Integração entre Metrô/CPTM e ônibus sobe para R$ 6,80 a partir de 8 de janeiro

Bilhete único integrado temporal também terá reajuste e Semanal será extinto

Como havia informado o Diário do Transporte nesta manhã de sexta-feira, 30 de dezembro de 2016,  a Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo confirmou agora há pouco por meio de nota que a tarifa integração entre Metrô/CPTM e ônibus municipais da SPTrans vai subir no dia 8 de janeiro.

A integração passa dos atuais R$ 5,92 para R$ 6,80. Já o Bilhete Único diário integrado entre o sistema de Trilhos e o ônibus fica em R$ 20 e só de um sistema terá custo de R$ 15.

O bilhete único mensal passará a custar R$ 190 (só o ônibus ou só sistema de trem/metrô) ou R$ 300 integrado (ônibus e trilhos). O Bilhete Único Semanal foi extinto.

A tarifa básica dos ônibus municipais de São Paulo e dos trens e Metrô fica em 2017 congelada, custando R$ 3,80.

Acompanhe a nota oficial

Metrô, CPTM e SPTrans mantêm tarifa básica para 2017: Decisão conjunta de Estado e Município de São Paulo beneficia usuários com o congelamento do valor. A Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado (STM) e a Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT) da futura gestão da Prefeitura de São Paulo decidiram que a tarifa básica do Metrô, da CPTM e dos ônibus da SPTrans será mantida em R$ 3,80 no ano que vem, medida que congela o valor praticado em 2016.

O bilhete Integrado ônibus municipal e trilhos terá desconto de 10,5% sobre a tarifa básica, passando de R$ R$ 5,92 para R$ 6,80.

O bilhete 24 horas (indicado para mais de 4 viagens em 24h e, especialmente, para turistas) ficará em R$ 15 o comum e R$ 20 o integrado. O Mensal, que não é reajustado há três anos, passará a custar R$ 190 o comum (sugerido para mais de 50 viagens) e R$ 300 o integrado (sugerido para mais de 44 viagens).

Também em decisão conjunta entre as secretarias, o bilhete Semanal será extinto em todas as suas modalidades, já que há baixa adesão a essa modalidade (menos de 0,05%).

O desconto do bilhete Fidelidade, por sua vez, será de até 10,5%, de acordo com o número de viagens. O mesmo percentual será aplicado aos bilhetes Madrugador (Metrô, das 4h40 às 6h15; e CPTM, das 4h40 às 5h35); e Da Hora (das 9h às 10h, nas linhas 8, 9 e 5), ambos fixados em R$ 3,40.

As novas tarifas passarão a vigorar a partir de 8 de janeiro de 2017.

Vimos no Diário do Transporte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Alckmin pode congelar tarifas de Metrô e CPTM em 2017

A equipe do governador Geraldo Alckmin está estudando a possibilidade de seguir o caminho do prefeito eleito de São Paulo, João Doria, e congelar as tarifas do Metrô e CPTM em R$ 3,80 para 2017.

Entre as possibilidades para manter o valor da tarifa igual, estão reajustes nos bilhetes diário, semanal ou mensal de ônibus, vale-transporte, passe escolar e revisão das gratuidades a idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência e estudantes de baixa renda.

Os técnicos ainda estão estudando os últimos detalhes e devemos ter isso (definição) nos próximos dias”, disse o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni. “Há diversas possibilidades que estão sendo analisadas, mas precisamos aprovar com os nossos chefes ainda, o governador e o prefeito”, completou o titular da pasta, sem dar mais detalhes sobre o estudo.

Nos últimos anos, tanto a tarifa de ônibus municipal de São Paulo quanto o Metrô e CPTM tem reajustes conjuntos e ficam no mesmo valor.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

​​​​CPTM e Metrô vão operar durante madrugada do Réveillon com estações abertas para desembarque e Metrô abrirá mais cedo na segunda (02)

Quem pretende comemorar a chegada do Ano Novo na Avenida Paulista encontrará no Metrô e na CPTM, a melhor alternativa de transporte para chegar ao local da festa. Na virada do ano, para facilitar o deslocamento dos usuários que forem aos eventos programados na região, a circulação de trens em todas as linhas de metrô e da CPTM será ininterrupta durante toda a madrugada.

Os usuários poderão embarcar em qualquer estação das linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente –Vila Madalena), exceto a estação Brigadeiro, 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera – Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã-Luz), operada pela concessionária ViaQuatro, até às duas horas da manhã do dia 1º de janeiro.

Após esse horário, apenas as estações Paraíso, que integra as linhas 1-Azul e 2-Verde, Trianon/Masp, Consolação, da Linha 2-Verde, e Paulista, da Linha 4- Amarela, permanecerão abertas para embarque e desembarque. Todas as demais continuarão em funcionamento, porém somente para desembarque. Nas linha 5-Lilás e 15-Prata, os usuários poderão embarcar em todas as estações até a meia-noite. Após esse horário, as estações permanecerão abertas, porém somente para desembarque. 

As estações das linhas 7-Rubi (Luz– Francisco Morato), 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi), 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú), 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz – Estudantes) e 12-Safira (Brás – Calmon Viana) estarão abertas para embarque e desembarque até 1h00 do dia 1º de janeiro. Após esse horário, somente as estações Luz, Brás, Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Pinheiros, Santo Amaro, Palmeiras-Barra Funda e Tamanduateí, que fazem integração gratuita com o Metrô, estarão abertas para a transferência dos usuários e para o desembarque.

Nesse período, o intervalo entre as composições da CPTM, será de 15 minutos. As demais estações do sistema continuarão funcionando na madrugada só para desembarque.

Estação Brigadeiro fecha mais cedo no dia 31

Quem utiliza a estação Brigadeiro deve ficar atento às mudanças programadas no último dia do ano. Em razão da proximidade ao local da festa na Paulista, por questões de segurança, no sábado, 31 de dezembro, a estação será fechada às 16 horas e reabrirá somente às 4h40 do dia 1º. A medida será informada aos usuários por meio de cartazes, mensagens sonoras nas estações e nos trens e nas redes sociais oficiais do Metrô.

Durante a noite de Réveillon, para garantir a segurança dos usuários, o contingente de funcionários será reforçado nas estações. Em caso de necessidade, o usuário deve solicitar auxílio a um funcionário ou enviar mensagem para o serviço SMS-Denúncia. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 97333-2252 para rápida atuação dos funcionários do Corpo de Segurança. O Metrô garante total anonimato do passageiro. Vale lembrar que é proibido o consumo de bebida alcoólica nas estações e trens.

No primeiro dia de 2017, todas as linhas do Metrô voltam a operar nos horários habituais, com reabertura das estações a partir das 4h40. Nesse dia, a frota em operação em todas as linhas será a habitual de um domingo.

Retorno tem antecipação de horário

Na segunda-feira (2), para atender aos usuários que retornam à capital, o início da operação será antecipado para as quatro horas da manhã nas linhas 1, 2, 3 e 4, com viagens extras para os usuários. Nas linhas 5-Lilás e 15-Prata, a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, às 4h40.

Para mais informações sobre a operação da rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM   

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Governo quer tirar Ferroanel com MP das Concessões

Imagem de Wesley Souza

Por meio da MP das Concessões, que o governo federal defende para incentivar investimentos em infraestrutura, a administração pública pretende tirar o Ferroanel de São Paulo do papel.

A medida provisória prevê que, para renovar seus contratos, as atuais concessionárias de ferrovia fariam novos investimentos indicados pelo poder público. Estão sendo listando as linhas mais prioritárias no ponto de logística no País.

Segundo publicação do jornal “O Estado de São Paulo”, a ideia no início não teria empolgado os empresários do setor. Mas, posteriormente a classe de teria gostado da ideia.

O projeto pretende ligar criar uma ferrovia circulando a região metropolitana de São Paulo, sem que os trens cargueiros tenham que disputar trilhos com as composições de passageiros, operadas pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, dando agilidade aos dois sistemas de transporte.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Jornal detalha como será a estação Santa Cruz

Na edição desta sexta, 23, o jornal Folha de São Paulo mostra, em destaque, como será a nova estação Santa Cruz, que conectará as linhas 5 –lilás e 1 –azul do Metrô. O projeto pretende evitar o problema que ocorre na ligação entre as linhas 2 –verde e 4 –amarela na estações Consolação e Paulista, onde só há um corredor que faz a ligação e causa grandes aglomerações em horários de pico.

De acordo com o Metrô, a nova ligação deve atrair 143.000 usuários por dia até 2020, 8.000 a mais do que passam na ligação Consolação-Paulista.

Haverá mais de 1 acesso para conectar as estações. Um caminho vai levar os usuários da linha 5 na plataforma da linha 1, sentido Jabaquara. Outros dois túneis, com cinco metros de largura cada um, construídos por baixo do primeiro caminho, darão vazão aos usuários que se deslocam sentido Tucuruvi.
Outra novidade fica por conta da posição das escadas rolantes. Elas não irão cair diretamente nas plataformas. Serão recuadas, para deixar mais espaço para a multidão esperar pelo trem.

A estação Santa Cruz será a mais profunda da linha 5 com 41,5 metros de profundidade -contra 7 m da atual, na linha 1. Da rua até a plataforma, serão 6 lances de escadas rolantes.

A expectaitiva é que esta estação, junto com Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo e Chácara Klabin sejam entregues no fim de 2017. Até o meio do próximo ano devem ser entregues as estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin.

Já Campo Belo, que conectará com a linha 17-ouro, ficará para 2018.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linha 4 – Amarela atinge 1 bilhão de passageiros transportados

A linha 4 – amarela, do Metrô de São Paulo, operada pela concessionária ViaQuatro, atingiu a marca de 1 bilhão de passageiros transportados nesta sexta-feira, 15.

Perto da área de bloqueios da estação Paulista foi instalado um telão onde se registrava a contagem. Ao atingir 1 bi, a passageira que fez a marca foi surpreendida e e recebeu a placa comemorativa como “passageira 1 bilhão”. A escolha da passageira de número 1 bilhão foi aleatória e simbólica.

Foi a forma que encontramos de agradecer a todos os passageiros”, afirmou o presidente da ViaQuatro, Harald Zwetkoff.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Prefeitura divulga período que o rodízio estará suspenso

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta terça, 20, o período em que o rodízio municipal estará suspenso na cidade.

Entre os dias 23 de dezembro, próxima sexta-feira, até o dia 13 de janeiro, todos os carros poderão circular pela cidade sem restrição. A media volta a valer no dia 16 de janeiro.

Durante esse período, continua valendo o Programa de Restrição ao Trânsito de Veículos Automotores Pesados, (Rodízio do Caminhão), a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC), e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Linhas 15- Prata e 2- Verde do Metrô terão operação diferenciada no próximo domingo (18)

O metrô interditará a Linha 15-Prata e realizará obras na Linha 2-Verde. Confira a programação.


Linha 2-Verde (Vila Prudente - Vila Madalena


Domingo: para que possam ser executados serviços de manutenção, para substituição de equipamento que possibilita manobras dos trens de uma via para outra, no trecho entre as estações Vila Madalena e Sumaré, ambas as estações permanecerão fechadas até 10 horas. Para atender os usuários, também serão disponibilizados ônibus gratuitos do sistema PAESE, que circularão entre as estações Vila Madalena e Clinícas até a reabertura das estações interditadas. No trecho entre as estações Clínicas e Vila Prudente, a circulação dos trens ocorrerá normalmente.
Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público até às 16 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.
Para orientar os usuários, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações das linhas envolvidas e publicará informativos nas redes sociais. Para evitar atrasos, o Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens com antecedência e adquiram as viagens antecipadamente. Nas demais linhas, a circulação dos trens não sofrerá mudanças.

Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

O que significa um trem da série 8500 na Linha 10?

Foto: Mario Lucas Musial

Nesta segunda-feira, 12 de dezembro, um trem da série 8500 foi visto em testes na estação São Caetano, na Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM. A presença da composição na pratica representa o tão aguardado início das operações de novos trens na ferrovia que corta o ABC? A resposta é não.

O trecho já foi usado para testes de equipamentos das composições, inclusive de outras séries, como a 2000, sem que estas tenha sido deslocadas para a linha que liga o Brás a Rio Grande da Serra. Vale lembrar que fora do horário de pico, os testes não atrapalham a operação comercial.

Por outro lado, em algum momento o trecho deve ter atendimento de novas unidades. A própria CPTM já havia informado que a linha 10-Turquesa receberia parte da nova frota. “Eles serão incorporados à frota e atenderão todas as linhas, inclusive a Linha 10 Turquesa”, disse a companhia em seu Facebook.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação na Linha 12-Safira da CPTM e Linhas 15-Prata e 2-Verde do Metrô neste domingo, 11 de dezembro

Com a chegada do Natal e o aquecimento do comércio no final de semana, a CPTM realizará obras somente na Linha 12-Safira neste domingo (11/12), e o metrô interditará a Linha 15-Prata e realizará obras na Linha 2-Verde. Na Estação Brás (CPTM), está sendo realizada operação especial de Natal para atender os usuários que vão às compras na região central de São Paulo. Confira a programação.

Linha 2-Verde (Vila Prudente - Vila Madalena

Domingo: para que possam ser realizados serviços de manutenção programada nos trilhos entre as estações Alto do Ipiranga e Vila Prudente, os trens circularão por uma única via, neste trecho, até as 10 horas. Entre as estações Alto do Ipiranga e Vila Madalena, a circulação das composições ocorrerá normalmente, por ambas as vias. Portanto, ao chegar na estação Alto do Ipiranga, o usuário deverá desembarcar e trocar de composição para seguir viagem tanto para Vila Madalena quanto para Vila Prudente.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente no trecho entre as estações Tatuapé e USP-Leste. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público até às 18 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Operação de Natal (CPTM)

Para facilitar o deslocamento desses usuários durante os embarques e desembarques na Estação Brás, a CPTM realiza operação especial até o dia 24/12 com estratégias operacionais e reforço da segurança. Aos sábados, o horário de pico é ampliado e o número de empregados da Estação Brás elevado em 48%, passando de 44 para 65 empregados, contando com apoio do pessoal das outras linhas e o reforço de mais 10 agentes no efetivo da segurança.

Também é intensificada a emissão dos AP (avisos sonoros) e as informações de segurança aos usuários, como cuidados redobrados com pertences como bolsas, celulares e até as crianças e a compra antecipada do bilhete para a volta. Todos os guichês da bilheteria ficam abertos e há um exclusivo para receber pagamentos realizados em moedas e no valor exato da tarifa.

Para organizar as filas na bilheteria são usados direcionadores de fluxo e gradis para a linha de bloqueios (catracas). Também há orientação para o embarque seguro nas plataformas e acessos preferenciais às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Outra ação importante é a ponto de encontro implantado, logo após a linha de bloqueios, para acolher momentaneamente pessoas que se desencontraram.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação nessas linhas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes das linhas envolvidas e publicará informativos nas redes sociais. O contingente de funcionários operativos e de seguranças será reforçado na Linha 2-Verde. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30. 

Vimos no Metrô/SP e CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Metrô neste fim de semana, 03 e 04 de dezembro

Neste final de semana, dias 03 e 04 de dezembro, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas e o Metrô interditará a Linha 15-Prata. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h até meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h às 21h, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi devido às seguintes obras:

- Das 4h às 7h, intervenções nos equipamentos de via na região da Estação Domingos de Morais;​
- Das 4h às 16h, serviços no sistema de rede aérea entre Comandante Sampaio e Gal. Miguel Costa; 
- Das 7h às 21h, obras de modernização nas estações Antonio João, Jardim Belval e Jardim Silveira;
- Das 15h às 21h, intervenções no sistema de rede aérea entre Presidente Altino e Gal. Miguel Costa.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 15h à meia-noite, a circulação de trens ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco em razão de serviços no sistema de rede aérea no trecho. Para seguir viagem, o usuário deverá utilizar os trens da Linha 8-Diamante. Também haverá intervenções nos equipamentos de via permanente na região da Estação Santo Amaro. O intervalo médio será de 25 minutos entre as estações Presidente Altino e Grajaú.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Guapituba. O intervalo médio entre os trens será de 10 minutos entre as estações Brás e Mauá e de 30 minutos entre Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.

Domingo: das 4h à meia-noite, as obras prosseguirão no trecho entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart. Também haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações USP-Leste e Comendador Ermelino. O intervalo médio dos trens será de 35 minutos em toda a linha.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público até às 16 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Nas demais linhas, o horário de funcionamento das estações será normal e a oferta de viagens será a habitual de um domingo. O Metrô recomenda aos usuários que adquiram as viagens antecipadamente.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre a alteração na operação nessas linhas, o Metrô emitirá mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocará cartazes nas estações da Linha 5-Lilás e 15-Prata publicará informativos nas redes sociais. Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), diariamente, das 5h30 às 23h30.

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários: