estação Vila Aurora. Durante toda a operação, o intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato-Jundiaí)
 
Domingo: das 4h às 13h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Júlio Prestes e Domingos de Moraes. Das 7h às 17h, também serão executadas obras de modernização na Estação Quitaúna. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, ocorrerão obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Berrini e Morumbi. O intervalo médio entre os trens no período será de 25 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h às 14h, serão retomadas as obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Berrini e Morumbi. Das 8h às 19h, também haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Jurubatuba e Primavera-Interlagos. Das 4h às 14h, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha. Das 14h às 19h, o intervalo será de 20 minutos.     

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 19h, haverá serviços no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Guapituba. Das 7h40 às 21h40, também serão realizadas intervenções nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Brás. Das 7h às 21h40, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Mauá e, de 30 minutos, entre Mauá e Rio Grande da Serra. Das 21h40 à meia-noite, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos em toda a linha.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 6h às 19h, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado e domingo: das 10h de sábado até meia-noite de domingo, serão executadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos em toda a linha.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Secretaria dos Transportes Metropolitanos adota estratégia para os Jogos Olímpicos RIO-2016

http://www.cptm.sp.gov.br/noticias/Documents/Guia%20dos%20Transportes%20-%20Olimp%c3%adadas%202016.pdf
São Paulo será uma das sedes do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos RIO 2016 e a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, em nome do Governo do Estado de São Paulo, preparou uma operação especial para atender este importante evento. 

A Arena Corinthians, em Itaquera (na Zona Leste), foi escolhida para as partidas de futebol feminino e masculino na cidade. O estádio receberá 10 jogos em sete dias entre 3 e 19 de agosto.

Os meios de transporte público são a melhor opção para chegar ao estádio, já que os portões da Arena Corinthians ficam em torno de 900 metros da estação Corinthians-Itaquera do Metrô e da CPTM.

​As melhores opções para chegar aos jogos são:

CPTM
- disponibilizará o Via Expresso da linha 11 - Coral, que seguirá da Estação da Luz até a Estação Corinthians-Itaquera sem paradas intermediárias. O serviço terá início 3 horas antes dos jogos. O trem sairá da plataforma 4. O percurso será feito em cerca de 19 minutos. Nos dias 10 e 12 de agosto (quarta e sexta-feiras, respectivamente), em que os jogos começarão às 19h, o Via Expresso funcionará das 14h às 17h.

- Também será mantido o serviço Expresso Leste na Linha 11-Coral, com trens que partem da Estação da Luz com paradas no Brás, Tatuapé e Corinthians-Itaquera.

Metrô
- pela Linha 3-Vermelha, com trens operando entre as estações Palmeiras-Barra Funda até a estação Corinthians-Itaquera, com paradas nas estações intermediárias.

Linha 4
- pela Linha 4-Amarela, operada pela concessionária ViaQuatro, é possível fazer integrações na Estação da Luz para o Via Expresso, na Linha 11-Coral da CPTM, e na Estação República para a Linha 3-Vermelha, do Metrô.

A tarifa unitária no sistema metroferroviário (CPTM e Metrô) é de R$ 3,80. Para os usuários do Bilhete Único (sistema metroferroviário+ônibus da Capital/SPTrans) a tarifa é de R$ 5,92.

EMTU
- para os Jogos Olímpicos RIO 2016 foi criada uma linha especial de ônibus do Airport Bus Service da EMTU-SP para ligar o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, até a Arena Corinthians, apenas nos dias de jogos.

O Airport Bus Service garante mais conforto ao passageiro, pois os veículos são equipados com ar-condicionado, poltronas estofadas e reclináveis, sistema wi-fi, entre outros itens.

A tarifa da linha da EMTU/SP Airport Bus Service é de R$ 45,50 para cada trecho de ida ou de volta.

- haverá também a linha de ônibus 257 (Terminal 2), que ligará o Aeroporto Internacional de São Paulo até a estação Tatuapé do Metrô. Já a tarifa desta linha é de R$5,55 por trecho.

Outras estratégias adotadas pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos são comunicação visual específica nas estações de transferência (Corinthians-Itaquera, Tatuapé, Brás, Sé, República, Palmeiras-Barra Funda, Paulista/Consolação, Paraíso e Tamanduateí) e emissão de mensagem sonora sobre o evento em inglês e português nas Linhas de metrô e Linha 11 - Coral da CPTM, para orientar o embarque e desembarque dos torcedores.

Para facilitar a viagem em dia de jogo, a STM recomenda aos usuários que adquiram antecipadamente as passagens de ida e volta e respeitem as orientações dos funcionários.

Ao término dos jogos a operação será monitorada em até duas horas.

Confira os Jogos que acontecerão em São Paulo.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ciclovia Rio Pinheiros terá interdições neste ​sábado (23​/7), em razão de manejo arbóreo

Ciclovia Rio Pinheiros terá interdições neste sábado (23​/7), em razão de manejo arbóreo

Os ciclistas que utilizam a ciclovia Rio Pinheiros da CPTM devem ficar atentos aos horários de funcionamento da via, neste sábado, dia 23/7. Devido à necessidade de transplantar três palmeiras-imperiais, a ciclovia ficará interditada no trecho entre as estações Vila Olímpia e Villa Lobos-Jaguaré, durante todo o período operacional, que é da 5h30 às 18h30.

Ainda, por conta da passagem da carreta que será utilizada para transportar as árvores, a ciclovia ficará fechada das 5h30 às 10h, entre os acessos pela avenida Miguel Yunes, nº 620, após a Estação Jurubatuba e a ponte João Dias, nas proximidades de Santo Amaro.

A interdição é necessária para que o trabalho de remanejamento das palmeiras imperiais seja realizado em total segurança, tanto para os colaboradores envolvidos na ação como para os ciclistas. Com altura aproximada entre 10 e 15 metros, as palmeiras imperiais também exigirão cuidados especiais com a rede elétrica, que terá de ser desligada pela Eletropaulo durante a ação de manejo.

Para orientar os usuários, cartazes serão fixados informando sobre os trechos interditados. Vale lembrar que, em razão das obras de implantação da Linha 17-Ouro e do complexo viário Laguna - Itapaiúna, a ciclovia está fechada entre a estação Vila Olímpia e a ponte João Dias. A alternativa para os usuários é a via aberta provisoriamente pelo Metrô na outra margem do Rio Pinheiros.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Curiosidade
A Roystonea oleraceae é o nome científico da palmeira-imperial, também conhecida como palmeira-real, que se destaca entre as palmeiras mais imponentes, majestosas e notáveis.   Originária das Antilhas, em 1809, a espécie exótica foi plantada pela primeira vez no Brasil pelo príncipe regente D. João VI, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, após ser presenteado com um exemplar. Por isso, passou a ser conhecida como palmeira-imperial. Deste exemplar plantado em 1809, descendem todas as palmeiras-imperiais do Brasil, daí sua denominação de Palma Mater. Com 38,70 metros de altura, a Palma Mater foi destruída por um raio em 1972. Preservado, o tronco encontra-se em exposição no Museu Botânico. Em seu lugar, foi plantado outro exemplar, simbolicamente chamado de Palma Filia, fruto de uma semente da palmeira original (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Palmeira-imperial).
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô se prepara para Jogos Olímpicos na Arena Corinthians

Com dez partidas previstas dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na Arena Corinthians, o Metrô de São Paulo iniciou a implantação de placas e avisos informativos para guiar turistas e torcedores. Serão disputadas em Itaquera, incluindo uma das semifinais masculinas e a disputa do bronze feminino.

As placas orientando os passageiros foram avistadas na Estação República, ponto de conexão entre as Linhas 3-Vermelha e 4-Amarela.

Resta saber se os anúncios nos trens ganharão novamente a versão bilíngue, como ocorreu na copa do mundo, e que foi desativado na sequencia, permanecendo apenas nos trens da ViaQuatro.

Confira imagens de Narciso de Queiroz:




Confira o calendário do Rio 2016 na Arena Corinthians:
03/08 – 15h – Canadá x Austrália – Fase de grupos do futebol feminino
03/08 – 18h – Zimbábue x Alemanha – Fase de grupos do futebol feminino
06/08 – 15h – Canadá x Zimbábue – Fase de grupos do futebol feminino
06/08 – 18h – Alemanha x Austrália – Fase de grupos do futebol feminino
10/08 – 19h – Colômbia x Nigéria – Fase de grupos do futebol masculino
10/08 – 22h – África do Sul x Iraque – Fase de grupos do futebol masculino
12/08 – 19h – Quartas de final do futebol feminino
13/08 – 22h – Quartas de final do futebol masculino
17/08 – 16h – Semifinal do futebol masculino
19/08 – 13h – Disputa do bronze futebol feminino

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura autoriza desembarque de mulheres e idosos fora do ponto

Foto: Leon Rodrigues | Secom

Um projeto de lei que autoriza mulheres e idosos a desembarcar fora do ponto em horários específicos foi sancionado pela prefeitura de São Paulo, de acordo com publicação do Diário Oficial da Cidade, neste sábado 16 de Julho de 2016.

A nova lei deve entrar em vigor em 60 dias, e o desembarque será permitido entre 22h e 5h do dia seguinte. Os ônibus, no entanto, não podem sair do itinerário original das linhas e devem seguir a sinalização de trânsito, podendo parar apenas onde for permitido.

O autor da proposta, o vereador Gilberto Natalini, afirma que este público é mais vulnerável durante a noite, o que justifica a medida.

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

​​​​Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô neste fim de semana, dias 16 e 17 de julho

Neste final de semana, dias 16 e 17 de julho, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pross​eguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas e o Metrô interditará a Linha 5-Lilás e a Linha 15-Prata. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro)

Domingo: No período  das 4h40 às 12h00, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) da SPTrans, que circularão ininterruptamente entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pelo sistema PAESE. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado e domingo: das 20h de sábado até meia-noite de domingo, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras e intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Lapa e Piqueri. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.
Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato - Jundiaí)

Domingo: das 4h às 13h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista. O intervalo médio dos trens será de 35 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Itapevi. Das 7h às 17h, também serão executadas obras de modernização na Estação Quitaúna. Das 8h às 19h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Júlio Prestes e Palmeiras-Barra Funda. Das 4h às 7h e das 19h à meia-noite, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 12 minutos. Das 7h às 19h, o intervalo médio será de 20 minutos. 

Extensão Linha 8-Diamante (Itapevi-Amador Bueno)

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação ficará interrompida em razão de serviços no sistema de rede aérea no trecho. Os usuários terão de utilizar ônibus de conexão gratuito para fazer o percurso entre as estações Itapevi e Amador Bueno.  


Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, ocorrerão obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Socorro e Jurubatuba e serviços no sistema de sinalização nas proximidades da Estação Pinheiros. O intervalo médio entre os trens no período será de 25 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h às 15h, serão retomadas as obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Socorro e Jurubatuba. Das 4h às 19h, os trabalhos no sistema de sinalização também terão continuidade nas imediações da Estação Pinheiros. Das 4h às 15h, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha. Das 15h às 19h, o intervalo será de 20 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 18h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea entre as estações Ipiranga e São Caetano. Das 7h40 às 19h, também serão realizadas obras de conservação na Estação Brás. Das 7h às 19h, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. O intervalo médio entre os trens será de 20 minutos, entre as estações Luz e Guaianases.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado e domingo: das 20h de sábado até meia-noite de domingo, serão executadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos em toda a linha.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público das 6h às 13 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação nessas linhas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações da Linha 5-Lilás e 15-Prata publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô assina contrato para conclusão da Linha 4 Amarela

Foto: Carol Teresa | Fotos Públicas | Metrô de São Paulo

O Metrô de São Paulo assinou contrato com o consórcio TC-Linha, formado pelas empresas Tiisa S/A, Comsa S/A no prazo de 47 meses para finalizar as obras na Linha 4-Amarela, paradas desde o ano passado.

As construções devem finalizar as estações Higinopolis-Mackenzie, a próxima a ser inaugura, Oscar Freire na sequencia, São Paulo-Morumbi, e por fim Vila Sônia, prevista para ser entregue em 2019, ou seja, 15 anos após o início das obras da linha, que focaram na primeira fase. Em Vila Sônia deve ser erguido também um terminal de ônibus para atender linhas municipais e metropolitanas.

A estação mais adiantada é a Higienópolis Mackenzie, com cerca de 60% dos trabalhos feitos, e que futuramente fará conexão com a Linha 6-Laranja, em meados de 2020. Já a parada Oscar Freire tem 40% dos trabalhos feitos. Uma nova conexão também é prevista em São Paulo-Morumbi, com a Linha 17-Ouro, no entanto as obras de extensão do monotrilho ainda não foram licitadas.

Com a conclusão, são previstos mais usuários para a linha amarela, onde a demanda diária atual de 700 mil deve saltar para 981 mil passageiros.

O governo ainda tem planos de uma terceira fase, rumo a Taboão da Serra, com duas estações novas, uma na divisa entre os municípios e outra no Jardim Jussara.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Licitação de ônibus em SP é liberada pelo TCM

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo – TCM, liberou a licitação dos transportes na capital Paulista. A concorrência pública estava barrada por nove meses. No final desta tarde de quarta-feira, 13 de Julho de 2016, a decisão foi tomada em plenário por 3 votos a 1.

No entanto, a prefeitura deverá seguir 14 recomendações. Uma delas é a apresentação de estudo de viabilidade econômica-financeira para a contratação das novas, ou não tão novas empresas.

A prefeitura está autorizada a republicar o edital de licitação, mas deve adequar às determinações do TCM. As viações ou consórcios contratados devem prestar serviços no sistema de ônibus de São Paulo por 20 anos, com a possibilidade de prorrogação de mais 20. Os contratos prevem um custo de R$ 8 bilhões por ano, sendo que dois bilhões serão de subsídios pagos pelo poder público.

A atual gestão espera com o novo modelo, incorporar algumas mudanças, racionalizar linhas, renovar a frota, repassar os pagamentos perante qualidade do serviço, entre outras diretrizes.

A antiga licitação venceu em 2013, e de lá para cá a administração municipal postergou as novas contratações com contratos emergências para realizar uma concorrência que atendesse as demandas mais próximas dos usuários. Esta atitude foi tomada após os protestos daquele ano, onde foi questionado uma eventual “caixa preta no transporte”.

O poder público fez então, uma auditoria, e o edital foi condicionado a partir destas informações.

Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linhas 15-Prata e 5-Lilás funcionam em horário especial no próximo domingo (10)

No próximo domingo (10), as linhas 15-Prata do Monotrilho e 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro) terão horário de operação reduzido. A alteração é necessária para dar continuidade aos testes no sistema de controle dos trens. Na Linha 15, as estações Vila Prudente e Oratório, que habitualmente funcionam das 6 às 20 horas, ficarão fechadas ao público até as 13 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.

Já na Linha 5-Lilás, a intervenção ocorrerá das 4h40 às 12 horas. Nesse intervalo, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro até a abertura das estações. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pela estratégia. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Nas demais linhas, o horário de funcionamento das estações será normal e a oferta de viagens será a habitual de um domingo. O Metrô recomenda aos usuários que adquiram as viagens antecipadamente.

Para informar sobre as alterações programadas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações das linhas envolvidas e publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, 9 e 10 de julho


Neste final de semana, dias 9 e 10 de julho, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado: das 4h até meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre Luz e Pirituba e de 30 minutos, entre Pirituba e Francisco Morato.

Domingo: das 7h20 às 18h30, as intervenções ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre Luz e Pirituba e de 30 minutos, entre Pirituba e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado:
das 7h às 19h, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. No mesmo horário, também serão executadas obras de modernização na Estação Quitaúna. Das 4h às 7h, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos e, das 7h às 19h, o intervalo será de 28 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 4h até meia-noite, ocorrerão serviços no sistema de rede aérea entre as estações Santo Amaro e Jurubatuba. Das 8h às 19h, também serão realizados trabalhos nos equipamentos de via permanente entre Osasco e Presidente Altino e, por esse motivo, a circulação ficará interrompida entre as estações Osasco e Presidente Altino. Para completar a viagem, o usuário deverá utilizar os trens da Linha 8-Diamante.

O intervalo médio dos trens será de 18 minutos em toda a linha em dois períodos: das 4h às 8h e das 19h à meia-noite. Das 8h às 19h, o intervalo médio será de 18 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 18h, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente na região da Estação Tamanduateí. O intervalo entre os trens em toda a linha será de 15 minutos. 

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Sábado e domingo: das 6h às 19h, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio dos trens entre as estações Guaianases e Estudantes será de 20 minutos

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)


Sábado e domingo: das 9h de sábado até meia-noite de domingo, serão executadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio dos trens em toda a linha será de 25 minutos.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô divulga novas fotos das obras da Linha 5

O Metrô divulgou em seu site, com data de maio, novas fotos das obras da expansão da linha 5 – lilás, que ligará a Estação Adolfo Pinheiro a Chácara Klabin. Há, também, foto das obras do Pátio Guido Caloi e trechos de via permanente.

Todas as imagens podem ser conferidas no site da Companhia. Algumas fotos:
A estação Brooklin já aparece com um processo mais avançado, onde estão instalando a primeira claraboia:

Estação Brooklin | Foto: Metrô de SP

Estação Campo Belo:


Instalação da Via Permanente:
 

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

​​Inscrição para visita às obras da Linha 13-Jade é encerrada


Devido à alta procura, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) encerrou as inscrições para visitas monitoradas nas obras de implantação da Linha 13-Jade. Foram recebidos pedidos de profissionais da área de Engenharia, estudantes, moradores e interessados em geral em conhecer de perto os trabalhos e a agenda já está completa até o primeiro semestre de 2017. A Linha 13 será a primeira ligação sobre trilhos entre a capital e o município de Guarulhos, chegando ao Aeroporto Internacional.

Os grupos formados por até 12 pessoas serão acompanhados por equipe de engenheiros e técnicos, que explicarão cada etapa da obra. O roteiro da visita conta com paradas no canteiro de obras, no trecho da via em elevado, que começa no entroncamento com a Linha 12-Safira, nas proximidades do centro de treinamento do Corinthians, e prossegue por 700 metros após a estação Aeroporto-Guarulhos.

A via elevada contará com 784 vigas, sendo que quase 400 já foram içadas. Também haverá paradas nas obras das futuras estações Guarulhos-Cecap e Aeroporto.

Mobilidade

A Linha 13-Jade terá 12,2 quilômetros de extensão, sendo que uma parte do trajeto será feita em superfície [4,3 km] e outra em elevado [7,9 km]. Os trens partirão da Estação Engenheiro Goulart, na Linha-12 Safira, que está sendo reconstruída, e terão como destino duas novas estações em Guarulhos: Cecap e Aeroporto. 

Todas as estações terão acessibilidade [elevadores, piso podotáteis, comunicação em Braille, corrimãos e rampas adequadas] e escadas rolantes.

A integração com outros meios de transporte também faz parte do projeto de implantação da Linha 13. A Estação Cecap terá um dos acessos transpondo o viário que permitirá integração, por exemplo, com a Rodoviária de Guarulhos, e a Estação Aeroporto terá um acesso que também permitirá a passagem para o Terminal Metropolitano Taboão.

Assim, a Linha 13 representa um salto de qualidade na infraestrutura de mobilidade para os moradores dessas regiões, pois eles poderão se deslocar até 22 cidades do Estado por meio das linhas da CPTM, terão acesso à rede de metrô e ainda serão beneficiados com a redução do tráfego de veículos, hoje o principal meio de acesso ao Aeroporto de Cumbica.

O investimento total na obra é da ordem de R$ 2,2 bilhões e prevê que 120 mil pessoas por dia sejam beneficiadas por essa nova opção de transporte mais eficiente, rápida e barata. O valor da tarifa será o mesmo cobrado em todo o sistema metroferroviário, que atualmente é de R$ 3,80.
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governo de São Paulo entrega primeiro trem da série 8500

Foto: Samuel Tuzi

Era para ser na semana, mas agora o Governo Estadual entregou nesta quarta-feira, 6 de julho, o primeiro trem da série 8500. A composição foi fabricada pela Caf, em sua unidade em Hortolândia no interior de São Paulo, possuí 8 carros, ar condicionado e passagem livre entre os carros. Faz parte de um lote de 35 trens que estão sendo produzidas pela fabricante Espanhola.

Outros 30 estão sendo fabricados pela Hyundai Rotem, em sua unidade em Araraquara, cujos os primeiros carros chegaram nesta terça.

O novo trem da série 8500 deve prestar serviços na Linha 11-Coral [Luz-Guaianazes-Estudantes]. Existe uma informação não oficial que os trens da série 2000 seriam realocados para a Linha 12-Safira [Brás-Calmon Viana].

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM recebe trem da Hyundai Rotem

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM recebeu os primeiros quatro carros do trem da série 9500, fabricado pela empresa sul-coreana Hyundai Rotem. Parte da composição foi vista no pátio Presidente Altino.

Trata-se do primeiro, de 30 trens que a empresa adquiriu junto com outros 35 que estão sendo fabricados pela Caf, da série 8500, que devem substituir composições antigas.

Os trens da Rotem estão sendo fabricados em sua unidade recem instalada na cidade de Araraquara, no interior de São Paulo. Junto com eles, a fabrica produz 112 carros para o Metrô de Salvador.

As imagens são de Gustavo Bonfate, postado no grupo “Amigos da CPTM“, no facebook.



Trem em Araraquara na fábrica da Rotem

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Série 2000 pode ser realocada para Linha 12


Informações que circula nas redes sociais, fóruns de discussão e nos bastidores é que a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM deve alocar trens da série 2000 para a Linha 12-Safira [Brás-Calmon Viana]. A mudança seria possível com o início de operação dos trens da série 8500 na Linha 11-Coral.

Os trens fabricados na Espanha pelo Cofesbra (consórcio ferroviário Espanha- Brasil) formado pelas empresas Alstom, ADTranz e CAF, foram construídos entre 1999 e 2000 para operação do então recém inaugurado Expresso Leste.

A troca poderá dar maior agilidade a linha que liga a Luz à Guaianazes, já que as novas séries possuem portas mais largas. Há quem diga, entre os colaboradores da empresa, que o sistema de portas das composições da série 2000 são o calcanhar de aquiles na operação da Linha 11 por conta da lotação e o alto índice de falhas.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: