CPTM entrega nova estação Poá

Foto: A2img / Ciete Silvério

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, entregou nesta terça-feira, 30, a nova estação Poá, da linha 11 – Coral, da CPTM. A parada reformada conta agora com quatro elevadores, duas escadas rolantes e banheiros públicos.

As entradas da estação e as plataformas também foram modernizadas. As rampas de acesso contam com novo piso e as laterais foram fechadas com placas de aço inoxidável e ganharam corrimãos central e lateral.

As obras contemplaram também a reforma da área operacional da CPTM na estação. No saguão principal, foi instalada nova bilheteria blindada, composta por três guichês de atendimento, equipados com intercomunicadores que facilitam a comunicação com o usuário. Toda a operação pode ser acompanhada através da Sala de Supervisão Operacional (SSO), instalada junto à linha de bloqueios.
 Estação Poá | Foto: A2img / Ciete Silvério

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô neste fim de semana, dias 27 e 28 de agosto

Neste final de semana, dias 27 e 28 de agosto, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pross​eguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas e o Metrô interditará a Linha 15-Prata. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. Das 8h às 16h30, também ocorrerão intervenções na Estação Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e, de 30 minutos, entre Pirituba e Francisco Morato.


Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado e Domingo:  das 22h de sábado até às 18h de domingo, em razão de serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino e da reforma da Estação Quitaúna, os trens circularão com intervalos de 20 minutos em toda a linha.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)


Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, devido a serviços nos equipamentos de via permanente da Linha 8-Diamante, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco. Para prosseguir viagem, o usuário deverá utilizar a Linha 8-Diamante. O intervalo médio entre os trens será de 20 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.
                  
Domingo: das 4h às 7h, por conta das obras na Linha 8-Diamante a circulação continuará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco. Os usuários deverão usar a Linha 8-Diamante para seguir viagem. O intervalo entre os trens será de 30 minutos entre Presidente Altino e Grajaú.  

Das 4 à meia-noite também serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Jurubatuba e Autódromo. Das 4h às 9h, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Vila Olímpia e Berrini.  Das 8h às 19, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Morumbi e Granja Julieta. 

Das 7h às 9h, o intervalo médio entre os trens será de 30 minutos em toda a linha. A partir das 9h até à meia-noite, o intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 19h, haverá intervenções no sistema de rede aérea em toda a linha. Das 7h40 às 18h, os serviços estarão concentrados na Estação Brás. Das 8h30 às 17h30, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação São Caetano. Assim, das 7h às 19h, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos em toda a linha. 


Linha 11-Coral – Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: das 7h às 21h, em razão de serviços no sistema de rede área e nos equipamentos de via permanente entre as estações Luz e Tatuapé, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos, entre as estações Luz e Brás, e de 30 minutos, entre Brás e Guaianases.

E​xtensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, por conta das intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Ferraz de Vasconcelos e Poá, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo: das 6h às 21h, prosseguirão os serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Ferraz de Vasconcelos e Poá, além das obras de modernização da Estação Poá. O intervalo médio entre os trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h até meia-noite, serão realizadas obras no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação Itaquaquecetuba. O intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Brás e Eng. Manoel Feio e, de 30 minutos, entre as estações Eng. Manoel Feio e Calmon Viana.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público das 6h às 13 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação nessas linhas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações da Linha 5-Lilás e 15-Prata publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linhas 15-Prata e 5-Lilás funcionam em horário diferenciado no próximo domingo (21)

No próximo domingo (21), as linhas 15-Prata do Monotrilho e 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro) terão horário diferenciado de funcionamento. A mudança ocorre para dar continuidade aos testes no sistema de controle dos trens. Na Linha 15, as estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público das 6h às 13 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.

Já na Linha 5-Lilás, a intervenção ocorrerá das 4h40 às 12 horas. Nesse intervalo, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro até a abertura das estações. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pela estratégia. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Nas demais linhas, o horário de funcionamento das estações será normal e a oferta de viagens será a habitual de um domingo. O Metrô recomenda aos usuários que adquiram as viagens antecipadamente.

Para informar sobre as alterações programadas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações das linhas envolvidas e publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30. 

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

São Paulo pode ter greve de ônibus e Prefeitura deve mais de R$ 130 milhões às viações

Sistema de transportes em São Paulo enfrenta problemas financeiros e de gestão. Se PLR atrasar ou for parcelada, motoristas e cobradores podem parar, diz Sindicato. Foto: Estadão Conteúdo.

O paulistano pode enfrentar greve de ônibus a partir do dia 1º de setembro, segundo o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo – Sindmotoristas.

De acordo com a entidade, o motivo é que as empresas de ônibus querem parcelar em três vezes a PLR – Participação nos Lucros e Resultados, definida em campanha salarial no mês de maio.

Nesta segunda-feira, 22, o presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa, deve em coletiva às 11h na sede da entidade, dar detalhes sobre os rumos do movimento.

Durante a campanha, nos dias 18 e 19 de maio, houve paralisações entre uma e duas horas nos terminais de ônibus da cidade.

Por meio do SPUrbanuss,  que é o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, as companhias do subsistema estrutural (linhas e ônibus maiores) alegaram que não têm condições de realizar o pagamento à vista e que a prefeitura de São Paulo deve em torno de R$ 100 milhões em repasses atrasados pelos serviços prestados

O sindicato patronal enviou na última terça-feira, 16 de agosto, um comunicado ao sindicato dos trabalhadores explicando dificuldades das companhias e diz que “a inadimplência verificada por parte do contratante [Prefeitura] dos serviços já atinge, hoje, mais de R$ 100 milhões”. 

O presidente do Sindmotoristas, Valdevan de Jesus Santos, o Noventa, disse que a categoria não aceita o parcelamento e que se não houver um acordo até o dia 31 deste mês, em 1º de setembro os ônibus em São Paulo devem parar.

O Blog Ponto de Ônibus consultou nesta sexta-feira, 19 de agosto de 2016, a planilha da Conta- Sistema dos transportes em São Paulo.

A dívida acumulada da Secretaria Municipal de Transportes com o sistema ultrapassa R$ 133 milhões.
Já a dívida com as empresas de ônibus é de R$ 130 milhões, sendo que R$ 86 milhões para as viações do subsistema estrutural e R$ 43 milhões às empresas que surgiram das cooperativas e operam no subsistema local, as antigas lotações.

Os valores devidos para as empresas dos dois subsistemas são correspondentes ao período entre 4 e 11 de agosto. Os repasses são sempre feitos entre 5 e 8 dias após o serviço prestado – a mudança da fórmula tem sido gradual.
tabela-smt-dividas
O presidente do SPUrbanuss, Francisco Christovam, disse ao Blog Ponto de Ônibus, por telefone nesta sexta-feira, que o problema em relação aos repasses das complementações (subsídios pelas gratuidades, por exemplo) por parte da Secretaria Municipal de Transportes já vem se arrastando desde os primeiros meses do ano.

“As empresas de ônibus de São Paulo não estão quebradas. Quando esse problema começou, as empresas foram aos bancos e buscaram no mercado [financeiro] os recursos necessários até a prefeitura realizar os depósitos. Mas a bola de neve foi aumentando, o valor foi aumentando com tempo. Não é justo que os trabalhadores paguem por essa situação, nós não queremos isso. A situação é delicada e envolve pessoas, não tem como tratar com frieza” – disse o executivo.  “É sempre importante destacar que esses complementos não são para as empresas de ônibus, mas sim para os passageiros que usam os direitos de gratuidades, descontos e também o bilhete único nas modalidades temporais, que não tiveram reajustes nos valores da passagem. É um benefício ao passageiro que é transportado pelas empresas” – complementa.

Segundo presidente do SPUrbanuss, Francisco Christovam, a Secretaria de Finanças informou que só existem R$ 10 milhões programados até o final deste mês para as complementações.

Os repasses programados são de entorno de R$ 180 milhões mensais.

Ele também afirmou que as empresas de ônibus apresentaram propostas para reduzir os custos do sistema de maneira rápida, como racionalização de linhas e transferências de veículos de itinerários com menos demanda para trajetos onde a lotação é superior, para aumentar a produtividade de cada ônibus, mas segundo Francisco  Christovam, a SPTrans ainda não deu nenhuma resposta às propostas.

Em longo prazo, as empresas de ônibus, segundo o representante, propõem mudanças estruturais.
A Secretaria Municipal de Transportes contratou para a formulação da rede que deve constar nos editais de licitação do sistema, que estão sendo refeitos por recomendação do TCM – Tribunal de Contas do Município, a empresa Oficina Consultores.

Já o SPUrbanuss contratou a Logit Engenharia Consultiva e apresentou os estudos ao poder público com resultados diferentes.

“No curto prazo para resolver essa questão, o jeito é negociar e fazer as mudanças propostas, mas é necessário que haja medidas estruturais para evitar novamente problemas como estes” disse Christovam em entrevista ao Blog Ponto de Ônibus.

Em nota ao Blog Ponto de Ônibus, a Secretaria de Transportes informou que “A SPTrans vem cumprindo normalmente os contratos firmados com as operadoras.”

OFÍCIO DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS PARA SINDICATO DOS TRABALHADORES
oficio-spurbanuss

Vimos no Blog Ponto de Ônibus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, dias 20 e 21 de agosto


Neste final de semana, dias 20 e 21 de agosto, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, serão realizadas obras de modernização nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras e no sistema de rede aérea entre Lapa e Pirituba. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.

Domingo: das 4h à meia-noite, prosseguirão as obras de modernização nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. Das 4h às 22h, haverá continuidade nas intervenções no sistema de rede aérea entre Lapa e Pirituba. Das 7h às 22h, também serão executados serviços nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação da Luz. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, ocorrerão serviços nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Santa Teresinha. Neste horário, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Domingo: das 4h à meia-noite, os serviços serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jardim Silveira. 

Das 4h às 7h, prosseguirão as intervenções nos equipamentos de via permanente próximos da Estação Santa Teresinha. Neste horário, o intervalo médio entre os trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Das 7h às 17h, serão realizadas as obras de reconstrução da Estação Quitaúna. Das 8h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. Portanto, das 7h às 19h, o intervalo médio entre os trens será de 30 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi. Das 19h à meia-noite, o intervalo médio será de 10 minutos entre Júlio Prestes e Carapicuíba e, de 20 minutos, entre Carapicuíba e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 21h até o fim da operação comercial, a circulação ficará interrompida no trecho entre as estações Presidente Altino e Osasco, em razão de intervenções no sistema de sinalização. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. O intervalo médio entre os trens será de 12 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú. 
                             
Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização entre as estações Granja Julieta e Santo Amaro. Das 4h às 19h, a circulação permanecerá interrompida no trecho entre as estações Presidente Altino e Osasco, por causa dos serviços executados no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. 

Das 4h às 19h, o intervalo médio entre os trens será de 12 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú e, a partir das 19h, em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)
 
Domingo: das 7h40 às 18h, serão realizados serviços de manutenção na Estação Brás e, das 8h às 18h, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente na região da Estação Mauá. O intervalo médio entre os trens nesse período será de 15 minutos entre Brás e Rio Grande da Serra. 

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 6h às 19h, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)
 
Sábado e domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio de trens será de 35 minutos em toda a linha. 

No domingo, também estão programados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Itaquaquecetuba e Calmon Viana, mantendo o intervalo médio em 35 minutos. 

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

MPE investiga atraso em entrega de trens da CPTM

O Ministério Público Estadual – MPE investiga atrasos na entrega de novas composições que a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM adquiriu em 2013. Todos os 65 trens deveriam ter sido entregues em junho deste ano. 

No entanto, apenas 10 composições de fato chegaram nas dependências da companhia: 9 da Caf e uma do consórcio Iesa-Hyndai-Rotem. Destes dez, dois rodam na Linha 11-Coral, e os outros passam por testes antes de ingressarem à frota.

A CPTM afirma que acompanha a fabricação dos trens e que aplicou multas às empresas pelo atraso na entrega das composições, que totalizaram R$ 12,7 milhões.

Os novos trens devem substituir composições mais antigas.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô neste fim de semana, dias 13 e 14 de agosto

Neste final de semana, dias 13 e 14 de agosto, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pross​eguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas e o Metrô interditará a Linha 5-Lilás. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro)

Domingo: No período  das 4h40 às 12h00, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) da SPTrans, que circularão ininterruptamente entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro. Os usuários da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pelo sistema PAESE. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização nos equipamentos de via permanente entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Brás e Francisco Morato.

Em razão de obras na Linha 11-Coral, excepcionalmente, os trens da Linha 7-Rubi prestarão serviço até a Estação Brás durante toda a operação comercial.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato-Jundiaí)

Domingo: das 7h às 19h, haverá serviços nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Várzea Paulista. Neste período, o intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 8h às 19h, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Imperatriz Leopoldina. Neste horário, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente, entre as estações Jurubatuba e Autódromo. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em todas as linhas.

Domingo: das 4h às 7h, prosseguirão os serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Jurubatuba e Autódromo. Das 4h às 19h, também serão executados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Granja Julieta e Santo Amaro. Neste período, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.

Das 4h à meia-noite, devido a intervenções no sistema de rede aérea, a circulação ficará interrompida no trecho entre as estações Presidente Altino e Osasco. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h à meia-noite, em decorrência das obras realizadas na Linha 11-Coral, o intervalo médio dos trens será readequado para 15 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral – Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Luz e Tatuapé. Por esse motivo, os trens do serviço Expresso Leste não circularão neste trecho. Para completar a viagem, os usuários deverão fazer transferência nas estações Brás e Tatuapé. O intervalo médio dos trens entre as estações Tatuapé e Guaianases será de 15 minutos.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio dos trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo: das 4h às 7h, as obras de modernização da Estação Poá prosseguirão com intervalo médio entre os trens de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Das 7h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Calmon Viana e Jundiapeba. Neste período, o intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação nessas linhas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações da Linha 5-Lilás e 15-Prata publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos na CPTM e Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Vias de Higienópolis e Perdizes são interditadas para obras do Metrô

A concessionária Move São Paulo, junto à Companhia de Engenharia de Trafego – CET devem interditar uma via de Higienópolis para obras da Linha 6-Laranja do Metrô. É o caso da Rua Sergipe, entre a Rua Ceará e a Bahia, onde será construída a estação Angélica/Pacaembu.

Já em Perdizes, a Rua João Ramalho, também interditada, deverá abriga a futura parada Puc/Cardoso de Almeida. Em ambos os casos, as interdições devem permanecer até 2019.

Em junho, o Governo de São Paulo postergou o prazo de entrega das obras da Linha 6-laranja [Brasilândia-São Joaquim]: 2021. Em 2014, falava-se em entregar parte das obras em 2018. O Secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, atribui os atrasos a lentidão de repasses de verbas do Governo Federal, o que afetou o processo de desapropriações de imóveis necessários às construções.
Quando entregue, o tempo médio de viagem para entre as duas pontas, que atualmente é feito de ônibus em 1h30, será realizado em 23 minutos.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana, 6 e 7 de agosto

Neste final de semana, dias 6 e 7 de agosto, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado e domingo: das 20h de sábado à meia-noite de domingo, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Caieiras e, de 30 minutos, entre Caieiras e Francisco Morato.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato-Jundiaí)

Domingo: das 4h às 13h haverá serviços nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Várzea Paulista. Neste período, o intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Domingos de Morais. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Domingo: das 4h às 6h, os trabalhos nos equipamentos de via permanente no entorno da Estação Domingos de Morais serão retomados. Neste horário, o intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.

Das 6h à meia-noite, também haverá obras de modernização de estações e do sistema de rede aérea entre as estações Jardim Belval e Jardim Silveira. O intervalo médio dos trens será de 10 minutos entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba e, de 20 minutos, entre Carapicuíba e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 4h à meia-noite, em razão dos trabalhos no sistema de rede aérea, a circulação ficará interrompida no trecho entre as estações Presidente Altino e Osasco. Para completar a viagem, os usuários deverão utilizar os trens da Linha 8-Diamante. 

Das 9h às 18h haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Santo Amaro e Socorro. Neste horário, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú. Nos demais horários, o intervalo médio será de 10 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)
 
Domingo: das 7h às 18h, ocorrerão serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O intervalo médio entre os trens será de 10 minutos entre as estações Brás e Mauá e, de 20 minutos, entre Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 11-Coral – Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: das 4h às 15h serão executadas obras nos equipamentos de via permanente entre as estações Corinthians-Itaquera e Guaianases. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Corinthians-Itaquera e, de 30 minutos, entre Corinthians-Itaquera e Guaianases.

Das 15h à meia-noite, por conta das obras no trecho entre as estações Guaianases e Estudantes, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 6h às 19h, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio entre os trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes, neste período. 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)
 
Sábado: das 20h até o final da operação comercial, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. O intervalo médio de trens será de 30 minutos em toda a linha. 

Domingo: das 4h à meia-noite prosseguirão as obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. Também estão programados serviços no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Itaquaquecetuba. O intervalo médio dos trens será de 35 minutos em toda a linha.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Com Nova CEAGESP, Linha 7 pode ganhar nova estação

A Prefeitura de São Paulo divulgou nas últimas semanas uma proposta que pretende levar a CEAGESP, que hoje está localizada na Vila Leopoldina, para a região de Perus. A ideia já recebeu o aval do Governo Federal.

No novo projeto, o centro de distribuição deve ter uma passarela para que os visitantes possam ter uma visão aérea dos estandes dos comerciantes e também servir como acesso aos restaurantes, aos moldes do Mercadão Municipal.

Em uma outra parte do terreno, a proposta é construir uma nova estação de trem para a linha 7 – Rubi, da CPTM. A nova parada ficaria entre as estações Perus e Caieiras e teria como obejtivo levar os trabalhadores que a nova CEAGESP.

Outra função seria a de servir como rota de escoamento ferroviário das mercadorias até o porto de Santos. Uma área anexa serviria ainda de grandes armazéns, para dar vazão às vendas no atacado.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linha 11 Coral ganha segundo novo trem

A Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos recebeu nesta quarta-feira, 3 de Agosto, o segundo novo trem da série 8500. O Governador Geraldo Alckmin entregou a composição em uma vistoria no Via Expresso, onde fez uma viagem entre a Luz e Itaquera, sem paradas intermediárias, com duração de 19 minutos. Este trajeto será idêntico ao aplicado em dias de jogos na Arena Corinthians, pertencentes às olimpíadas.

O serviço terá início três horas antes dos jogos de futebol que acontecerão na capital paulista. Apenas nos dias 10 e 12 de agosto, em que os jogos começarão às 19h, o Via Expresso funcionará das 14h às 17h.
Segundo informações dos bastidores da companhia, os próximos trens da série 8500 devem prestar serviços na Linha 7-Rubi [Luz-Francisco Morato]. A informação não é confirmada pela CPTM.

A composição foi produzida pela Caf, e faz parte de um lote de 65 trens que estão sendo produzidos para rodar nas linhas paulistas, onde 35 serão construídos pela empresa Espanhola, e outros 30 pela Hyundai Rotem.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: