380 Move Metrópole | Sempre em movimento!: 2017

Obras alteram circulação dos trens da CPTM neste fim de semana, 20 e 21 de maio


Neste final de semana (20 e 21 de maio), a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Também haverá operação especial devido à realização da Virada Cultural.
 
Durante a madrugada de sábado para domingo, entre 1h e 4h, o intervalo entre os trens será de 30 minutos nas seis linhas, com todas as estações abertas para desembarque, exceto aquelas que têm integração com o Metrô, que estarão abertas para embarque e desembarque dos usuários.
 
Confira a programação e planeje sua viagem:
 
Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)
 
Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e de 30 minutos entre Pirituba e Francisco Morato.
 
Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)
 
Sábado: das 20h à 1h, as intervenções serão realizadas nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi.  
 
Domingo: das 4h à meia-noite, serão executados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Santa Terezinha e Barueri. Das 8h às 20h, os trabalhos ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino. Também haverá obras de modernização no sistema de rede área nas imediações da Estação Jardim Belval. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Júlio Prestes e Itapevi. 
 
Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)
 
Sábado: das 20h à 4h de domingo, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido a trabalhos nos equipamentos de via permanente. Para prosseguir viagem, os usuários devem utilizar a Linha 8-Diamante.
 
Domingo: das 8h às 20h, a circulação voltará a ser interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido à retomada dos trabalhos nos equipamentos de via permanente. Para prosseguir viagem, os usuários devem utilizar a Linha 8-Diamante.
 
Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)
 
Domingo: das 4h às 8h30, serão executados serviços de infraestrutura entre as estações Brás e Mooca. Das 7h às 19h, as intervenções se concentrarão nos equipamentos de via permanente entre as estações São Caetano do Sul-Prefeito Walter Braido e Utinga. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.
 
Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)
 
Sábado: das 20h de sábado à 1h, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha devido às obras de implantação da Linha 13-Jade.
 
Domingo: das 4h até o fim da operação comercial, prosseguirão os trabalhos de implantação da Linha 13-Jade. Das 6h às 14h, também serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação USP-Leste. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.
  
Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.
 
Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

CPTM e linhas de Metrô funcionam sem parar na Virada Cultural 2017


Na madrugada do próximo sábado (20) para o domingo (21), com exceção da Linha 15-Prata (Oratório -Vila Prudente), todas as demais linhas operadas pelo Metrô, funcionarão de maneira ininterrupta. A medida também será adotada na Linha 4-Amarela (Butantã –Luz), que é operada pela Concessionária Via Quatro. Por lá, todas as estações, com exceção de Luz e República, também ficarão abertas durante a madrugada para atender o público.
 
A Linha 15-Prata do monotrilho, para continuidade dos testes do novo sistema de controle dos trens, o encerramento da operação comercial do sábado, como de hábito, ocorrerá à 1 hora da manhã. Durante o período de testes no domingo (21), das 4h40 às 16 horas, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações.
 
Na CPTM, que vai operar das 4h de sábado até a meia-noite de domingo, todas as estações permanecerão abertas. Durante a madrugada de sábado para domingo, entre 1h e 4h, o intervalo entre os trens será de 30 minutos nas seis linhas, com todas as estações abertas para desembarque, exceto as estações que têm integração com o Metrô, que estarão abertas para embarque e desembarque dos usuários. 
 
Já na Linha 4-Amarela, a circulação dos trens ocorrerá normalmente no trecho entre as estações Butantã e Paulista. Os passageiros poderão utilizar a estação Consolação, na Linha 2-Verde, para realizar as integrações com as demais linhas metroviárias. Vale lembrar também, que as estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionarão normalmente. 

As estações República e Luz da Linha 4-Amarela permanecerão fechadas durante todo o domingo para prosseguimento das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie.
 
Bilhetes Antecipados
Para facilitar o acesso às estações, as empresas recomendam aos usuários a compra antecipada dos bilhetes, preferencialmente com dinheiro trocado, ou o recarregamento do Bilhete Único. No Metrô, a venda de bilhetes nas bilheteiras e carregamento de créditos nos bilhetes eletrônicos em máquinas de autoatendimento poderão ser feitos normalmente nos horários de funcionamento de todas as estações.
 
Segurança
O Metrô e a CPTM também vão trabalhar de forma conjunta para garantir a segurança no interior do sistema. As duas empresas terão reforço no quadro de agentes que ficarão distribuídos de forma estratégica ao longo das linhas, principalmente nas estações próximas às apresentações, e os centros de Controle de Segurança farão monitoramento contínuo da movimentação do público.
 
Acesso de ciclistas ao sistema metroviário
Para os ciclistas que quiserem usar o sistema metroferroviário em seus deslocamentos, o acesso poderá ser feito a partir das 14h do sábado até a meia-noite de domingo, sempre considerando o limite de quatro bikes por trem e o embarque no último vagão.
 
Para quem vai conferir as atrações programadas para o Sambódromo, a opção é utilizar a Linha 1-Azul do Metrô, até a estação Portuguesa/Tiete, e seguir viagem em linha de ônibus da SPTrans (tarifada) que partirá do local durante toda a madrugada.
 
Atendimento ao usuário:
 
CPTM – SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário): 0800 055 0121 funciona 24 horas.
O Posto de Atendimento da Estação da Luz ficará aberto das 8h às 22h no sábado e das 6h às 17h de domingo.
Metrô – Central de Informações: 0800 770 7722
Funciona diariamente das 5h30 às 23h30.
ViaQuatro – Central de Atendimento da Linha 4-Amarela: 0800 770 7100
Funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, e no sábado e domingo, das 8h às 18h.
 
Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste fim de semana, dias 13 e 14 de maio

Neste final de semana (13 e 14 de maio), a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. Das 8h às 19h, também serão executados serviços de manutenção na Estação Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Caieiras e de 30 minutos entre Caieiras e Francisco Morato.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, as intervenções serão nos equipamentos de via permanente entre as estações Barueri e Jardim Belval. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Barueri e Itapevi.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Jandira e Itapevi. Das 8h às 20h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Comandante Sampaio e Osasco. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Barueri e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 8h às 20h, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco devido à trabalhos nos equipamentos de via permanente no trecho. Para prosseguir viagem, os usuários devem utilizar a Linha 8-Diamante.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 21h, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Ipiranga e Tamanduateí. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral (Luz – Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, os serviços ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha e não haverá transferência em Guaianases para usuários que utilizam a extensão da Linha 11-Coral.

Linha 12-Safira (Brás  – Calmon Viana)

Sábado e Domingo: das 20h de sábado até o fim da operação comercial de domingo, o intervalo médio entre os trens será de 35 minutos em toda a linha devido às obras de implantação da Linha 13-Jade.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Motoristas de ônibus anunciam paralisação de 3h na terça e atraso nesta sexta

Motoristas e cobradores de ônibus da cidade de São Paulo decidiram nesta quinta-feira (11), em assembleia geral, fazer uma paralisação de três horas na próxima terça (16). A categoria interromperá suas atividades entre as 14h e as 17h, como forma de protesto.

O Sindmotoristas (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo) anunciou também que serão realizadas assembleias em todas as garagens do sistema da cidade nesta sexta (12) e na próxima segunda (15), ainda de madrugada, das 3h as 6h. A categoria informou que a medida vai atrasar a saída dos ônibus nos dois dias.

A decisão foi tomada após a direção da entidade rejeitar a proposta patronal apresentada de reajuste de 3% pago em duas parcelas. Segundo o sindicato, mais de 4 mil trabalhadores participaram da assembleia.

O Secretário Municipal de Transporte e Logística, Sérgio Avelleda, esteve na tarde desta quinta na sede do Sindmotoristas para acompanhar o andamento das negociações.

Vimos no UOL

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM e Via Quatro neste fim de semana, dias 6 e 7 de maio

Neste final de semana (6 e 7 de maio), a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens e a Via Quatro interditará parcialmente a Linha 4-Amarela. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 4-Amarela (Luz - Butantã)

Domingo: Para continuidade das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie, as estações República e Luz da Linha 4-Amarela, operadas pela Concessionária ViaQuatro, ficarão fechadas durante todo o dia. No trecho entre as estações Butantã e Paulista, a circulação dos trens da Linha 4 ocorrerá normalmente. Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino a Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, na Linha 1-Azul, quanto em República, na Linha 3-Vermelha, devem se dirigir até a estação Consolação, na Linha 2-Verde, onde será possível  transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. Das 8h às 19h, também haverá serviços de manutenção na Estação Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Francisco Morato será de 24 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. Das 8h às 20h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Engenheiro Cardoso e Itapevi. O intervalo médio dos trens será:
Das 8h às 20h:

- Entre as estações Júlio Prestes e Barueri: 16 minutos
- Entre as estações Barueri e Itapevi: 32 minutos

Nos demais horários:

- Entre as estações Júlio Prestes e Barueri: 10 minutos
- Entre as estações Barueri e Itapevi: 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sábado: das 20h até o fim da operação comercial, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Primavera-Interlagos e Grajaú. O intervalo médio dos trens será de 14 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 8h, serão executados serviços de infraestrutura entre as estações Brás e Mooca. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.
 
Das 8h às 18h, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Ribeirão Pires - Antônio Bespalec e Rio Grande da Serra. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira (Brás  – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, em decorrência de trabalhos nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 18 minutos.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.
Com a operação diferenciada deste domingo, a orientação aos usuários será reforçada em toda a Linha 4-Amarela com cartazes, mensagens sonoras e veiculação de informações nos monitores de TV das estações, plataformas e trens. A equipe de atendimento também está preparada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar os impactos das mudanças e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco.

Vimos na CPTM e Via Quatro

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô funcionará normalmente nesta sexta, 5

O sindicato dos metroviários de São Paulo, em assembleia, nesta  noite de quinta-feira, 4, decidiram não entrar em greve nesta sexta, 5.

O argumento da categoria era que apesar de declarar que é favorável à Intrajornada de meia hora, o Metrô está implantando o intervalo de uma hora de forma autoritária, aumentando a jornada e provocando muitos transtornos aos metroviários.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô de São Paulo poderá ter nova greve nesta sexta-feira

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo decidiu paralisar as linhas do metrô da capital paulista a partir das 0h desta sexta-feira, dia 5.

Em assembleia realizada na tarde de ontem, os metroviários aprovaram a greve em protesto contra o aumento da jornada de trabalho.

De acordo com a assessoria de imprensa do sindicato, a categoria vai se reunir nesta quinta-feira, dia 4, para confirmar a paralisação.

Veja as linhas que devem ser paralisadas:
1-Azul (Jabaquara/Tucuruvi),
2-Verde (Vila Madalena/Vila Prudente)
3-Vermelha (Corinthians Itaquera / Palmeiras Barra Funda)
5-Lilás (Capão Redondo/Adolfo Pinheiro)
15-Prata (Vila Prudente/Oratório)
Apenas a linha 4-Amarela, que é administrada pela ViaQuatro, deve funcionar.

Greve geral
Na última sexta-feira, dia 28, os trabalhadores do transporte público de São Paulo decidiram paralisar suas atividades em apoio à greve geral contra as reformas previdenciária e trabalhista propostas pelo governo Michel Temer (PMDB).

Após amanhecer sem transporte, o metrô e trem de São Paulo voltaram a operar de forma parcial.

Vimos na Exame

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Divulgado vídeo com testes do primeiro monotrilho da linha 17

A Scomi divulgou esta semana um vídeo que mostra o monotrilho, que servirá para a linha 17 – Ouro, do Metrô, em testes na Malásia. O primeiro monotrilho deve chegar no terceiro trimester no Brasil.

O diretor executivo da Scomi, Rohaida Ali Badaruddin, disse que a empresa pode abrir uma fábrica em São Paulo com investimento de US$ 50 milhões.

A empresa deve fornecer 14 trens para a linha 17, número elevado pois considerava-se que a linha iria ser expandida até a estação São Paulo – Morumbi, da linha 4, em uma ponta, e atá a estação Jabaquara, da linha 1, na outra ponta. Outro problema que deve ser encontrado é quando este trens começarem a chegar, onde ficarão?


Vimos no Via Trolebus
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras alteram circulação dos trens da CPTM neste feriado

Durante o feriado do Dia do Trabalhador, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.

Segunda: das 4h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Jaraguá e Perus. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.
   
Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado:
das 22h até o fim da operação comercial, os serviços serão executados nos equipamentos de via permanente entre as estações Lapa e Domingos de Morais. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.  

Domingo: das 4h às 7h, os serviços prosseguirão entre as estações Lapa e Domingos de Morais. Das 7h às 17h, também ocorrerão obras de modernização no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Jardim Silveira. Das 4h às 7h, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos. Das 7h às 17h, o intervalo médio será de 20 minutos no trecho entre Carapicuíba e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Villa-Lobos-Jaguaré e Cidade Jardim. Das 8h às 20h, também haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Jurubatuba e Autódromo. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.
   
Segunda: das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos no sistema de rede aérea entre as estações Villa-Lobos-Jaguaré e Cidade Jardim. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 19h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Mauá e Guapituba. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha. 

Segunda: das 7h às 18h, os serviços estarão concentrados no sistema de rede aérea entre as estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra. 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado a Segunda: das 20h de sábado até a meia-noite de segunda, em decorrência das obras da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 35 minutos.
 
Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Acompanhe a greve em São Paulo ao vivo

Atualizado às 22h23

Metrô:
Linhas do Metrô encerram as atividades às 22h30.
Linha 1 – Azul: operando entre Saúde e Luz, sem parada na Sé
Linha 2 – Verde: operando entre Vila Madalena e Ana Rosa
Linha 3 – Vermelha: fechada
Linha 4 – Amarela: operação normal
Linha 5 – Lilás: operação normal

CPTM:
Linha 7 – Rubi: operando entre Luz e Pirituba
Linha 8 – Diamante: operando entre Palmeiras-Barra Funda e Osasco
Linha 9 – Esmeralda: operando entre Pinheiros e Jurubatuba
Linha 10 – Turquesa: operando entre Luz e Tamanduateí
Linha 11 – Coral: operando entre Luz e Tatuapé
Linha 12 – Safira: operando Brás e USP-Leste

SPTrans: nenhum ônibus circula pela cidade. Empresas de micro-ônibus circulam pelos bairros;

Trolebus da Metra voltando a circular;

Rodízio de veículos está suspenso;

Vagas zona azul liberadas para estacionar;

Aeroportos de Congonhas e Guarulhos operam normalmente.

Mais notícias em tempo real:

22h23: O Metrô anunciou que encerrará suas operações às 22h30.


18h15: Terminal Parque Dom Pedro está vazio no início da noite desta sexta-feira (28) por causa da paralisação dos ônibus. Apenas a linha ⁠⁠⁠3161 Jardim Colorado circula.


16h38: Segue abaixo a situação do transporte intermunicipal gerenciado pela EMTU na Grande São Paulo:
- Consórcio Intervias: das três empresas que compõem o consórcio, duas estão totalmente paradas;
- Consórcio Anhanguera: das oito empresas que compõem o consórcio, duas estão totalmente paralisadas;
- Consórcio Internorte: das onze empresas, oito estão paralisadas;
- Consórcio Unileste: das três empresas, duas operam normalmente. A Radial está operando apenas as linhas que não se destinam à Capital;
- Região do ABC: as 100 linhas estão totalmente paralisadas;
- Corredor Metropolitano ABD: iniciaram a saída da garagem às 13h com apoio do policiamento.

15h19: Consórcio Unileste: Jacareí, Pássaro e RTOs operam nesta sexta-feira. A operação é parcial nas linhas da empresa Radial.

12h55: Site da CPTM tem instabilidade. A empresa disponibiliza o telefone de informações: 0800 055 0121.

11h53: Algumas linhas da EMTU estão funcionando, principalmente entre Osasco e o Terminal Butantã.


11h50: Microonibus e veículos da EMTU circulam na Avenida Vital Brasil, na Zona Oeste de São Paulo.  

 
10h13: O governador, Geraldo Alckmin, e o prefeito, João Doria, afirmaram que cobrarão multas dos sindicatos por desrespeito à decisão da Justiça que proibiu a greve no Metrô, CPTM e ônibus nesta sexta-feira e vão descontar o ponto do dia dos funcionários que faltarem. As entrevistas foram dadas à rádio Jovem Pan.

09:42: Circulação na Linha 5-Lilás retomada.

09h20: Linha 1-Azul voltou a circular entre Luz e Paraíso, porém não estão parando na estação Sé por questões de segurança.

09h09: A Linha 9-Esmeralda começou a circular entre Santo Amaro e Pinheiros, informou o Bom Dia Brasil.

08h40: A Linha 8-Diamante tentou voltar a circular, mas por vandalismo na rede aérea, não foi possível.

08h25: A Linha 10-Turquesa começou a circular entre Tamanduateí e Luz, informou o Bom Dia Brasil.

08h19: Na estação Guaianases não circulam trens da CPTM e os ônibus também não saem do terminal ao lado. O que têm são ônibus de cooperativas, mas que segundo os passageiros só atendem bairros da Zona Leste. Quem precisa ir pro Centro está sem opção.

07h55: A maioria dos ônibus intermunicipais que passam por Francisco já seguiu pra garagem.

07h45: Em Francisco Morato, ônibus municipais não circulam.

07h01: Corredor Norte-Sul está bloqueado no sentido Anhangabaú, em função de manifestação.

 
07h00: A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa em seu Twitter oficial para os motoristas evitarem circular pelos locais onde estão ocorrendo protestos em São Paulo. Nesses pontos, as manifestações estão causando congestionamentos no trânsito e dificultando o tráfego de veículos.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Uber e 99 darão corridas gratuitas nesta sexta, 28

Os aplicativos de transporte Uber e 99 darão corridas gratuitas a seus usuários nesta sexta, 28, dia da greve geral no país de no máximo R$ 20.

Na 99, o desconto vale durante 24 horas, mas apenas para as corridas corridas de carros particulares, o 99POP.

Para o Uber a corrida gratuita será somente nos horários de pico: das 7h às 11h e das 16h às 20h.

Em nota, a 99 afirmou que “como empresa de mobilidade, acredita que o seu papel é fornecer às pessoas uma alternativa de transporte, seja para ir ao trabalho, às manifestações, aos hospitais ou qualquer outro lugar.” O Uber, por sua vez, destacou que “os motoristas parceiros são autônomos e todos os dias têm o poder de escolher se desejam ou não dirigir pela plataforma”, negando que estaria se posicionando contrário à greve.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Nova decisão judicial impede totalmente greve no Metrô e CPTM

De acordo com Governo do Estado, não poderá haver paralisações totais ou parciais

A juíza da 16ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, Ana Luiza Villa Nova, atendeu no final da tarde de hoje pedido de liminar do Governo do Estado de São Paulo e proibiu a realização de greve total ou parcial dos serviços públicos de transporte metroviário e ferroviário nesta sexta-feira 28 de abril de 2017, dia considerado por centrais sindicais como greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista.

Segundo nota divulgada pelo próprio Governo do Estado de São Paulo, cada sindicato que descumprir a determinação, receberá multa de R$ 937 mil.

O Estado de São Paulo obteve na Justiça, na tarde desta quarta-feira (26), liminar que garante o direito de locomoção dos cidadãos e determina que os sindicatos se abstenham de promover a greve total ou parcial dos serviços públicos de transporte metroviário e ferroviário nesta sexta-feira, 28. O descumprimento da decisão acarretará multa no valor de R$ 937 mil a cada sindicato.

Os ônibus estão fora desta decisão.

Outra decisão anterior determinava 80% dos funcionários do Metrô atuando nos horários de pico e 60% nas demais horas.

Vimos no Diário do Transporte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Confira as categorias que já confirmaram greve para sexta, 28

Atualizado às 11:30 – 27/04
Greves confirmadas para a sexta, 28:

Metrô de São Paulo: todas as linhas, com exceção da linha 4 – amarela, operada pela ViaQuatro
CPTM: todas as linhas.
** No caso do Metrô e CPTM há a possibilidade de algumas linhas operarem parcialmente durante a sexta. Manteremos todos informados durante o dia 28 **.

SPTrans: ônibus não cirularão por todo o dia na cidade de São Paulo. Micro-ônibus devem circular.

Aeroportos: Mairoia não deve funcionar, incluindo Aeroporto Internacional de São Paulo.

Cidades de São Paulo que já confirmaram greve de ônibus. Ônibus municipais e da EMTU devem  ser afetados: Guarulhos, Itaquaquecetuba, Arujá, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Osasco, Embu das Artes, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Itapecerica da Serra, Juquitiba, Vargem Grande Paulista, Taboão da Serra, Santos, São Vicente, Guarujá, Bertioga, Itanhaém, Peruíbe, Mongaguá, Cubatão, Praia Grande, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Rio de Janeiro: motoristas e cobradores de ônibus farão paralisação parcial.

Belo Horizonte e região: expectativa que 100% da frota de ônibus não circule. Metrô da capital mineira também não funciona.

Curitiba e região: paralisação de motoristas e cobradores de ônibus confirmada.

Recife e região: paralisação de motoristas e cobradores de ônibus confirmada.

Vimos no Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Todas as linhas da CPTM e Metrô aderem a greve na próxima sexta, 28

Ontem foi comunicado que as linhas 7,10, 11 e 12, da CPTM, aderiram à greve de sexta-feira, 28 (leia aqui). Hoje, o sindicato das linhas 8 – diamante e 9 – esmeralda decidiram aderir a greve.

Com isso, todas as linhas da CPTM e do Metrô (exceto a linha 4 – amarela), irão parar na próxima sexta.

Os motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo também devem cruzar os braços.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Greve geral terá forte adesão no transporte coletivo na Grande São Paulo

Motoristas, cobradores, metroviários e ferroviários de várias cidades da região metropolitana confirmam adesão à paralisação do próximo dia 28. Alguns ainda farão assembleias.

Trabalhadores do transporte coletivo municipal e intermunicipal da região metropolitana de São Paulo confirmaram ao longo desta semana a adesão à greve geral do dia 28, contra o projeto de reforma da Previdência, contra a reforma trabalhista e a lei da terceirização, todas propostas pelo governo de Michel Temer. Vão ser paralisados os sistemas de transporte de 21 cidades, durante 24 horas.

Da mesma forma, os condutores da Baixada Santista, os ferroviários de quatro linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e os metroviários também vão cruzar os braços neste dia. Os motoristas e cobradores da capital paulista e outras duas linhas da CPTM vão decidir sobre a paralisação no começo da próxima semana.

Os metroviários foram a primeira categoria a confirmar adesão à paralisação, na semana passada. As linhas 1-Azul, (Jabaquara-Tucuruvi), 2-Verde (Vila Madalena-Vila Prudente), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda), 5-Lilás (Capão Redondo-Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Vila Prudente-Oratório) ficarão paralisadas o dia todo, a partir da zero hora do dia 28. A categoria já realizou uma paralisação assim em 15 de março.

Hoje foram confirmadas as paralisações das linhas 7-Rubi (Jundiaí-Luz), 10-Turquesa (Brás-Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana), todas da CPTM. O Sindicato dos Ferroviários de São Paulo, que organiza os trabalhadores das linhas 9-Esmeralda (Grajaú-Osasco) e 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi), vão realizar assembleia na próxima terça-feira (25) para definir se aderem à paralisação.

Os condutores da Baixada santista, inclusive de ônibus fretados, também vão paralisar as atividades no dia 28. O transporte coletivo municipal e intermunicipal – realizado por meio da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) – das nove cidades que compõem a região vai parar por 24 horas. A região é formada por Santos, São Vicente, Guarujá, Bertioga, Itanhaém, Peruíbe, Mongaguá, Cubatão e Praia Grande.

Na região metropolitana de São Paulo, já estão confirmadas as paralisações dos transportes coletivos municipais e intermunicipais (EMTU) de Guarulhos, Itaquaquecetuba, Arujá, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Osasco, Ribeirão Pires, São Caetano, São Bernardo do Campo, Santo André, Diadema, Mauá, Rio Grande da Serra, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Itapecerica da Serra e Osasco. Todas as cidades terão paralisação de 24 horas.

Os motoristas e cobradores da capital paulista já indicaram que também vão aderir à greve geral. No entanto, os trabalhadores vão realizar uma assembleia na próxima segunda (24), para definir a posição da categoria.

As propostas do governo Temer são rechaçadas pela maioria da população. Pesquisa Vox Populi divulgada no dia 13 indica que 93% dos brasileiros são contra a reforma da Previdência e 80% contra a terceirização.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Retorno do feriado terá antecipação de horário no Metrô

Na segunda-feira (24/04), dia de retorno do feriado prolongado de Tiradentes, a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã -Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro, será antecipada para as 4 horas - 40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida tem por objetivo atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Nas linhas 5-Lilás (Capão Redondo - Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Oratório -Vila Prudente), a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, ou seja, às 4h40.

Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais. O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.

Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM, Metrô e Via Quatro neste feriado prolongado

Durante o feriado de Tiradentes, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. O Metrô interditará a Linha 15-Prata e a Via Quatro, a Linha 4-Amarela. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 4-Amarela (Luz - Butantã)

Sexta e Domingo: Para continuidade das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie, as estações República e Luz da Linha 4-Amarela, operadas pela Concessionária ViaQuatro, ficarão fechadas durante todo o dia. No trecho entre as estações Butantã e Paulista, a circulação dos trens da Linha 4 ocorrerá normalmente. Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino a Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, na Linha 1-Azul, quanto em República, na Linha 3-Vermelha, devem se dirigir até a estação Consolação, na Linha 2-Verde, onde será possível  transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sexta a Domingo: devido à realização de serviço na Linha 11-Coral, excepcionalmente, os trens seguirão viagem até a Estação Brás. 

Sexta: das 4h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Jaraguá e Perus. O intervalo médio dos trens entre as estações Brás e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 34 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens entre as estações Brás e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 34 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h à meia-noite, as intervenções ocorrerão no sistema de rede aérea entre as estações Lapa e Imperatriz Leopoldina. Também estão programadas as seguintes ações:

- das 7h às 18h, obras de modernização no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Jardim Silveira
- das 6h às 17h: obras de modernização da Estação Quitaúna.
Das 7h às 18h, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 30 minutos. Nos demais horários, será de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Sexta: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Granja Julieta e Jurubatuba. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Sábado: das 22h até o fim da operação, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Cidade Jardim e Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.

Domingo: serão efetuados serviços nos equipamentos de via permanente em dois períodos:

- Das 4h às 7h: entre as estações Cidade Jardim e Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha.
- Das 8h às 20h: nas proximidades da Estação Vila Olímpia. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 18h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Capuava e Mauá. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral (Luz-Estudantes)

Sexta: das 4h à meia-noite, circulação ficará interrompida entre as estações Luz e Corinthians-Itaquera para a demolição de plataforma da estação desativada Carlos de Campos, além de serviços nos equipamentos de via permanente e sistema de rede aérea. Para seguir viagem, o usuário deve utilizar a Linha 7-Rubi no trecho entre Luz e Brás e a Linha 3-Vermelha do Metrô no trecho entre as estações Brás e Corinthians-Itaquera. Os trens seguirão direto da Estação Itaquera a Estudantes, sem necessidade de baldeação em Guaianases e o intervalo médio será de 15 minutos.

Sábado: das 4h até o fim da operação, a circulação ficará interrompida entre as estações Luz e Brás para intervenções nos equipamentos de via permanente. Para seguir viagem, o usuário deve utilizar a Linha 7-Rubi.

Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação voltará a ser interrompida entre as estações Luz e Corinthians- Itaquera para prosseguir a demolição de plataforma da estação desativada Carlos de Campos, além de serviços nos equipamentos de via permanente e sistema de rede aérea. Para seguir viagem, o usuário deve usar a Linha 7-Rubi no trecho entre Luz e Brás e a Linha 3-Vermelha do Metrô no trecho entre as estações Brás e Corinthians-Itaquera. Os trens seguirão direto da Estação Itaquera a Estudantes, sem necessidade de baldeação em Guaianases e o intervalo médio será de 15 minutos.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Sexta e Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público até às 16 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais. O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.

Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Vimos na CPTM e Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste feriado prolongado

Durante o feriado de Páscoa, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sexta: das 7h às 19h30, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Pirituba será de 15 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 30 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, os serviços no sistema de rede aérea seguirão em novo trecho, entre as estações Caieiras e Franco da Rocha. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Francisco Morato será de 24 minutos.

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato-Jundiaí)

Domingo: das 7h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Botujuru. O intervalo médio dos trens entre as estações Francisco Morato e Jundiaí será de 35 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sexta: das 4h à meia-noite, serão executados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Antonio João e Jandira. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 14 minutos e entre as estações Carapicuíba e Itapevi, de 28 minutos.
         
Sábado: das 22h até o final da operação comercial, os trabalhos ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Palmeiras-Barra  Funda e Lapa. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 25 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas intervenções no sistema de rede aérea entre as estações General Miguel Costa e Carapicuíba. Também estão programadas as seguintes ações:

- das 4h às 7h, os serviços continuarão entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Lapa
- das 8h às 20h: intervenções nos equipamentos de via permanente entre Jandira e Itapevi.

O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 25 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 18h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Capuava. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha. 

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases-Estudantes)

Sexta: das 4h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Jundiapeba e Brás Cubas. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo: das 4h à meia-noite, os trabalhos serão retomados no sistema de rede aérea entre as estações Jundiapeba e Brás Cubas. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sexta a Domingo: das 20h de sexta até a meia-noite de domingo, em decorrência das obras da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 25 minutos.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Metrô antecipa abertura das estações na volta da Semana Santa

Na próxima segunda-feira (17/04), dia de retorno do feriado prolongado da Semana Santa, a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã –Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro, será antecipada para as 4 horas -  40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida tem por objetivo atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Nas linhas 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Oratório –Vila Prudente), a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, ou seja, às 4h40.

Na sexta-feira (14), feriado da “Paixão de Cristo”, a frota de trens em circulação, em razão da menor demanda, será semelhante a utilizada num domingo. Como nos demais feriados, quem pretende pedalar pela cidade encontrará no Metrô ótima opção para transportar as bicicletas durante todo o dia. Lembrando, porém, que só é permitido o embarque de até quatro bikes por trem, sempre utilizando o último vagão; que a utilização das escadas rolantes com a bicicleta pode ser feita apenas no sentido de subida, após embarque dos demais usuários; e que nunca deve-se fazer uso dos elevadores portando bicicletas.

Já durante o fim de semana, tanto no sábado quanto no domingo de Páscoa, as frotas de trens em operação serão as habituais e não haverá mudanças no horário de funcionamento das linhas.

Para mais informações sobre a operação da rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Vimos no Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Aumento da tarifa de integração de ônibus, Metrô e CPTM começa a valer no sábado

A tarifa de integração do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) com os ônibus da SPTrans começa a valer no sábado (15), informou a assessoria da Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo. A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), reverteu na sexta-feira (7) uma decisão de fevereiro do ministro Humberto Martins, também do STJ, e autorizou o reajuste. A ação contra o aumento foi proposta pela bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). 

Confira os novos valores:
  • Ônibus municipal e trilhos: de R$ R$ 5,92 para R$ 6,80;
  • Bilhete 24 horas (comum): vai aumentar de R$ 10 para R$ 15
  • Bilhete 24 horas (integração): vai aumentar de R$ 16 para R$ 20
  • Bilhete mensal (comum): vai aumentar de R$ 140 para R$ 190
  • Bilhete mensal (integração): vai aumentar de R$ 260 para R$ 300
As tarifas unitárias de Metrô, de trem e de metrô, porém, serão mantidas em R$ 3,80. 

O governo anunciou em 30 de dezembro do ano passado o reajuste da integração ônibus- Metrô-CPTM. O aumento havia sido suspenso em 6 de janeiro pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, e o governo estadual recorreu ao STJ. 

O secretário dos Transportes, Clodoaldo Pelissioni, disse que a principal tarifa de integração, o bilhete único, "é ainda 10% de desconto em cima da tarifa congelada de R$ 3,80". Segundo ele, "a segunda tarifa mais barata da Grande São Paulo, só perde para Taboão da Serra" diminuto município em que a tarifa custa R$ 3. 

"Nossa tarifa continuará sendo a mais barata", defendeu. Ainda de acordo com o secretário, menos da metade dos usuários serão afetados pelo reajuste. A pasta estima que pesará no bolso de 40%.
Sobre o temor do ônus político e reação da população, o secretário limitou-se a defender a legalidade do aumento, liberado pelo STJ. "Vamos cumprir o que determina a Justiça." 

Pelissioni ainda afirmou que o aumento é necessário por conta dos reajustes previstos nos contratos, além do dissídio dos funcionários. "Com isso nós temos que repor essas perdas nas empresas, tanto no Metro quanto na CPTM". 

Vimos no G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Duas das seis linhas da CPTM vão parar a partir da 0h desta terça, anunciam ferroviários

Os trens das linhas 7-Rubi e 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vão parar de circular a partir das 0h desta terça-feira (11) por causa de uma greve de funcionários anunciada pelo Sindicato dos Ferroviários. 

A Linha 7-Rubi atende o trecho entre as estações Luz e Jundiaí. A Linha 10-Turquesa compreende o trecho entre as estações Brás e Rio Grande da Serra (veja mapa abaixo)

Os funcionários da empresa não aceitam o pagamento parcelado da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), já que a empresa havia prometido pagamento em março em parcela única, segundo eles. As outras linhas vão funcionar normalmente.



Os trabalhadores das linhas 7 e 10 decidiram pela greve durante assembleia na noite desta segunda-feira (10). Eles afirmam que durante uma reunião em 2016, a CPTM se comprometeu a pagar a PLR em uma parcela única no dia 31 de março, entretanto, a empresa depositou uma parte do pagamento na data e disse que pagaria a segunda parcela em junho. 

“Assinamos um acordo com a CPTM no ano passado em que aceitamos o pagamento da PLR em parcela única. A empresa decidiu por conta própria parcelar em duas vezes sem nos consultar”, explicou Eluiz Alves de Matos, presidente do Sindicato dos Ferroviários de São Paulo. 

Segundo ele, os trabalhadores decidiram na assembleia que a greve acontece por tempo indeterminado, até o pagamento integral da PLR. “Mas amanhã, às 15 horas, nos reunimos de novo para avaliar o impacto da decisão e se manteremos ou não a paralisação”, continuou Matos.Desde o dia 31, os trabalhadores entraram em estado de greve e na sexta-feira (7), a CPTM havia convocado os sindicatos para uma reunião propondo pagamento da segunda parcela em junho. 
 
Os ferroviários são representados por diversos sindicatos. O Sindicato dos Ferroviários da Sorocabana, composta por funcionários das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, e o Sindicato dos Trabalhadores da Central do Brasil, que é composta por funcionários das linhas 11-Coral e 12-Safira, também realizaram assembleia nesta tarde, mas não aderiram à greve. 

“Aceitamos a proposta da CPTM para que a segunda parte do pagamento seja realizada em junho, corrigida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC)”, informou Izac de Almeida, presidente da Sorocabana. 

Um outro grupo de trabalhadores faz parte do Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo, que já havia aceitado a proposta da CPTM e, assim, não fez assembleia nesta segunda. 

Vimos no G1

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM, Metrô e Via Quatro neste fim de semana, 08 e 09 de abril

Neste final de semana, dias 08 e 09 de abril, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. O Metrô interditará a Linha 15-Prata e a Via Quatro, a Linha 4-Amarela. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 4-Amarela (Luz - Butantã)

Domingo: Para continuidade das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie, as estações República e Luz da Linha 4-Amarela, operadas pela Concessionária ViaQuatro, ficarão fechadas durante todo o dia. No trecho entre as estações Butantã e Paulista, a circulação dos trens da Linha 4 ocorrerá normalmente. Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino a Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, na Linha 1-Azul, quanto em República, na Linha 3-Vermelha, devem se dirigir até a estação Consolação, na Linha 2-Verde, onde será possível  transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado e domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Vila Aurora e Perus. Durante toda a operação comercial de domingo, também haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Vila Clarice e Jaraguá. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 34 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: das 22h até o final da operação comercial, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Carapicuíba e Santa Teresinha. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.
Domingo: das 4h à meia-noite, a circulação entre Itapevi e Amador Bueno será feita por meio de ônibus gratuitos devido à serviços no sistema de rede aérea no trecho. Também estão programadas as seguintes ações:
- das 4h às 7h, os serviços continuarão entre as estações Carapicuíba e Santa Teresinha
- das 8h30 às 18h: obras de modernização da Estação Quitaúna.
- das 8h às 20h: intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino.

O intervalo médio dos trens entre Júlio Prestes e Itapevi será:
- das 4h às 8h: 20 minutos
- das 8h às 20h: 25 minutos
- das 20h até meia-noite: 15 minutos

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 8h às 20h, em razão de intervenções nos equipamentos de via permanente, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco. Para seguir viagem, os usuários deverão utilizar a Linha 8-Diamante.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 18h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Capuava. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral (Luz-Guaianases)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Tatuapé. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianases. 

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases-Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, os serviços serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Guaianases e Ferraz de Vasconcelos. O intervalo médio dos trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado e Domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, em decorrência das obras da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 25 minutos.

Linha 15-Prata (Vila Prudente - Oratório)

Domingo: As estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público até às 16 horas. Durante os serviços, os passageiros também serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Oratório e Vila Prudente até o reinicio da operação.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais. O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.

Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

Vimos na CPTM e Metrô/SP

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Obras de modernização alteram circulação dos trens da CPTM neste fim de semana, 01 e 02 de abril

Neste final de semana, dias 1 e 2 de abril, a CPTM prosseguirá com as obras em suas linhas, que vão operar com intervalo maior entre os trens. Confira a programação e planeje sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado e Domingo: das 20h de sábado até a meia-noite de domingo, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Perus e Caieiras. No domingo, das 8h às 18h, também haverá intervenção no equipamento de via permanente nas imediações da Estação Pirituba. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Pirituba será de 17 minutos e entre Pirituba e Francisco Morato, de 35 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)
        
Sábado: das 22h até o final da operação comercial, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Domingos de Morais e Imperatriz Leopoldina. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.

Domingo: das 4h às 7h, os serviços continuarão entre as estações Domingos de Morais e Imperatriz Leopoldina. Também estão programadas as seguintes ações:

- das 7h às 18h: obras de modernização da Estação Quitaúna.
- das 8h às 20h: intervenções nos equipamentos de via permanente entre Pres. Altino e Osasco.
- das 22h à meia-noite: serviços no sistema de sinalização entre General Miguel Costa e Jandira.
Das 4h à meia noite, o intervalo médio dos trens entre Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 8h às 20h, em razão de intervenções nos equipamentos de via, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco. Para seguir viagem, os usuários deverão utilizar a Linha 8. Das 4h à meia-noite, também serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Cidade Universitária e Cidade Jardim. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 8h às 18h30, os trabalhos serão executados nos equipamentos de via permanente entre as estações Prefeito Saladino e Utinga. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha. 

Extensão Linha 11-Coral (Guaianases-Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Mogi das Cruzes e Estudantes. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes. 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado e Domingo: das 21h de sábado até a meia-noite de domingo, em decorrência das obras da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 20 minutos no sábado e de 15 minutos no domingo.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Vimos na CPTM

Comentários
0 Comentários

0 comentários: